Trump acusa China de querer travar a sua reeleição. Casa Branca prepara medidas de retaliação

Jim Lo Scalzo / EPA

Numa entrevista à Reuters, Donald Trump acusou o Governo chinês de ter escondido a gravidade do novo coronavírus e sugeriu que este comportamento teve como objetivo dificultar a sua reeleição.

O Presidente dos Estados Unidos afirmou, numa recente entrevista à agência Reuters, que a China “fará tudo o que puder para me fazer perder esta corrida”, acusando as autoridades chinesas de preferirem a eleição do candidato do Partido Democrata, Joe Biden.

Para Donald Trump, a vitória de Biden nas eleições presidenciais faria com que os Estados Unidos aliviassem a pressão sobre a China para a renegociação de acordos comerciais.

Por um lado, Trump acusa a China e a Organização Mundial ds Saúde de serem as principais responsáveis pela pandemia e suas consequências nos EUA. Por sua vez, segundas figuras do regime chinês acusam o Presidente norte-americano de querer esconder os seus próprios erros na gestão da crise.

Segundo o Público, na entrevista à Reuters, o Presidente dos EUA não acusou directamente Xi Jinping, de quem disse, em várias ocasiões, ser amigo. No entaot, pela primeira vez, Trump estabeleceu uma ligação direta entre a pandemia e as eleições presidenciais nos Estados Unidos.

Questionado sobre se está em preparação alguma resposta concreta à China pela forma como geriu o desenvolvimento da crise de saúde, Donald Trump não entrou em pormenores e disse que o assunto ainda está a ser investigado.

“Eu tenho poder para fazer muitas coisas. E eles estão sempre a usar relações públicas para fazerem crer que são inocentes”, disse.

Casa Branca prepara medidas de retaliação

A Casa Branca já está a iniciar os trabalhos de preparação de medidas retaliatórias tomadas pelos EUA visando a China, avança o The Washington Post.

As medidas retaliatórias, pela forma como o regime geriu o início do surto do novo coronavírus, podem ser sanções económicas ou pedidos de indemnizações pelos danos económicos causados pela pandemia.

Segundo fontes ouvidas pelo diário, além de pessoas de várias agências governamentais vão, também, ser envolvidos responsáveis ligados aos serviços secretos. Ainda assim, o Washington Post sabe que está em cima da mesa a hipótese de retirar à China o seu estatuto de “imunidade soberana”.

Tal permitiria que empresas, pessoas e o próprio Governo pudessem demandar a China, judicialmente, pedindo reparações financeiras. Apesar de estar a ser ponderado, a hipótese não parece exequível, uma vez que envolveria passar legislação nesse sentido no Congresso.

Castigar a China é, sem dúvida, o objeto de fixação da cabeça do Presidente neste momento”, revelou uma das fontes.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Trump tornou-se patético, obcecado com o sucesso da China e do seu regime comunista. É claro q este sucesso é uma ameaça para o capitalismo, culpado de ser incapaz de erradicar a pobreza, se não a miséria em q vivem milhões de seres humanos, com crianças a morrer de fome.

RESPONDER

Galp perde 60 milhões de euros em negócios não autorizados

A Galp perdeu 60 milhões de euros em negócios não autorizados com licenças de CO2. A petrolífera já avançou com ações disciplinares e uma auditoria. A Galp informou que foram identificadas transações, não autorizadas pela empresa, …

"Bandeira vermelha". Tóquio em alerta máximo após aumento de novas infeções

A capital do Japão, Tóquio, com 14 milhões de habitantes, está no nível mais alto de alerta para o novo coronavírus após um aumento dos casos registados. “Os especialistas disseram-nos que a situação das infeções está …

Operação Saco Azul. Empresas "zombie" terão desviado 1,8 milhões do Benfica

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, e a SAD do clube lisboeta foram constituídos arguidos pelo crime de fraude fiscal, no âmbito da operação ‘saco azul’, confirmou esta terça-feira à agência Lusa fonte oficial …

Maçãs com preços em alta, menos vinho e cerveja a estragar-se (os efeitos da pandemia)

A pandemia de covid-19 está a levar milhares de litros de cerveja a estragar-se, enquanto os produtores de vinho temem uma quebra na produção e, logo, nos lucros. Enquanto isso há menos maçãs e mais …

TAD anula sanção de cinco jogos à porta fechada ao Benfica

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) deu provimento ao recurso do Benfica e revogou a sanção de cinco jogos à porta fechada imposta pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) ao clube, pelo apoio prestado a …

Costa vira à esquerda, mas Catarina Martins diz que "não pode ser só conversa"

Esta quarta-feira, António Costa lança as negociações para o Orçamento do Estado para 2021 com os partidos que, até aqui, foram seus aliados. O primeiro-ministro insiste que o caminho da sua governação passa por entendimentos à …

No novo ano letivo, a Educação Física continua a ser maior incógnita

No início de julho, o Ministério da Educação anunciou algumas orientações sobre o próximo ano letivo que não contemplavam a Educação Física e o futuro da disciplina continua a ser uma incógnita.  Nas escolas, a falta …

FC Porto já só sonha com o título, mas Amorim não faz vida fácil aos "dragões"

O FC Porto só precisa de empatar com o Sporting CP para ser campeão. Rúben Amorim quer estragar a festa dos portistas, embora não lhe interessem quer acabe por vencer o campeonato. O SL Benfica manteve …

Companhias aéreas e aeroportos arriscam multas até 2 mil euros por cada passageiro sem teste negativo

O Governo clarificou esta terça-feira as regras sobre tráfego aéreo e gestão de aeroportos no quadro da pandemia de covid-19 e estabeleceu o regime sancionatório do incumprimento dessas regras. "Clarificam-se regras referentes ao tráfego aéreo e …

GES já estava falido cinco anos antes de colapsar. Salgado acusado de 65 crimes

O Ministério Público acusa o ex-banqueiro Ricardo Salgado de 65 crimes no âmbito do caso BES. O Grupo Espírito Santo já estava falido cinco anos antes de colapsar. O Ministério Público proferiu, esta terça-feira, o despacho …