Trump acusa China de querer travar a sua reeleição. Casa Branca prepara medidas de retaliação

Jim Lo Scalzo / EPA

Numa entrevista à Reuters, Donald Trump acusou o Governo chinês de ter escondido a gravidade do novo coronavírus e sugeriu que este comportamento teve como objetivo dificultar a sua reeleição.

O Presidente dos Estados Unidos afirmou, numa recente entrevista à agência Reuters, que a China “fará tudo o que puder para me fazer perder esta corrida”, acusando as autoridades chinesas de preferirem a eleição do candidato do Partido Democrata, Joe Biden.

Para Donald Trump, a vitória de Biden nas eleições presidenciais faria com que os Estados Unidos aliviassem a pressão sobre a China para a renegociação de acordos comerciais.

Por um lado, Trump acusa a China e a Organização Mundial ds Saúde de serem as principais responsáveis pela pandemia e suas consequências nos EUA. Por sua vez, segundas figuras do regime chinês acusam o Presidente norte-americano de querer esconder os seus próprios erros na gestão da crise.

Segundo o Público, na entrevista à Reuters, o Presidente dos EUA não acusou directamente Xi Jinping, de quem disse, em várias ocasiões, ser amigo. No entaot, pela primeira vez, Trump estabeleceu uma ligação direta entre a pandemia e as eleições presidenciais nos Estados Unidos.

Questionado sobre se está em preparação alguma resposta concreta à China pela forma como geriu o desenvolvimento da crise de saúde, Donald Trump não entrou em pormenores e disse que o assunto ainda está a ser investigado.

“Eu tenho poder para fazer muitas coisas. E eles estão sempre a usar relações públicas para fazerem crer que são inocentes”, disse.

Casa Branca prepara medidas de retaliação

A Casa Branca já está a iniciar os trabalhos de preparação de medidas retaliatórias tomadas pelos EUA visando a China, avança o The Washington Post.

As medidas retaliatórias, pela forma como o regime geriu o início do surto do novo coronavírus, podem ser sanções económicas ou pedidos de indemnizações pelos danos económicos causados pela pandemia.

Segundo fontes ouvidas pelo diário, além de pessoas de várias agências governamentais vão, também, ser envolvidos responsáveis ligados aos serviços secretos. Ainda assim, o Washington Post sabe que está em cima da mesa a hipótese de retirar à China o seu estatuto de “imunidade soberana”.

Tal permitiria que empresas, pessoas e o próprio Governo pudessem demandar a China, judicialmente, pedindo reparações financeiras. Apesar de estar a ser ponderado, a hipótese não parece exequível, uma vez que envolveria passar legislação nesse sentido no Congresso.

Castigar a China é, sem dúvida, o objeto de fixação da cabeça do Presidente neste momento”, revelou uma das fontes.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Trump tornou-se patético, obcecado com o sucesso da China e do seu regime comunista. É claro q este sucesso é uma ameaça para o capitalismo, culpado de ser incapaz de erradicar a pobreza, se não a miséria em q vivem milhões de seres humanos, com crianças a morrer de fome.

RESPONDER

Falcon 10 X: o jato executivo com a maior cabine do mundo

Na semana passada, a Dassault Aviation anunciou mais um elemento da família Falcon, que tem a ambiciosa meta de ser a nova referência no mercado de aviação executiva. O Falcon 10X está agora entre os jatos …

Pandemia "roubou" habitantes a Nova Iorque, mas a cidade está a renascer novamente

A pandemia de covid-19 "esvaziou" cidades norte-americanas, que mostram agora possíveis sinais de renascimento, de acordo com uma análise que sugere que os deslocamentos do ano passado terão sido temporários. Os dados da Unacast, uma empresa …

"100% confirmado". Naufrágio perto de Malta é do submarino HMS Urge

Mergulhadores confirmaram a identidade de um submarino britânico que foi afundado por uma mina alemã perto de Malta, em 1942, pondo fim às especulações de que tinha naufragado por culpa de aviões de guerra italianos, …

Confrontos entre polícia e adeptos do Sporting junto ao estádio

Na noite da festa leonina, viveram-se momentos de grande tensão. Polícia e adeptos envolveram-se em confrontos junto ao Estádio de Alvalade, esta terça-feira. Adeptos do Sporting e elementos das forças de segurança entraram em confronto nas …

Tribunal não encontra credores do Banif no estrangeiro

Alguns credores do Banif que estão no estrangeiro ainda não foram notificados, segundo o anúncio de citação de credores residentes no estrangeiro, datado de 06 de maio. Caso não seja possível encontrá-los, em breve todos …

Novas reações nucleares nas ruínas de Chernobyl. São como "brasas numa churrasqueira"

Nas profundezas das ruínas da Central Nuclear de Chernobyl, 35 anos após o pior acidente nuclear da História, as reações de fissão nuclear começaram a surgir novamente. Uma equipa de cientistas do Safety Problems of Nuclear …

A moeda digital da China pode ser o futuro do dinheiro, mas levanta preocupações

A moeda digital da China pode ser o modelo do futuro do dinheiro, mas levante preocupações relativamente à estabilidade da economia mundial. A China está a registar um progresso promissor com os testes do yuan digital. …

O assassinato de Vincent Chin foi uma batalha legal perdida. Mas incentivou a luta pelos direitos dos ásio-americanos

Vincent Chin faleceu aos 27 anos depois de ter sido espancado por dois homens brancos que o culpavam por terem sido despedidos. Nenhum dos assassinos passou um dia na prisão, mas o incidente estimulou o …

Messi e Barcelona tratam da renovação

Saída do argentino pode ser adiada (novamente). Contrato termina no próximo mês mas a ligação entre as duas partes deve ser prolongada. A saída de Lionel Messi do Barcelona parecia certa no verão passado mas o …

Nacional 1-3 Benfica | Créditos no banco com Darwin e Ramos

OBenfica venceu na tarde desta terça-feira o Nacional por 3-1, numa partida a contar para a 32ª jornada da Liga NOS. As “águias” estiveram em desvantagem desde o minuto 8, quando Pedrão inaugurou a contenda, e …