Trump acusa Alemanha de estar prisioneira da Rússia

David Maxwell / EPA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Donald Trump acusou nesta quarta-feira a Alemanha de estar “prisioneira” da Rússia por causa das importações de energia, em declarações com o secretário-geral da NATO, antes da cimeira da Aliança, em Bruxelas.

“A Alemanha está prisioneira da Rússia porque importa de lá uma grande parte da sua energia”, declarou o Presidente dos EUA, durante um pequeno-almoço com o secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte, Jens Stoltenberg.

Donald Trump aludia ainda ao projeto do gasoduto Nord Stream II, cuja construção está prevista para arrancar este mês e que sai de Ust-Luga, na Rússia, atravessando todo o mar Báltico até terminar em Greifswald, na Alemanha.

“Pagam milhares de milhões de dólares à Rússia e nós temos de nos defender da Rússia. Isto não é normal”, criticou.

Uma das questões em debate na cimeira da NATO, que decorre entre esta quarta-feira e quinta-feira e conta com a presença do primeiro-ministro, António Costa, são as relações com Moscovo. Stoltenberg sublinhou na terça-feira, em conferência de imprensa, que os aliados vão discutir com Trump a relação entre a Aliança e a Rússia.

“É importante que a NATO se mantenha unida“, disse, acrescentando que a reunião prevista para segunda-feira entre os líderes dos EUA e da Rússia é “essencial“.

Outro dos temas marcantes da reunião é o da contribuição financeira dos aliados, que Trump tem contestado.

“América, aprecia os teus aliados”

A constante exigência de mais financiamento de Trump aos aliados da NATO tem sido notória. No entanto, e na véspera da Cimeira, também o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, deixou um recado a Donald Trump – valorizar mais os seus aliados.

“Cara América, aprecia os teus aliados. Afinal de contas, não tens assim tantos. E cara Europa, gasta mais na tua defesa, porque qualquer um respeita um aliado bem preparado e equipado. O dinheiro é importante, mas a solidariedade genuína é ainda mais”, disse.

Tusk relembrou ainda a solidariedade manifestada pelos europeus quando os EUA foram atacados no 11 de setembro e pediram apoio.

“Soldados europeus lutaram ombro a ombro com soldados norte-americanos no Afeganistão. 870 bravos homens e mulheres sacrificaram as suas vidas, incluindo 40 soldados do meu país, a Polónia”, afirmou.

“Caro presidente, por favor lembre-se disto na quarta-feira quando nos encontrarmos na cimeira da NATO, mas acima de tudo quando se encontrar com o presidente Putin, em Helsínquia. É sempre bom saber qual é o seu amigo estratégico e qual é o seu problema estratégico”, concluiu Donald Tusk.

Portugal gasta mais que a Alemanha

Portugal consagra atualmente cerca de 1,36% do Produto Interno Bruto a despesas em Defesa, ainda longe do objetivo de 2% acordado entre os países membros da NATO, segundo os dados divulgados na terça-feira pela organização.

De acordo com os dados publicados – para 2017 e 2018 trata-se ainda de estimativas -, Portugal destinou no ano passado 2.398 milhões de euros a despesas em Defesa, o que equivale a 1,24% do seu PIB, devendo este ano aumentar para 2.728 milhões de euros, o equivalente a 1,36% da riqueza nacional.

O relatório da Aliança revela que apenas quatro países, além dos Estados Unidos – Grécia, Estónia, Reino Unido e Letónia – já atingem a “meta” dos 2% acordada na cimeira do País de Gales em 2014, para ser alcançada no espaço de 10 anos (até 2024).

Em termos proporcionais – em relação ao PIB -, Portugal encontra-se à frente de países como a Holanda (1,35%), Alemanha (1,24%), Canadá (1,23%), Itália (1,15%), Espanha (0,93%) e Bélgica (0,93%).

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. E diz muito bem!!
    No meio de tanta palermice, o Trampa alguma vez haveria de acertar…
    É que no mesmo dia em que a a Alemanha “expulsou” publicamente diplomatas russos, assinou (às escondidas) um acordo com o Putin (mais um), para fornecimento de gás natural!….

RESPONDER

Comprar móveis mata relacionamentos

Os números não mentem e está comprovado: comprar móveis com a sua cara-metade é a arma fatal do seu relacionamento. A marca online de móveis Article conduziu recentemente uma pesquisa com cerca de 2.000 norte-americanos, em …

Marisa Matias critica Centeno por “encabeçar ameaças” a Itália

A eurodeputada Marisa Matias, do Bloco de Esquerda, disse a Mário Centeno, num debate no Parlamento Europeu, que é “desconcertante” vê-lo, enquanto presidente do Eurogrupo, a “encabeçar as ameaças” a Itália, questionando-o se não "há …

Moscovici quer voltar a "tweeetar" com Costa (mas deixa avisos)

O comissário europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, diz que ficará "encantado" se o primeiro-ministro e seu "bom amigo" António Costa tiver o prazer de voltar a "tweetar". Isto para sublinhar que espera que Portugal …

Não há acordo. Greve dos enfermeiros começa quinta-feira e só acaba no fim do ano

Os enfermeiros mantêm a greve que começa na quinta-feira nos blocos operatórios de cinco hospitais, por falta de acordo com o Governo sobre a estrutura da carreira. A informação foi prestada à Lusa pelos presidentes da …

Próximas eleições portuguesas podem ser marcadas por fake news

A difusão de notícias falsas durante as eleições brasileiras atingiu níveis sem precedentes e o fenómeno chegou também a Portugal, onde se pode estar a preparar uma ação semelhante para as próximas eleições nacionais, alertou …

Proposta de Orçamento mostra um "profundo desconhecimento" do país

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, considerou esta terça-feira que a proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) mostra um "profundo desconhecimento" e está de "costas voltadas" para o país. "É um Orçamento que mostra …

Caso Khashoggi: Trump mantém-se ao lado da Arábia Saudita

Donald Trump emitiu um comunicado em que se pronunciou sobre o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, revelando que embora condene veemente o crime, a relação dos Estados Unidos é com Reino da Arábia Saudita, "parceiros …

Visita de João Lourenço pode deixar “irritante” entre Portugal e Angola para trás

A primeira viagem de Estado de João Lourenço a Portugal é uma demonstração de que Portugal e Angola "pretendem enterrar o irritante e avançar com os temas da cooperação direta", avança Jornal de Angola. No editorial …

Documento de 2014 previu colapso e aconselhava encerramento da estrada de Borba

Há novos dados que apontam que a tragédia da estrada de Borba, que desmoronou, provocando a morte de 2 pessoas e mais 3 desaparecidas, poderia ter sido evitada. Um memorando de 2014 já previa a …

Noiva adolescente leiloada no Facebook. Rede social só reparou depois do casamento

Uma jovem de 16 anos do Sudão do Sul foi leiloada para casamento no Facebook. Quando a rede social reparou, a jovem já tinha sido comprada e estava casada. De acordo com a organização pelos Direitos …