Afinal foi Trump quem “ditou” a carta sobre o seu estado de saúde

Kevin Dietsch / EPA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O ex-médico pessoal do Presidente dos EUA afirmou que não redigiu o documento no qual era declarado que o então candidato republicano à Presidência gozava de perfeita saúde, atribuindo a responsabilidade do texto ao próprio multimilionário.

Donald Trump ditou toda a carta. Não escrevi essa carta”, assegurou Harold Bornstein, em declarações feitas na terça-feira à CNN e hoje citadas pelas agências internacionais e por vários media norte-americanos.

Em dezembro de 2015, os responsáveis pela campanha presidencial de Donald Trump divulgaram uma nota escrita, atribuída ao médico Harold Bornstein, sobre o bom estado de saúde do então candidato republicano à Casa Branca.

O documento descrevia a resistência e a força física de Trump como “extraordinárias” e reforçava que o candidato republicano era “o individuo mais saudável alguma vez a ser eleito para a Presidência”.

O médico, que exerce na cidade de Nova Iorque, na zona de Manhattan, afirmou alguns meses mais tarde que tinha escrito o texto em questão de forma apressada, enquanto o carro de Trump aguardava pelo documento.

Nestas novas revelações, o médico indicou ainda que elementos próximos do Presidente, entre os quais um guarda-costas do chefe de Estado e um advogado da Organização Trump, entraram no seu gabinete em fevereiro de 2017 e levaram todos os registos médicos relacionados com o atual Presidente.

“Estiveram no gabinete entre 25 e 30 minutos. Foi um verdadeiro caos“, contou Bornstein, de 70 anos, declarando sentir-se “violentado, assustado e triste”.

Na terça-feira, a Casa Branca rejeitou estas alegações do médico, com a porta-voz da Presidência norte-americana, Sarah Sanders, a afirmar que se tratou de um “procedimento normal”. “Os dossiês estavam a ser transferidos para a unidade médica da Casa Branca”.

Harold Bornstein foi o médico pessoal de Donald Trump durante 35 anos, segundo a estação norte-americana NBC.

Em janeiro passado, o médico da Casa Branca, Ronny Jackson, declarou que o chefe de Estado, de 71 anos, gozava de uma “excelente saúde”.

“A visita médica de hoje do Presidente ao hospital militar nacional de Walter Reed decorreu extremamente bem. O Presidente está em excelente saúde”, declarou na altura Ronny Jackson, que desde 2013 estava encarregado de supervisionar o estado de saúde do anterior Presidente, o democrata Barack Obama.

Na semana passada, o médico Ronny Jackson viu-se envolvido numa polémica relacionada com a prescrição excessiva de medicamentos e com o consumo de álcool. Perante tal polémica, o médico foi forçado a desistir da nomeação para o cargo de secretário dos Assuntos dos Veteranos.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Turistas voltam a viajar, mas optam pelo low-cost

Mesmo num contexto de pandemia mundial o desejo de ir de férias continua vivo. Os turistas voltaram a procurar voos, contudo as opções recaem em percursos de curta distância e mais económicos. Ao longo dos últimos …

Ventura anuncia recandidatura ao Chega e só sai do parlamento quando “metade daquela esquerda" sair

André Ventura anunciou esta noite a recandidatura à liderança do Chega, numa cerimónia em Leiria em que disse que só vai sair do parlamento “quando metade daquela esquerda sair”. “Estamos a fazer uma revolução democrática e …

Esqueletos revelam que fosso entre ricos e pobres começou a abrir-se há 6.600 anos

A análise a ossos encontrados numa sepultura na Polónia mostram que o fosse entre ricos e pobres na Europa começou a abrir-se muito antes daquilo que se pensava. O desaparecimento da classe média é um problema …

Super-Terras quentes podem ter atmosferas metálicas brilhantes

Os cientistas querem perceber porque é que as super-Terras quentes possuem um brilho tão chamativo - e já há uma hipótese em cima da mesa. Os exoplanetas, chamados de super-Terras quentes, podem ser particularmente brilhantes e …

As larvas de peixe-sol são adoráveis (mas crescem e tornam-se gigantescos "nadadores")

Uma equipa de cientistas australianos e neozelandeses descobriram as fases iniciais da larva gigante de peixe-sol. Pela primeira vez, o sequenciamento de ADN identificou as larvas do peixe-sol (Mola alexandrini). O peixe-sol, conhecido cientificamente como Mola …

Telescópio Webb vai estudar Júpiter, os seus anéis e duas intrigantes luas

Júpiter, que tem o nome do rei dos antigos deuses romanos, comanda a sua própria miniversão do nosso Sistema Solar de satélites circundantes; os seus movimentos convenceram Galileu Galileu de que a Terra não era …

Turista danifica escultura do século XIX enquanto posa para fotografia (e é apanhado pelas câmaras de vigilância)

A polícia italiana identificou um austríaco de 50 anos que danificou uma estátua do século XIX num museu em Itália, enquanto posava para uma fotografia. O incidente ocorreu no passado dia 31 de junho, segundo …

Covid-19: Brasil supera as 100.000 mortes

O Brasil ultrapassou hoje a barreira das 100.000 mortes associadas à covid-19, quase cinco meses depois da confirmação do primeiro óbito no país, indicam dados oficiais divulgados pelas secretarias regionais de Saúde. Segundo os mais recentes …

As vacas leiteiras têm relações complexas (que se alteram quando mudam de grupo)

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Chile e dos Estados Unidos concluiu que as vacas leiteiras vivem em redes sociais complexas que se alteram quando estes animais são movidos para outros grupos.  Para …

Virgin Galactic quer desenvolver avião comercial supersónico (que promete superar a velocidade do som)

A Virgin Galactic vai aliar-se à Rolls-Royce para criar um avião comercial supersónico, ainda mais rápido do que o mítico Concorde. A empresa de turismo espacial Virgin Galactic anunciou uma parceria com a Rolls-Royce para desenvolver …