Casa Branca prepara investida contra tecnológicas chinesas. TikTok e WeChat na mira

Washington e Pequim estão a viver um dos momentos mais críticos desde que os dois países estabeleceram relações em 1979. Agora, a crise adensa-se, com o TikTok e a WeChat debaixo de olho.

Washington e Pequim estão numa guerra que está prestes a conhecer novos contornos. Na sexta-feira, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou as suas intenções de assinar uma ordem executiva a proibir o TikTok no país.

Este domingo, o secretário de Estado Mike Pompeo afirmou que a Casa Branca vai anunciar em breve um “conjunto amplo” de medidas contra empresas de software chinesas.

De acordo com o Jornal de Negócios, a ofensiva da Casa Branca é justificada com a defesa da segurança interna. O responsável norte-americano disse que as tecnológicas chinesas estão a fornecer dados às autoridades de Pequim, sublinhando o caso particular do TikTok e da WeChat, ambas propriedade da ByteDance.

Ainda assim, o secretário de Estado fez questão de frisar que “há muitas outras”.

O TikTok tem vindo a registar um crescimento exponencial do número de utilizadores, que acelerou durante a pandemia de covid-19. A Bloomberg avança que os downloads da aplicação já superam os 165 milhões nos Estados Unidos e os 2.000 milhões em todo o mundo.

Para evitar que a aplicação chinesa seja banida do país, a ByteDance está a tentar dar a volta através da venda do negócio à Microsoft. Contudo, as negociações foram entretanto suspensas depois de Donald Trump ter reiterado que a venda não seria suficiente.

Ao início da madrugada, a Microsoft veio afirmar que vai prosseguir com as conversações nesse sentido, pelo que o processo encontra-se num impasse.

“A Microsoft avançará rapidamente para continuar as discussões com a empresa-mãe do TikTok, ByteDance, numa questão de semanas, e em qualquer caso completar estas conversações o mais tardar até 15 de setembro de 2020”, referiu a empresa norte-americana, em comunicado.

A base para as discussões foi uma notificação enviada por ambas as empresas ao Comité de Investimento Estrangeiro nos Estados Unidos (CFIUS), na qual comunicaram a sua intenção de explorar uma “proposta preliminar” que envolveria a aquisição do serviço da TikTok nos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Nova Zelândia.

Durante o processo de conversações, lê-se no comunicado, “a Microsoft espera continuar o diálogo com o Governo dos Estados Unidos”.

Com a aquisição, que, de acordo com o comunicado, seria sujeita a uma revisão de segurança completa e à entrega dos benefícios apropriados aos Estados Unidos, a Microsoft “asseguraria que todos os dados privados dos utilizadores norte-americanos do TikTok fossem transferidos e permanecessem” no país.

Além disso, a empresa de tecnologia disse que assegura que tais dados “sejam removidos de servidores fora do país após a sua transferência”. O Secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, disse domingo que Trump pode forçar uma venda ou bloquear o TikTok devido ao risco que pode representar para a privacidade dos norte-americanos.

A lei permite ao Presidente bloquear transações e congelar bens se acreditar que existe uma “ameaça invulgar e extraordinária” à segurança nacional ou à economia no país.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Vacinação no bom caminho com 25% da população da UE vacina

A Comissão Europeia anunciou este sábado que 200 milhões de doses de vacinas anticovid-19 chegaram já à União Europeia (UE) e 160 milhões de europeus já receberem a primeira dose, levando a que a vacinação …

Libertados nos EUA os primeiros mosquitos geneticamente modificados

Foi a primeira vez que mosquitos geneticamente modificados foram libertados nos Estados Unidos. O objetivo é suprimir populações de mosquitos transmissores de doenças. De acordo com o site Live Science, a empresa de biotecnologia Oxitec lançou …

Descobertos os restos de nove Neandertais numa gruta em Itália

Os restos de nove Neandertais foram descobertos na Gruta de Guattari, em San Felice Circeo, na costa entre Roma e Nápoles, onde já tinham sido encontrados vestígios da presença Neandertal, anunciou este sábado o ministro …

Leis draconianas na Malásia. Fahmi Reza foi detido por insultar a rainha com playlist no Spotify

A sátira desempenha um importante papel na sociedade. Na Malásia, as leis draconianas estão a reacender o debate em torno da liberdade de expressão. Fahmi Reza, um artista gráfico e ativista social malaio, foi detido no …

António Barreto

Portugal vai ter "um problema de cor de pele" (por muitos anos e com conflitos)

O sociólogo António Barreto considera que Portugal vai "ter um problema" de "cor de pele" e "por muitos anos". Uma ideia defendida numa entrevista onde se reporta para "o que se passa em toda a …

Um laboratório vivo. Há residentes "superimunes" à covid-19 numa pequena cidade italiana

A pequena cidade de Vo, no norte de Itália, tornou-se um dos primeiros locais com um surto de covid-19 da Europa em fevereiro de 2020. Agora, os cientistas descobriram que a cidade abriga um número …

Portugal com duas mortes e 406 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal registou hoje duas mortes atribuídas à covid-19, 406 novos casos de infeção pelo coronavírus e nova descida no número de internamentos em enfermaria e em cuidados intensivos, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo …

Portugal "tem nível de rendimentos baixíssimo". Muitos municípios que perdem população desde o final II Guerra

Portugal tem municípios que perdem população desde o final da II Guerra Mundial e dificilmente fenómenos como o teletrabalho irão alterar esta paisagem, na opinião do geógrafo Álvaro Domingues, da Universidade do Porto. Em entrevista à …

Gestora em teletrabalho esqueceu-se da filha no carro. Bebé encontrada sem vida sete horas depois

Maria Pilar, uma bebé de dois anos, morreu esta sexta-feira, depois de ter ficado esquecida dentro do carro durante cerca de sete horas. A menina de dois anos esteve cerca de sete horas dentro do carro, …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Cimeira Social cheia de boas intenções deixa factura de um milhão de euros (e "erro" na comida da PSP)

Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia comprometeram-se, na Cimeira Social do Porto, a "trabalhar em prol de uma Europa social". Mas o evento deixa uma polémica com as refeições distribuídas aos …