EUA. Troca de embriões leva mulher a dar à luz gémeos que não lhe pertencem e a ter de os entregar aos pais

Depois de seis anos a tentar engravidar e de um processo de fecundação in vitro numa clínica em Los Angeles, nos Estados Unidos (EUA), em março uma mulher deu à luz a um casal de gémeos. Mas algo não estava bem: o casal esperava dois rapazes quando era suposto terem duas meninas.

Segundo noticiou o Expresso, citando a BBC, depois de testes de ADN, o casal ficou a saber que os dois bebés não tinham qualquer relação com a mãe, com o pai ou sequer entre si, pertencendo a outros dadores, resultado de uma troca de embriões por parte da clínica CHA Fertility, que agora enfrenta um processo legal. Mas o caso de AP e YZ (como o casal quis ser identificado), não é o único.

Em simultâneo, Anni e Ashot Manukyan travavam a mesma batalha, queriam dar um irmão à filha que já tinham. Em agosto, contou a CNN, a clínica transferiu dois embriões para o útero de Anni. A gravidez nunca chegou e, mais tarde, os Manukyan haveriam de descobrir que os embriões que Anni transportara nem sequer eram os seus. Por erro da clínica, o seu bebé biológico nascera no último dia de março, era um dos gémeos de AP e YZ.

“A CHA roubou-me a possibilidade de transportar o meu filho, de estar com ele nos seus primeiros momentos, cuidar dele, de estar pele com pele com ele. Simplesmente de ser uma mãe para ele”, atirou Anni Manukyan, que acusa a clínica de ter “brincado com três famílias”. O caso seguiu para tribunal.

Decidido ficou que AP e YZ teriam de entregar os gémeos aos pais biológicos, algo que já aconteceu. Cumpridos os nove meses da gravidez, o casal ficava sem qualquer filho, que eventualmente estaria num dos úteros das outras mulheres que não conseguiram engravidar, como foi o caso de Anni.

Há alguns dias, AP e YZ apresentaram um processo contra a clínica, referiu o Guardian. AP, a mulher que viveu este pesadelo, está ainda a receber apoio psicológico.

“Quem quer conhecer o seu filho num lobby de um hotel? Foi de partir o coração, foi terrível”, desabafou Anni Manukyan após reencontro com a criança. “E como fica a outra mulher? O que estará a passar? Graças a Deus temos o nosso filho de volta mas ela acabou sem qualquer filho. (…) Estou eternamente grata por ter transportado o meu bebé e tomado conta dele, até depois do nascimento. É uma mulher maravilhosa e rezo por ela todos os dias. Deus vai dar-lhe os seus bonitos bebés um dia. Ela merece isso”.

Anni Manukyan informou ainda que a clínica não sabe o paradeiro, digamos assim, do seu segundo embrião, temendo que possa desenvolver-se e nascer num corpo de outra mulher.

A CHA Fertility ainda não reagiu publicamente ao caso que envolve estas três famílias.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

PEV e PAN ameaçam chumbar Orçamento na especialidade

Esta quarta-feira, em debate sobre o Orçamento do Estado para 2021, PEV e PAN ameaçaram chumbar a proposta de OE na especialidade. No debate sobre o Orçamento do Estado para 2021, no Parlamento, Inês Sousa Real …

Imagens de satélite indicam que Irão começou construções em instalação nuclear

Imagens de satélite divulgadas esta quarta-feira mostram atividades na instalação nuclear iraniana de Natanz, um dia depois de inspetores da Agência Internacional de Energia Atómica confirmarem que o Irão iniciou a construção de uma central …

"Salvadores brancos". Organização vai acabar com as viagens de celebridades a África

A organização Comic Relief vai deixar de enviar celebridades como Ed Sheeran ou Stacey Dooley para fazerem filmes promocionais em países africanos após decidir que a abordagem reforça estereótipos ultrapassados sobre “salvadores brancos”. Além de acabar …

Tragédia no Canal da Mancha. Quatro migrantes morreram em alto mar após Governo rejeitar rota segura

De acordo com as autoridades francesas, quatro migrantes - incluindo duas crianças de cinco e oito anos - morreram ao tentar chegar ao Reino Unido de barco através do Canal da Mancha. O pequeno barco …

Detidos 21 suspeitos de desviarem fundos para financiar Puigdemont na Bélgica

A operação da polícia espanhola contra o alegado desvio de fundos públicos para financiar as despesas do ex-presidente regional catalão Carles Puigdemont fugido na Bélgica resultou hoje em 21 detidos ligados ao movimento independentista na …

Ativista detido depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Museu do Louvre

Mwazulu Diyabanza foi detido na semana passada em Paris, depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Louvre. O ativista congolês disse que a ação foi parte de um protesto para que os museus europeus …

Proteção Civil do Porto já pediu recolher obrigatório e recomenda novo estado de emergência

A Proteção Civil do distrito do Porto já avançou com o pedido ao Governo de recolher obrigatório para a região. Marco Martins sugere ainda o regresso ao estado de emergência. Marco Martins, responsável pela proteção Civil …

Exames nacionais de 2021 mantêm normas excecionais criadas no anterior ano letivo

Os professores vão voltar a contabilizar, na classificação dos próximos exames nacionais, apenas as respostas às perguntas obrigatórias e àquelas em que o aluno tenha melhor pontuação, à semelhança das normas excecionais aplicadas no ano …

PSD-Madeira critica preços "pornográficos" e "obscenos" nas viagens da TAP no Natal

O PSD-Madeira voltou nesta quarta-feira a criticar os preços praticados pela TAP nas viagens para a região, referindo que na época do Natal chegam a atingir 1.143 euros, e considerou os valores “pornográficos” e “obscenos”. “São …

Autarca de Roma revela que máfia italiana planeou um ataque contra si e a sua família

A presidente da Câmara de Roma, Virginia Raggi, revelou que grupos do crime organizado planearam matá-la e a sua família porque ela os estava a atacar em partes da capital italiana que dominam. Aos 37 anos, …