Só três hospitais não pioraram contas em 2017

Dados oficiais revelam que apenas um hospital do Serviço Nacional de Saúde apresentava contas positivas até outubro de 2017, e apenas três conseguiram melhores EBITDA.

Em 30 hospitais ou centros hospitalares, apenas três conseguiram melhores EBITDA – sigla inglesa para resultados antes de juros, impostos, depreciação e amortização – em relação ao ano anterior: Amadora-Sintra, Setúbal e Santa Maria Maior, de Barcelos.

No entanto, se nos centrarmos apenas nas unidades que tinham as contas em terreno positivo, o universos restringe-se apenas a um hospital do SNS – o da Figueira da Foz, com saldo de 0,2 milhões.

As contas são do Diário de Notícias, que se baseou no EBITDA acumulado até ao mês de outubro, o último com dados publicados na monitorização mensagem e no benchmarking da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), para o qual são apresentados números do período homólogo.

Na semana passada, o ministro da Saúde Adalberto Campos Fernandes anunciou a criação da unidade de missão que vai controlar as contas do setor.

Em relação aos pagamentos vencidos a fornecedores externos, no ano passado, apenas três instituições hospitalares reduziram as suas dívidas a mais de 90 dias até outubro: Lisboa Central, Santarém e Cova da Beira.

De acordo com os dados da ACSS, no total, a dívida vencida situava-se nos 1,4 milhões de euros, ou seja, mais 30% do que em igual período de 2016. Esta situação levou o Governo a transferir mais de 500 milhões para reduzir estes números, cerca de 65 milhões dos quais para Unidades Locais de Saúde.

Adalberto Campos Fernandes disse que é preciso “ajudar aqueles que têm pior desempenho a aproximar-se das melhores práticas”, reconhecendo também que “em nenhuma parte do mundo civilizado se viu a questão da sustentabilidade definitiva e duradoura ter sido resolvida”, isto porque há variáveis que “não controlamos“, como a inovação terapêutica ou a transição demográfica.

Já os gestores recusam que o ónus recaia sobre as administrações. O presidente da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares disse ao DN que muito do desperdício é causado pelas regras a que as unidades estão sujeitas.

“Os hospitais têm de pedir autorização caso a caso para contratar, o que pode gerar situações em que a falta de profissionais leva ao adiamento de procedimentos, o que gera desperdício”, explicou Alexandre Lourenço.

“Quando temos de fazer uma compra, o processo demora meses e muitas vezes recorre-se a ajustes diretos, que também não é o método mais eficiente”, concluiu.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Estrela morta emite cocktail de radiação nunca antes visto

Um grupo internacional de cientistas explorou o potencial do telescópio espacial de raios gama da Agência Espacial Europeia (ESA) - e outros telescópios e instrumentos - para detetar um cocktail de radiação inédita de uma …

Ator francês Dieudonné banido do Facebook por comentários antissemitas

O ator francês foi banido definitivamente do Facebook e do Instagram por causa dos comentários sobre as vítimas do Holocausto marcados por termos e expressões "desumanizantes contra os judeus". O anúncio do afastamento permanente de Dieudonné …

Última temporada de "La Casa de Papel" terá filmagens em Portugal

A rodagem da quinta temporada da série espanhola "La Casa de Papel", de Álex Pina, começa esta segunda-feira e terá filmagens em Portugal, revelou a plataforma Netflix. Em comunicado, na última sexta-feira, a Netflix explica que …

Janelas com vista para o Espaço. Virgin Galactic revela interior de nave espacial para turistas

A Virgin Galactic acaba de revelar o luxuoso design do interior da cabine do primeiro veículo SpaceshipTwo - o VSS Unity - que permitirá a astronautas e entusiastas explorar o Espaço com conforto. A Virgin Galactic, …

Irão garante ter detido líder de "grupo terrorista" dos EUA

Este sábado, o Irão anunciou a detenção do líder de um "grupo terrorista" norte-americano alegadamente responsável por um bombardeamento mortal, em 2008, numa mesquita da cidade de Shiraz, entre outros ataques. "Jamshid Sharmahd, líder do grupo …

Engenheiro reconstrói máquina que decifrou os códigos alemães Enigma na II Guerra Mundial

Hal Evans construiu a primeira réplica funcional de um ciclómetro: uma máquina construída no início da década de 1930 (e usada na II Guerra Mundial) por matemáticos polacos para ajudar a decifrar as mensagens secretas …

Governo britânico paga metade da conta para atrair clientes aos restaurantes

A medida para fazer os britânicos regressar aos restaurantes e, assim, ajudar o setor, que foi um dos mais afetados pela pandemia de covid-19, começa esta segunda-feira e vai prolongar-se até ao fim de agosto. De …

Revelados os segredos originais do "Cordeiro Místico"

Uma equipa de cientistas belgas e norte-americanos radiografou a pintura A Adoração do Cordeiro Místico para descobrir como era a obra de arte flamenga, pintada pelos irmãos Hubert e Jan Van Eyck, quando foi concluída, em …

Trump abre a porta à compra do TikTok pela Microsoft

A rede social deve ser vendida até 15 de setembro para se manter em operação nos Estados Unidos, disse, esta segunda-feira, o Presidente norte-americano. Depois de, na sexta-feira, ter anunciado que iria proibir a TikTok nos …

Egito convida Musk a verificar pessoalmente que as pirâmides não foram construídas por alienígenas

O Egito convidou o multimilionário Elon Musk a verificar pessoalmente que as míticas pirâmides do país não foram construídas por alienígenas, ao contrário do que sugeriu o CEO da Tesla e da SpaceX na rede …