Três milhões de Charlie Hebdo com Maomé na capa amanhã nas bancas

@libe / Twitter

Capa da primeira edição do Charlie Hebdo após o atentado, divulgada pelo Liberation

A próxima edição do semanário satírico francês Charlie Hebdo, que chega às bancas esta quarta-feira, terá três milhões de exemplares, em vez do milhão inicialmente previsto, indicou a distribuidora do jornal.

A capa da próxima edição do Charlie Hebdo, divulgada esta terça-feira pelo jornal Libération, traz uma caricatura de Maomé a chorar, segurando um cartaz “Je Suis Charlie”, sob o título “Tudo Está Perdoado“.

Esta é a primeira edição do jornal depois do atentado de quarta-feira, em que dois jihadistas mataram 12 pessoas, como vingança pela publicação de cartoons de Maomé.

Em vez da tiragem prevista de um milhão de exemplares, serão colocados em banca três milhões de Charlie Hebdos.

O aumento da tiragem deve-se ao facto de a distribuidora, MLP – Messageries Lyonnaises de Presse, estar a receber grandes encomendas, não só de França mas também do estrangeiro.

As receitas da venda do primeiro milhão de exemplares desta edição, que está a ser preparada pelos sobreviventes ao atentado, reverterão integralmente para o Charlie Hebdo, tendo a rede de distribuição aceitado trabalhar gratuitamente.

O jornal satírico parisiense imprimia até agora normalmente 60.000 exemplares, metade dos quais eram vendidos em banca.

Na sequência do atentado que dizimou a redacção do Charlie Hebdo, os órgãos de comunicação parisienses uniram-se para ajudar o jornal, oferecendo-lhe condições técnicas de funcionamento.

O governo francês, por seu turno, anunciou a atribuição de um subsídio de 1 milhão de euros para “garantir que o Charlie Hebdo continua a ser impresso”.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Em primeiro lugar os ataques terroristas em França são condenáveis a todos os níveis. Mas não é menos condenável a atitude deste jornal francês, que ninguém conhecia e que se tenta agora projetar retirando benefícios económicos dos atentados, continuando a provocar o Islão. É que com isso não estão só a provocar o Islão radical, mas o Islão moderado. Devem existir por isso limites à liberdade de imprensa. Neste sentido também não seria tolerável este jornal ridicularizar alguém por ser deficiente, homossexual ou de uma cor diferente. Ou defender a pedofilia, o incesto ou o canibalismo. Isso não seria aceitável, tal como não é aceitável ridicularizar a religião de alguém, ainda por cima sabendo que o mundo islâmico é, com razão, sensível a essas questões.

RESPONDER

Cristais do tempo poderiam permitir simular toda a Internet com poucos qubit

Uma equipa de cientistas japoneses propôs um método que usa cristais do tempo para simular redes massivas com muito pouco poder de computação. Os cristais do tempo podem ser o próximo grande salto na pesquisa de …

Psyche, o planeta fracassado, pode ser o único asteróide inteiramente feito de ferro e níquel

Um estudo da cientista planetária Tracy Becker, do Southwest Research Institute, analisou as primeiras observações ultravioleta do trilionário asteróide metálico Psyche. Com aproximadamente 200 quilómetros de diâmetro, Psyche é um dos objetos mais massivos do cinturão de …

Cientistas criam tinta ultra-branca que ajuda a arrefecer as superfícies

Cientistas criaram uma nova tinta ultra-branca que pode refletir 95,5% da luz solar que chega à sua superfície. De acordo com o site IFLScience, esta propriedade permite que algo revestido com esta tinta ultra-branca, como, por …

Morreu Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos

O empresário Sindika Dokolo faleceu, nesta quinta-feira, no Dubai, aos 48 anos de idade, durante a prática de mergulho. A morte do empresário de origem congolesa já foi confirmada à Lusa por uma fonte ligada à …

Lagostins autoclonados invadiram (e conquistaram) um cemitério na Bélgica

Um cemitério na Bélgica foi completamente invadido por lagostins marmoreado. De acordo com o Instituto Flamengo para Pesquisa da Natureza e da Floresta (INBO), a espécie representa uma grande ameaça para a biodiversidade local. Segundo o …

Benfica 3-0 Standard Liège | “Águia” voa de forma imperial

A noite foi de festa no Estádio da Luz para os cerca de 4875 espectadores – 7,5% por cento da lotação – que se deslocaram ao reduto dos “encarnados” esta quinta-feira. O Benfica venceu por 3-0 …

Urnas abertas no Minecraft. Servem para ensinar os jovens a votar nas eleições

A organização não partidária e sem fins lucrativos Rock the Vote e a empresa criativa Sid Lee uniram-se para criar um servidor de "casa de votação" no popular jogo Minecraft antes das eleições presidenciais de …

Zorya Luhansk 0-2 Braga | “Nota artística” em triunfo minhoto

Dois jogos, duas vitórias para o Sporting de Braga no Grupo G da Liga Europa. Uma entrada de rompante em jogo, com dois golos espectaculares nos primeiros 11 minutos, permitiram aos “arsenalistas” controlar e lidar …

Amostra de ADN desvenda homicídio cometido há quatro décadas

Uma amostra de ADN, colhida de um norte-americano da Carolina do Sul após este ser detido por apontar uma arma, permitiu às autoridades desvendar um caso antigo, identificando-o como principal suspeito do homicídio de uma …

Investigadores portugueses criam simuladores para treinar médicos à distância

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) desenvolveram, durante o confinamento, um método para os estudantes treinarem para cenários de emergência sem saírem de casa. Em declarações à Lusa, Carla Sá Couto, do …