Câmara do Porto impõe recolher obrigatório para trotinetes

A Câmara do Porto aprovou o regulamento para os “modos suaves” de transportes que impõe a recolha obrigatória de trotinetes a partir das 22h00 e limita a exploração a 900 veículos.

O novo regulamento de serviços de partilha em modos suaves, com o qual se pretende regular a atividade de empresas que alugam trotinetes, bicicletas e outros dispositivos, define que cada licença, atribuída por um período de cinco anos, não renováveis, limita a exploração a um número máximo de 700 veículos, com possibilidade de ampliação para um máximo de 900 veículos, mediante acordo escrito do município.

O documento estipula ainda as áreas onde não é autorizada a circulação deste tipo de veículos, como seja arruamentos incluídos em zonas de acesso automóvel condicionado, corredores BUS e espaços dedicados à circulação de veículos sobre carril, Estrada da Circunvalação, Via de Cintura Interna (VCI) e respetivos nós de acesso, Avenida AEP, Pontes do Freixo, Luís I (tabuleiro superior) e Arrábida, e túneis.

É ainda proibida a circulação destes serviços de partilha em arruamentos pedonais, praças, jardins urbanos e passeios, estando a sua utilização sujeita ao horário 06h00-22h00.

O documento esteve em consulta pública até 21 de agosto, depois da primeira proposta do município, apresentada em março, ter sido contestada. A nova proposta foi agora aprovada, com a abstenção da CDU, que disse ver com preocupação esta nova realidade.

“Compreendo que se adira a este processo, mas a cidade tem características muito diferentes. Tudo isto cria problemas. Admito que não seja fácil encontrar ponto de equilíbrio entre segurança de pessoas e este tipo de veículos. É com alguma preocupação que vejo isso, dadas as características da cidade”, disse a vereadora Ilda Figueiredo, justificando a abstenção.

Já o vereador do PS, Manuel Pizarro, questionou o executivo sobre a restrição do horário de utilização destes veículos, colocando em dúvida se a mesma é adequada. O socialista disse ainda ter dúvidas sobre se é “exequível” a remoção no período de 30 minutos, em caso de aparcamento abusivo.

À margem, o vereador questionou ainda o município sobre a estratégia de desenvolvimento das ciclovias na cidade, tendo o presidente da autarquia, Rui Moreira, explicado que não é possível adotar um modelo igual para todos os locais da cidade.

O autarca referiu, contudo, que há uma estratégia global, defendendo sempre que possível a ideia de que “a bicicleta convive melhor com o automóvel do que com o peão”.

Sobre este tema, o vereador do PSD, Álvaro Almeida, colocou em causa a opção do município por duas soluções diferentes quanto à utilização do espaço público.

Se no caso dos modos suaves optou por um leilão, no caso dos Postos de Carregamento de Veículos Elétrico optou pela cobrança de uma taxa, apontou, defendendo que seria melhor adotar a solução do leilão para as duas situações.

“Podemos ter o problema de ter a taxa tão alta e afastar os operadores, ou ter a taxa tão baixa e estarmos a beneficiar os privados. Seria mais responsável adotar o mesmo sistema no caso dos modos suaves”, justificou.

Na resposta, a vereadora dos Transportes, Cristina Pimentel, esclareceu que estas questões nunca foram levantadas pelos operadores, sublinhando que o assunto foi já devidamente discutido em consulta pública.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Um passo maior que a perna. no Porto os automóveis não respeitam absolutamente nada, não há limites para o estacionamento indevido: garagens, passeios, sentido contrário, segunda fila, paragens de autocarro, ciclovias, riscas amarelas, enfim há ruas em que a via fica suprimida pelo estacionamento indevido. há dezenas de ruas diariamente nestas condições de estacionamento indevido que prejudicam a mobilidade e a segurança. Falta fiscalização e civismo. Se com os carros acontece isto, alguém esta preocupado com a fiscalização e regras para as trotinetes no âmbito da mobilidade na cidade?! faz algum sentido?
    fecham os olhos ao problema grave de circulação e estacionamento na cidade e perdem tempo com trotinetes que nem sequer existem.

  2. Ponham os arrumadores e sem abrigo que andam pela cidade a pedir esmola e a ameaçar os cidadão a recolher as trotinetes, ao menos estavam ocupados e ganham dinheiro merecido.

RESPONDER

"Nem mais um tostão". Rio defende nova auditoria ao Novo Banco (e vai votar a favor do projeto do BE)

O presidente do PSD sugeriu que seja realizada uma auditoria ao Novo Banco por uma instituição pública como o Tribunal de Contas (TdC) e disse estar disponível para aprovar a proposta de comissão de inquérito …

O propósito do sono muda repentinamente quando somos crianças

Uma equipa de investigadores identificou uma mudança repentina no propósito pelo qual precisamos de dormir. A alteração foi verificada, na mesma altura, em animais. A razão pela qual precisamos de dormir pode variar de acordo com …

“Desrespeito e mentira”. Rui Moreira ameaça levar UEFA a tribunal após cancelamento da Supertaça europeia

O presidente da Câmara do Porto ameaçou recorrer à justiça para reclamar os prejuízos causados pela decisão da UEFA de não realizar a final da Supertaça europeia de futebol na cidade, acusando aquela instituição de …

Eis os quatro mundos mais promissores de albergar vida alienígena

Marte, Europa, Encélado e Titã são, de acordo com as descobertas científicas, os mundos mais promissores de albergar vida alienígena. A biosfera da Terra contém todos os ingredientes conhecidos necessários para a vida como a conhecemos. …

O Ciclo Solar 25 vai afetar a vida na Terra (e a NASA explica como)

A cada 11 anos, o Sol inicia um novo ciclo solar, marcado por períodos de violentas erupções e explosões magnéticas. Em dezembro de 2019, teve início um novo ciclo solar. Na semana passada, a NASA e …

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …