Casa Branca prepara investida contra tecnológicas chinesas. TikTok e WeChat na mira

Washington e Pequim estão a viver um dos momentos mais críticos desde que os dois países estabeleceram relações em 1979. Agora, a crise adensa-se, com o TikTok e a WeChat debaixo de olho.

Washington e Pequim estão numa guerra que está prestes a conhecer novos contornos. Na sexta-feira, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou as suas intenções de assinar uma ordem executiva a proibir o TikTok no país.

Este domingo, o secretário de Estado Mike Pompeo afirmou que a Casa Branca vai anunciar em breve um “conjunto amplo” de medidas contra empresas de software chinesas.

De acordo com o Jornal de Negócios, a ofensiva da Casa Branca é justificada com a defesa da segurança interna. O responsável norte-americano disse que as tecnológicas chinesas estão a fornecer dados às autoridades de Pequim, sublinhando o caso particular do TikTok e da WeChat, ambas propriedade da ByteDance.

Ainda assim, o secretário de Estado fez questão de frisar que “há muitas outras”.

O TikTok tem vindo a registar um crescimento exponencial do número de utilizadores, que acelerou durante a pandemia de covid-19. A Bloomberg avança que os downloads da aplicação já superam os 165 milhões nos Estados Unidos e os 2.000 milhões em todo o mundo.

Para evitar que a aplicação chinesa seja banida do país, a ByteDance está a tentar dar a volta através da venda do negócio à Microsoft. Contudo, as negociações foram entretanto suspensas depois de Donald Trump ter reiterado que a venda não seria suficiente.

Ao início da madrugada, a Microsoft veio afirmar que vai prosseguir com as conversações nesse sentido, pelo que o processo encontra-se num impasse.

“A Microsoft avançará rapidamente para continuar as discussões com a empresa-mãe do TikTok, ByteDance, numa questão de semanas, e em qualquer caso completar estas conversações o mais tardar até 15 de setembro de 2020”, referiu a empresa norte-americana, em comunicado.

A base para as discussões foi uma notificação enviada por ambas as empresas ao Comité de Investimento Estrangeiro nos Estados Unidos (CFIUS), na qual comunicaram a sua intenção de explorar uma “proposta preliminar” que envolveria a aquisição do serviço da TikTok nos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Nova Zelândia.

Durante o processo de conversações, lê-se no comunicado, “a Microsoft espera continuar o diálogo com o Governo dos Estados Unidos”.

Com a aquisição, que, de acordo com o comunicado, seria sujeita a uma revisão de segurança completa e à entrega dos benefícios apropriados aos Estados Unidos, a Microsoft “asseguraria que todos os dados privados dos utilizadores norte-americanos do TikTok fossem transferidos e permanecessem” no país.

Além disso, a empresa de tecnologia disse que assegura que tais dados “sejam removidos de servidores fora do país após a sua transferência”. O Secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, disse domingo que Trump pode forçar uma venda ou bloquear o TikTok devido ao risco que pode representar para a privacidade dos norte-americanos.

A lei permite ao Presidente bloquear transações e congelar bens se acreditar que existe uma “ameaça invulgar e extraordinária” à segurança nacional ou à economia no país.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas descobrem nova espécie de crustáceo no lugar mais quente da Terra

Uma equipa de cientistas descobriu uma nova espécie de crustáceo de água doce durante uma expedição ao deserto de Lute, no Irão, também conhecido como o lugar mais quente do planeta. Hossein Rajaei, do Museu Estadual …

Furacão Sally fragmentou parte de uma ilha da Florida em três

A passagem do furacão Sally fragmentou parte de uma ilha na costa da Florida, no Estados Unidos, criando assim três pequenas porções de terra. Na prática, tal como explica o portal USA Today, o furação abriu …

Benfica 2-0 Moreirense | “Águia” vence e convence cónegos

Após ter perdido e empatado nas duas últimas recepções ao Moreirense, o Benfica voltou a vencer o emblema de Moreira de Cónegos na Luz. Este sábado, em duelo relativo à segunda jornada do campeonato, as “águias” …

"Surpreendente e fascinante". Descoberta pela primeira vez uma aurora sobre um cometa

A nave Rosetta da Agência Espacial Europeia (ESA) detetou uma aurora boreal sobre o cometa 67P / Churyumov-Gerasimenko (67P / C-G). Em comunicado, os cientistas envolvidos na deteção frisam que esta é a primeira vez quem …

Austrália não quer que turistas caminhem na famosa rocha sagrada Uluru (nem no Google Maps)

A Austrália pediu ao Google que remova do seu serviço Maps fotografias tiradas do topo de Uluru, o monólito aborígine sagrado que os visitantes estão proibidos de escalar desde o ano passado. De acordo com a …

NASA vai procurar aquíferos nos desertos com tecnologia já usada em Marte

Uma parceria entre a NASA e a Fundação Qatar tem como objetivo procurar as cada vez mais escassas águas que estão enterradas nos desertos do Saara e da Península Arábica. Este processo deverá ser desenvolvido …

Os aeroportos mudam o nome das pistas (e a culpa é dos pólos magnéticos da Terra)

O pólo norte magnético pode mover-se até 64 quilómetros por ano. Isto pode ser um problema para os pilotos de aviões. A pista 17L/35R, no Aeroporto Internacional de Austin-Bergstrom, no estado norte-americano do Texas, não terá …

Rússia quer ultrapassar Tom Cruise e ser a primeira a gravar um filme no Espaço

O ator Tom Cruise quer rodar um filme no Espaço, mas a Rússia quer ser a primeira, de acordo com um comunicado da agência espacial Roscosmos. Os Estados Unidos e a Rússia são, novamente, os protagonistas …

Os animais perdem o medo dos predadores depois de contactarem com o Homem

Uma nova investigação concluiu que os animais selvagens perdem rapidamente o medo dos seus predadores depois de entrarem em contacto com o Homem. A maioria dos animais selvagens, como é o caso dos leões, exibe …

Há mais 884 casos confirmados e oito óbitos por covid-19 em Portugal

De acordo com o último boletim divulgado epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal regista, este sábado, mais oito óbitos e 884 novos casos de infeção pelo novo coronavírus. Assim, Portugal contabiliza, desde o início da …