Trump não desiste. Presidente apela a uma reversão dos resultados eleitorais, mas Biden já faz planos para janeiro

O Presidente cessante dos Estados Unidos continua a apelar aos apoiantes para tentarem a todo o custo reverter o resultado das presidenciais, apesar da transição seguir o seu processo.

Apesar de já estar em marcha o processo de transição para a administração do futuro presidente, Joe Biden, o presidente cessante apela aos seus apoiantes para que tentem reverter os resultados eleitorais. “Foi uma votação fraudulenta”, apregoou Trump, enquanto discursava, através de videoconferência, diante de vários senadores republicanos, durante a Assembleia Local da Pensilvânia.

Este estado, predominantemente republicano e um dos de maior peso no Colégio Eleitoral, certificou na terça-feira a vitória do candidato democrata e agora Presidente eleito Joe Biden.

A certificação dos resultados, na ótica de Trump, apenas cimenta a fraude eleitoral perpetrada pelos democratas e, por isso, é necessário “reverter esta eleição”. Contudo, aos poucos, o ainda chefe de Estado norte-americano vai ficando mais isolado nas acusações infundadas de tentativa de adulteração do resultado das presidenciais.

A transição entre administrações estava a ser bloqueada pelo atual executivo, que sustentava a decisão na crença infundada de que o resultado das presidenciais era fraudulento.

“No melhor interesse do nosso país, recomendei a Emily (Murphy, responsável da Administração dos Serviços Gerais dos EUA) e à sua equipa para fazerem o que tem de ser feito em relação aos protocolos inicias (de transição de administrações), e disse à minha equipa para fazer o mesmo”, escreveu Trump na rede social Twitter, ao final da noite de segunda-feira.

Contudo, o ainda chefe de Estado norte-americano não admitiu a derrota nas presidenciais e considerou, no mesmo ‘tweet’ que o ainda há hipóteses de reverter os resultados eleitorais.

À medida que vários estados, principalmente aqueles que Biden conseguiu “virar” e que são de grande peso dentro do Colégio Eleitoral, como, por exemplo, a Geórgia e a Pensilvânia, anunciavam a vitória do democrata, a candidatura de Trump intensificava as alegações nunca comprovadas de fraude eleitoral.

Porém, e no meio de toda esta turbulência causada pela administração do ainda presidente, Biden já começa a traçar planos para o futuro.

O Presidente eleito dos Estados Unidos aproveitou o discurso que assinala o Dia de Ação de Graças (que se celebra nos Estados Unidos hoje) para promover novamente a união entre os americanos num período pós-eleitoral controverso.

Falando a partir de Wilmington, no estado do Delaware, Biden afirmou que os americanos devem preocupar-se em lutar contra a pandemia juntos, e não em continuar a contestar as eleições.

“Temos de nos lembrar que estamos em guerra com o vírus, não entre nós. Estamos nisto juntos”, disse Biden, que toma posse no dia 20 de Janeiro.

Biden aproveitou ainda para prometer que, quando tomar posse, o plano de vacinação para a covid-19 será concretizado com paciência e sem pressões políticas para acelerar o processo. Além disso, disse que as primeiras vacinas devem ser administradas entre o final de Dezembro e o início de Janeiro.

Para além de relevar as questões de saúde pública, houve ainda tempo para  política internacional.

O democrata manifestou preocupação com o Brexit, nomeadamente a questão das fronteiras, um processo cujas negociações ainda decorrem entre a União Europeia e o Reino Unido.

O futuro presidente afirmou também que é contra uma “fronteira vigiada” na Irlanda, ou seja não defende o regresso a uma fronteira rígida (hard border) entre a República da Irlanda e a Irlanda do Norte.

“A ideia de fechar novamente a fronteira a norte e a sul não está correta. Temos de manter a fronteira aberta”, defendeu em declarações aos jornalistas.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

A física quântica pode causar mutações no nosso ADN

Simulações de computador e métodos de mecânica quântica têm sido usados ​​para determinar o papel que o tunelamento de protões, um fenómeno puramente quântico, desempenha nas mutações espontâneas no ADN. A biologia quântica é um campo …

Buracos negros minúsculos podem estar a "esconder-se" dentro de estrelas (e a devorá-las por dentro)

Uma equipa de investigadores tem um novo palpite sobre onde procurar a misteriosa matéria escura: esta pode estar a assumir a forma de buracos negros endoparasitários. De acordo com o ScienceAlert, buracos negros primordiais minúsculos, quase …

Maionese está a salvar tartarugas após derrame de petróleo em Israel

Membros do Centro Nacional de Resgate de Tartarugas Marinhas de Israel estão a usar maionese para limpar as vias respiratórias de tartarugas que inalaram petróleo em alto-mar. Israel fechou este domingo as praias mediterrânicas dias após …

Itália investiga empresas de entrega de comida. Há estafetas tratados "como escravos"

Itália está a investigar as empresas de entrega de comida online, com um promotor a lamentar que os estafetas que fazem as entregas, muitos deles imigrantes, são praticamente tratados "como escravos". Procuradores de Milão avançaram que …

O IONIQ 5 é o novo carro elétrico da Hyundai (e é enorme entre eixos)

O ano 2021 vai ser promissor na apresentação e lançamento de carros elétricos no mercado mundial. Algumas marcas, como a Hyundai, têm produtos prontos para serem comercializados. Agora, a marca sul-coreana apresenta o IONIQ 5. Com …

Em Moscovo, qualquer um pode ser vacinado contra a covid-19 (e até ganha um gelado)

Em Moscovo, capital da Rússia, a vacina Sputnik V está disponível gratuitamente a qualquer pessoa que queira ser vacinada desde 18 de janeiro. Os interessados não precisam de agendar a toma e até ganham um …

As abelhas convenceram-nos de que sabiam matemática. Mas mentiram-nos

O novo estudo não significa necessariamente que as abelhas não entendam números, mas sugere que os animais usam propriedades não numéricas para resolver problemas matemáticos. Vários estudos convenceram-nos de que as abelhas são pequenos génios matemáticos: …

Liam Thorpe era prioritário na vacinação contra a covid-19 por ter 6,2 cm. Foi um erro

Liam Thorp, um homem de 32 anos sem comorbilidades, foi incorporado na lista de cidadãos prioritários para a vacinação contra a covid-19 no Reino Unido. Tudo por causa de um erro no sistema, que o registou …

Decisão de Lyon de retirar carne das ementas escolares gera protestos em França

A decisão temporária do presidente da Câmara de Lyon, membro do partido Europa Ecologia - Os Verdes, está a ser recebida com protestos em França. De acordo com o jornal The Guardian, Grégory Doucet decidiu retirar …

Roma 3-1 SC Braga | Minhotos despedem-se na Cidade Eterna

Portugal está sem equipas na Liga Europa 2020/21. O Sporting de Braga deslocou-se a Roma e perdeu por 3-1, terminando a eliminatória dos 16 avos-de-final com um agregado de 5-1, após a derrota por 2-0 …