Toyota vai recolher mais de 31 mil carros em Portugal por defeito no “airbag”

Toyota Motor Europe / Flickr

-

A Toyota anunciou esta quarta-feira que vai recolher mais 5,8 milhões de ‘airbags’ do fabricante Takata, associados a pelo menos 16 mortes por causa de um defeito.

O anúncio desta quarta-feira, no qual a Toyota diz que vai recolher mais 5,8 milhões de ‘airbags’ do fabricante Takata, eleva o número para 23,1 milhões.

Desse número, 1,47 milhões vão ser recolhidos na Europa, 1,16 milhões de unidades no Japão, 820 mil unidades na China e 2,35 milhões noutras regiões, excluindo os Estados Unidos, onde já tinham sido anunciadas chamadas à revisão.

Este defeito no sistema de ‘airbag’ foi ligado a pelo menos 16 mortes, o que significa que a fabricante de peças arrisca-se ao pagamento de pesadas indemnizações.

Os modelos afetados foram produzidos entre maio de 2000 e novembro de 2001 ou entre abril de 2006 e dezembro de 2014.

O Hilux (KUN 25, 26 e 35), o Auris (E15), o Corolla (E15) e o Yaris (P13 e P90) são os modelos visados nesta substituição.

Segundo a Toyota Caetano Portugal, citada pelo Expresso, vão ser contactados em Portugal os proprietários de 31.383 viaturas da marca.

“No seguimento de campanhas de serviço anteriores, referentes aos airbags do condutor e passageiro, e por medida de precaução, a Toyota decidiu alargar a gama de viaturas abrangidas. Os veículos em causa estão equipados com um airbag do condutor e/ou passageiro de origem Takata, que em caso de deflagração do mesmo, resultante de um acidente, pode existir a possibilidade de rutura do sistema pirotécnico do airbag, reduzindo a sua eficácia”, refere o comunicado.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Robôs substituem estudantes em cerimónia de graduação no Japão

Impedidos de estarem na sua cerimónia de graduação por causa do novo coronavírus, estudantes japoneses marcaram presença com a ajuda de robôs. Com as universidades fechadas devido à pandemia de covid-19, muitos foram os estudantes universitários …

Governo flexibiliza prescrição eletrónica de medicamentos

Esta quinta-feira, foi publicado em Diário da República o decreto-lei que cria o regime excecional de prescrição eletrónica de medicamentos durante o estado de emergência. O Governo criou um regime excecional de prescrição eletrónica de …

Médicos imigrantes impedidos de ajudar a combater o coronavírus nos EUA

Devido às regras dos vistos, muitos médicos imigrantes estão a ser proibidos de ajudar a combater a pandemia de covid-19 fora do hospital em que trabalham. Os Estados Unidos continuam a sentir em força as consequências …

Espanha insiste em emissão conjunta de dívida europeia "a médio prazo"

A ministra da Economia espanhola diz que o acordo alcançado pelo Eurogrupo "fazia falta", mas insiste que haja emissão conjunta de dívida europeia "a médio prazo". O Parlamento espanhol aprovou, entretanto, a renovação do estado …

Hyundai apresenta conceito de novo elétrico conduzido com joysticks

A Hyundai apresentou o conceito para um novo veículo, chamado Prophecy. O carro elétrico não é guiado pelo tradicional volante, mas sim por dois joysticks. As feiras automóveis estão todas interrompidas devido à pandemia de covid-19, …

Hospital da Cruz Vermelha excluído da rede de combate à pandemia

O Hospital da Cruz Vermelha não vai integrar a "rede covid", criada em resposta à pandemia do novo coronavírus, anunciou esta quinta-feira o executivo, realçando que esta decisão é tomada porque, face à situação atual, …

Coronavírus. Luvas de látex são perigosas quando não utilizadas corretamente

Quase como acontece com as máscaras, caso não sejam utilizadas corretamente, as luvas descartáveis de látex podem ser perigosas, ajudando a disseminar mais facilmente o vírus. A pandemia de covid-19 despertou grande interesse de como as …

Bloco de Esquerda "não vai aceitar austeridade" no pós-pandemia

A coordenadora nacional do Bloco de Esquerda diz que "não vai aceitar austeridade" em 2021, após a pandemia da covid-19, e garantiu que, pelo seu partido, "não faltará maioria" para ajudar Portugal a sair de …

Em Canonica d'Adda, homens e mulheres têm dias diferentes para ir às compras

A presidente da câmara de uma pequena cidade da Lombardia, Canonica d'Adda, em Itália, decidiu que homens e mulheres terão dias diferentes para fazer compras, visando limitar a multidão nas lojas e lutar contra a …

Linhas de crédito alargadas a todos os setores de atividade

O Governo alargou os apoios "à globalidade do tecido empresarial", nomeadamente aos setores do comércio e serviços, dos transportes, do imobiliário, da construção, indústrias extrativas e transformadoras. As linhas de crédito lançadas pelo Governo para apoiar …