Trump condena todos os grupos extremistas (até os “supremacistas brancos”)

Kevin Lamarque / Reuters

Donald Trump

O Presidente dos EUA condena “todas as formas de violência, intolerância e de ódio” e “todos os grupos extremistas”, incluindo os movimentos associados à supremacia branca, esclareceu este domingo a Casa Branca.

“O Presidente afirmou ontem [sábado] de forma vigorosa que condenava todas as formas de violência, intolerância e de ódio. Isso inclui, é claro, os supremacistas brancos, o KKK [Ku Klux Klan, movimento de supremacia branca], os neonazis e todos os grupos extremistas”, declarou um porta-voz da Casa Branca, numa altura em que Trump tem sido criticado pela reação à violência que marcou no sábado uma ação da extrema-direita na cidade norte-americana de Charlottesville.

Incidentes ocorridos naquela cidade do Estado da Virginia fizeram uma vítima mortal, uma mulher de 32 anos, e cerca de 20 feridos. Dois agentes da polícia estadual da Virginia também morreram quando o helicóptero em que viajavam caiu. Os elementos estavam a reforçar a vigilância da cidade por causa da marcha associada ao movimento de supremacia branca.

O mesmo porta-voz referiu ainda que Trump mantém o apelo de uma “unidade nacional de todos os americanos”.

O chefe de Estado norte-americano tem sido alvo de fortes críticas depois de ter condenado, no sábado, “o ódio e o fanatismo” de “múltiplas partes”.

Em declarações no sábado, Trump classificou como “terríveis” os acontecimentos em Charlottesville, mas sem mencionar de forma direta os supremacistas brancos que tinham convocado a marcha, entre eles David Duke, ex-líder do KKK, e vários elementos que exibiam símbolos relacionados com o regime nazi.

A marcha foi convocada para contestar a decisão de Charlottesville de remover a estátua do general Robert E. Lee de um parque no centro da cidade, considerado atualmente um símbolo da defesa da escravatura e do racismo.

As autoridades locais consideraram o protesto ilegal e o governador da Virginia decidiu declarar o estado de emergência, mas milhares de pessoas convergiram para o centro de Charlottesville, a cerca de 160 quilómetros de Washington, e foram registados violentos confrontos entre os apoiantes do protesto nacionalista e contra manifestantes.

Pouco depois, um condutor atropelou de forma intencional um grupo de contra manifestantes. Jaems Fields, de 20 anos e oriundo do Estado do Ohio, foi detido e acusado de vários crimes, incluindo de homicídio em segundo grau.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Para não cair em ratoeira, o Trump devia condenar o seu próprio extremismo, refletir… e mudar um pouco. Pelo bem da humanidade, contra a guerra nuclear. (Mas podem acabar com o líder de Ping Pong Pyongiang)

RESPONDER

Último aviso da Cassini: se for a Saturno, leve guarda-chuva

Se está a pensar fazer uma viagem até Saturno deixamos um conselho: não se esqueça do guarda-chuva. Cientistas norte-americanos descobriram recentemente que os anéis de Saturno podem produzir uma espécie de chuva. A sonda Cassini viveu …

A bebé que nasceu com o coração fora do corpo sobreviveu

Uma bebé que nasceu com o coração fora do peito superou as expectativas que lhe davam menos de 10% de possibilidades de sobrevivência, e ultrapassou três cirurgias para resolver esta rara condição cardíaca. Vanellope Hope Wilkins …

Vieira da Silva implicado no escândalo Raríssimas

Paula Brito e Costa quis criar uma fundação, com o intuito de reforçar os seus poderes na associação Raríssimas. O pedido teve um parecer negativo, mas isso não a impediu de assinar um protocolo como …

PS contraiu mais um empréstimo e já deve 9 milhões de euros à banca

O PS contraiu, há cerca de duas semanas, mais um empréstimo bancário para fazer face às dificuldades financeiras que vem atravessando. O partido tem uma dívida à banca que ronda os 9 milhões de euros. A …

Casa dos Marcos corre o risco de fechar por falta de acesso às contas bancárias

Os trabalhadores da "Raríssimas" avisam que a associação está em risco de fechar por falta de acesso às contas bancárias e apelam ao primeiro-ministro para que envie uma direção idónea para permitir o seu funcionamento. A …

Rui Rio recebe 21 mil euros por ano da Ordem dos Contabilistas

Desde 2013, Rui Rio recebeu 1500 euros brutos mensais como vice-presidente da Assembleia Geral da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC). Por ano, são 21 mil euros ilíquidos: é esse o valor que o candidato à presidência …

Médicos Sem Fronteiras falam em 9 mil rohingyas mortos em apenas um mês

Pelo menos nove mil rohingyas morreram no Estado de Rakhine, em Myanmar, entre 25 de agosto e 24 de setembro, segundo investigações dos Médicos Sem Fronteiras em acampamentos de refugiados no Bangladesh. "Como 71,7% das mortes …

MAI dá à PSP uma semana para avaliar riscos de segurança na noite

A PSP tem até ao próximo dia 20 para realizar uma avaliação dos incidentes registados nos últimos dois anos em estabelecimentos de diversão noturna. Segundo o Diário de Notícias, a ordem de Eduardo Cabrita terá sido …

Três semanas depois, ainda não há pedidos de indemnização por mortes em incêndios

Passaram quase três semanas desde a abertura do processo de entrega de requerimentos, mas a Provedoria da Justiça ainda não recebeu nenhum pedido. A presidente da Associação das Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande (AVIPG) explica …

Mães querem processar Estado pelas adoções ilegais da IURD

As mães portuguesas de dez crianças que terão sido roubadas à família de um lar ilegal financiado pela Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) e adotadas por bispos e pastores da igreja ponderam lutar …