Trump abre a porta à compra do TikTok pela Microsoft

Gage Skidmore / Flickr

Donald Trump, o Presidente dos Estados Unidos

A rede social deve ser vendida até 15 de setembro para se manter em operação nos Estados Unidos, disse, esta segunda-feira, o Presidente norte-americano.

Depois de, na sexta-feira, ter anunciado que iria proibir a TikTok nos Estados Unidos, por “razões de segurança nacional”, Donald Trump avisou que a rede social vai ser encerrada em meados de setembro, a menos que a norte-americana Microsoft ou outra empresa a compre.

“O TikTok vai ser fechado a 15 de setembro, a menos que a Microsoft ou outra empresa possa comprá-la e encontrar um acordo”, afirmou o Presidente dos Estados Unidos.

A multinacional sediada em Redmond, no estado de Washington, adiantou, num comunicado emitido no domingo, que tenciona concluir as negociações com a ByteDance para a aquisição do serviço da TikTok em território norte-americano até 15 de setembro, na sequência de um encontro entre o seu CEO, Satya Nadella, e Donald Trump.

Em caso de aquisição do serviço, a Microsoft prometeu “uma revisão de segurança completa” e a entrega dos “benefícios económicos apropriados” aos Estados Unidos, procurando garantir que “todos os dados privados dos utilizadores norte-americanos do TikTok” sejam transferidos e permaneçam no país.

As negociações começaram quando ambas as empresas comunicaram a intenção de explorar uma “proposta preliminar” referente à aquisição do serviço da TikTok nos Estados Unidos, no Canadá, na Austrália e na Nova Zelândia.

Na sequência da ameaça de Trump, a diretora-geral da TikTok para os Estados Unidos, Vanessa Pappas, garantiu que a rede social não planeava “ir a lado algum”, num vídeo em que agradeceu aos milhões de norte-americanos que utilizam a aplicação diariamente.

Pappas disse ainda que a empresa está orgulhosa dos 1500 trabalhadores que tem no país e que pretende criar outros 10 mil empregos nos próximos três anos.

Desenvolvida pela ByteDance, empresa sediada em Pequim, o TikTok é uma rede social que se distingue pelos vídeos curtos e pela sua partilha, com grande sucesso entre o público adolescente e cerca de mil milhões de utilizadores em todo o mundo, mas que suscita dúvidas quanto à segurança dos dados de utilizadores e vínculos com o Partido Comunista Chinês.

Além da guerra comercial entre os dois países, a tensão entre os EUA e a China aumentou nos últimos meses, alimentada pela pandemia de covid-19, levando mesmo ao fecho de consulados.

Washington e Pequim estão a viver um dos momentos mais críticos desde que os dois países estabeleceram relações em 1979.

Este domingo, o secretário de Estado, Mike Pompeo, afirmou que a Casa Branca vai anunciar em breve um “conjunto amplo” de medidas contra empresas de software chinesas.

O responsável norte-americano disse que as tecnológicas chinesas estão a fornecer dados às autoridades de Pequim, sublinhando o caso particular do TikTok e da WeChat, ambas propriedade da ByteDance. Ainda assim, fez questão de frisar que “há muitas outras”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pizza para Itália e salmão para a Noruega. Emissora pede desculpa por imagens usadas nos Jogos Olímpicos

O canal de televisão sul-coreano MBC pediu desculpa publicamente após usar imagens para representar países durante a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Fotos de pizza para a comitiva italiana, de salmão para a …

"Quanto mais cedo, melhor". A dona da Marlboro apoia a proibição dos cigarros até 2030

O CEO da Philip Morris Internacional, dona da Marlboro, apoia a proibição da venda de cigarros, mas os activistas anti-tabaco já acusaram a empresa de hipocrisia por tentar comprar uma farmacêutica enquanto lucra com o …

Bezos e Branson não são astronautas, clarifica Administração da Aviação norte-americana

Dúvida instalou-se depois dos voos que levaram os dois bilionários ao espaço. Novas diretrizes da Administração Federal de Aviação vêm esclarecer.  Após os voos que os tornaram nos primeiros turistas espaciais, Jeff Bezos e Richard Branson …

Soldados afegãos buscam refúgio no Paquistão após perderem postos na fronteira

Quase meia centena de soldados afegãos buscaram asilo no Paquistão após perderem para os Talibãs o controle das posições militares na fronteira, informou o exército paquistanês esta segunda-feira. Centenas de soldados do exército afegão e oficiais …

Portugal ultrapassa Estados Unidos em população com vacinação completa

EUA vivem atualmente um planalto no seu processo de vacinação, com pouco mais de meio milhão de cidadãos a serem vacinados diariamente. Desaceleração no ritmo de inoculações é atribuída a motivações pessoais da população e …

Mulher que vestia camisola com capa do Charlie Hebdo ferida em Londres

Uma mulher que vestia uma camisola estampada com uma capa da revista satírica francesa Charlie Hebdo foi ferida levemente com arma branca no domingo em Hyde Park, em Londres, informou a polícia, que pediu colaboração …

Novo Banco. Comissão de inquérito aprova que resolução do BES foi "fraude política"

A comissão de inquérito ao Novo Banco aprovou uma proposta do PCP de alteração ao relatório referindo que a resolução do BES e a sua capitalização inicial, de 4.900 milhões de euros, foi "uma fraude …

BCP prevê saída de mais de 800 trabalhadores e admite despedimento coletivo

O presidente do BCP disse esta segunda-feira que deverão sair do banco mais de 800 trabalhadores, abaixo da meta inicial de 1.000, mas que depende dos funcionários que aceitarem rescindir e mantém a possibilidade de …

Jogos Olímpicos. Ouro e prata para atletas de...13 anos

Pódio muito jovem na estreia do skate feminino. A espreitar o pódio ficou uma norte-americana com quase o triplo da idade. O skate está a "viver" os seus primeiros dias na história dos Jogos Olímpicos. Inserido …

SEF e PSP reforçam fiscalização às regras aplicáveis nas viagens de avião

O SEF e a PSP reforçaram a fiscalização nos aeroportos às regras do tráfego aéreo devido às variantes de covid-19 e ao aumento do número de voos previsto para as próximas semanas, segundo um despacho …