Trabalhadores da Fiat revoltados com Cristiano Ronaldo na Juventus

Andy Rain / EPA

A anunciada contratação de Cristiano Ronaldo pela Juventus está a deixar os trabalhadores da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) revoltados. Este grupo é propriedade do dono da Juventus e terá um papel fundamental no pagamento dos custos associados à transferência.

A Fiat é um dos grandes patrocinadores da Juventus, ou não fosse propriedade da família Agnelli que é também dona do clube italiano.

A marca de automóveis deverá suportar uma boa fatia dos custos associados à anunciada contratação de Cristiano Ronaldo pela Juventus. Esses custos não são poucos e especula-se que poderão chegar, no total, a algo como 400 milhões de euros, contando mais de 100 milhões para o Real Madrid, 120 milhões líquidos para Ronaldo, para um contrato de quatro anos, e ainda verbas para pagar comissões.

Números que deixam os trabalhadores da Fiat revoltados, depois já se sentirem insatisfeitos pelo facto de a empresa desembolsar cerca de 26,5 milhões de euros anuais em patrocínios à Juventus.

“Não temos nenhum aumento há 10 anos”, queixa-se um trabalhador da Fiat citado pela ITASportPress, criticando que “a chegada de Ronaldo será vergonhosa“.

“Com o seu salário, poderia dar-se um aumento de 200 euros a todos os funcionários”, lamenta ainda este operário que trabalha na Fiat há 18 anos.

Presidente da Juventus telefonou 28 vezes a Ronaldo

Entretanto, em Espanha, o jornal Marca assegura que Cristiano Ronaldo já deu a sua palavra de honra ao presidente da Juventus, Andrea Agnelli, em como vai assinar pelo clube.

O desportivo espanhol refere que Agnelli telefonou 28 vezes a Ronaldo, para lhe manifestar a admiração e a vontade em o contratar. Esta postura terá sido fundamental para que o capitão da Selecção Portuguesa se decidisse a aceitar a proposta da Juventus.

Mas em Inglaterra, o The Sun noticia que o Manchester United ainda tem esperança em conseguir o regresso de Ronaldo ao palco de onde saiu, há 9 anos, rumo ao Real Madrid.

Em Espanha, o DonBalon especulava ontem que a Chevrolet, patrocinadora do United, estaria interessada em financiar a contratação de Ronaldo para associar a sua marca à do melhor jogador do mundo.

O jornal inglês refere que os dirigentes dos red devils estão a fazer contas para tentarem intrometer-se nos planos da Juventus, e que esperam poder tirar partido das boas relações que mantêm com o empresário de Ronaldo, Jorge Mendes.

O representante de Ronaldo não confirma quaisquer negociações para a saída de Ronaldo, mas, em declarações ao Record, refere que “se Ronaldo sair do Real Madrid ficará eternamente grato ao clube, ao presidente, a toda a direcção, a todo o staff médico, a todos os funcionários sem excepção, aos adeptos e a todos os madridistas espalhados pelo mundo”.

“Se tal vier a acontecer, será apenas uma nova etapa e um novo desafio na sua brilhante carreira”, diz ainda Jorge Mendes, assumindo algo que era impossível de imaginar há poucos meses – a saída de Ronaldo do Real Madrid.

SV, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. devia-se acabar com estas parlermices de pagar ordenamos , que nao têm explicação, com tanta gente a ganhar miserias para uns andarem a ostentar(rem-se) por aí ! não falo so do Ronaldo mas de empresas que detem capital a rodos e pagam “mal” … antres que me chamem comuna ou outra cena qualquer ,,, nao so comuna nem nada que se pareça …

  2. sempre foi assim
    nao ha dinheiro para ordenados, fisco, estadios, etc. mas gastam-se milhoes na compra de jogadores e depois têm o descaramento de dizerem que nao têm dinheiro para outros impostos

  3. A Fiat é privada, a Juventus tambem e provavelmente os donos conhecem aquilo que os funcionaros da Fiat ignoram…
    Pois eu acho que as contas foram feitas por quem sabe e o investimento no Ronaldo vai ser lucrativo para a Juventus e por consequencia para os proprios trabalhadores.

RESPONDER

Mais seis mortos e 854 casos de covid-19. Lisboa com 49% das novas infeções

Portugal contabiliza esta quinta-feira mais seis mortos relacionados com a covid-19 e 854 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da pandemia, Portugal …

Novo primeiro-ministro belga nomeado após 16 meses de crise política

O atual ministro das Finanças da Bélgica, Alexander de Croo, toma posse esta quinta-feira como primeiro-ministro, depois de ter sido na quarta-feira formalmente nomeado para o cargo, pondo fim a uma longa maratona de 16 …

Cortes de água, luz, gás e telecomunicações regressam esta quinta-feira

A partir desta quinta-feira, regressam os cortes de água, eletricidade, gás natural e telecomunicações para todos os consumidores em situação de desemprego, com uma quebra de rendimentos de, pelo menos, 20% ou que estejam infetados …

Moderna contradiz Trump. Não haverá vacina até às eleições

O diretor-executivo da farmacêutica Moderna Therapeutics, que está a desenvolver uma das mais avançadas vacinas para a covid-19, disse que esta não estará pronta até às eleições presidenciais dos Estados Unidos. Em declarações ao jornal Financial …

Brigadas dos lares arrancam com menos profissionais do que o previsto

As Brigadas de intervenção Rápida para os lares atingidos por surtos de covid-19 arrancam esta quinta-feira - mas há menos enfermeiros e cuidadores do que o previsto. Em declarações à Renascença, o presidente do Instituto da …

PS segue PSD e propõe voto antecipado para eleitores em confinamento

O Partido Socialista (PS) decidiu juntar-se ao Partido Social Democrata (PSD) na ideia de alargar o direito de voto antecipado aos eleitores que estejam em confinamento à data das próximas eleições presidenciais. De acordo com o …

Santos Silva assume "contactos" para reforço dos EUA da base das Lajes (e desdramatiza eventual crise política)

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros, disse, em entrevista ao Público e à Renascença, que há "contactos" com os Estados Unidos para reforço norte-americano da base das Lajes e desdramatizou a aprovação do Orçamento …

3.800 euros por mês. Genebra aprova o primeiro salário mínimo (e é o mais alto do mundo)

Os habitantes de Genebra, na Suíça, aprovaram, este domingo, a proposta de um salário mínimo de 23 francos suíços por hora (equivalente a cerca de 21,30 euros) para todos os que trabalham na cidade. De acordo …

No day after do debate caótico, Biden pede regras rígidas e Trump queixa-se do moderador

O debate caótico entre Donald Trump e Joe Biden motivou críticas generalizadas que suscitam dúvidas sobre se será de manter os outros dois debates ou se, mantendo-os, será necessário alterar as regras. Um dia após a …

OE2021. Pontas soltas, alguns avanços e uma certeza: se houver entendimento, há acordo por escrito

Se houver entendimento em algumas matérias com o Bloco de Esquerda e o PCP, haverá um "compromisso escrito", adiantou Duarte Cordeiro, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares. Em entrevista ao podcast Política com Palavra, do PS, …