Total avisa Angola: ou reduz custos ou fica sem petróleo

arbyreed / Flickr

-

O diretor da maior petrolífera estrangeira em Angola vai solicitar uma reunião ao Governo para avisar que, se os custos de investimento não descerem significativamente, o país arrisca-se a ficar sem indústria do petróleo.

“Se não houver uma significativa redução dos custos, tudo vai parar”, disse o diretor-geral da Total em Angola, Jean-Michel Lavergne, em declarações à agência financeira Bloomberg, nas quais explicou que caso as condições não melhorem, a indústria petrolífera angolana “vai desaparecer”, partindo do princípio que o preço do barril de petróleo se mantém nos 60 dólares.

Em causa estão as várias medidas que o Governo angolano tem tomado nos últimos anos, que fizeram os custos de produção aumentar em 500 milhões de dólares por ano, disse Lavergne durante um fórum empresarial em Luanda, no qual anunciou que está pedida uma reunião com o Governo angolano para dar conta destas preocupações causadas pelos custos da regulação.

Em junho, Angola ultrapassou pela primeira vez a Nigéria enquanto maior produtora subsariana, tendo bombeado 1,77 milhões de barris por ano, embora no total do ano passado a média de produção tenha sido de 1,66 milhões, comparado com os 1,9 milhões da Nigéria.

A Total é a maior produtora de petróleo em Angola, com cerca de 700 mil barris por dia, o que representa mais de 40% da produção do país.

Os poços de petróleo em águas profundas na costa de Angola têm um desenvolvimento muito caro, e a indústria precisa de preços entre 60 a 80 dólares por barril “para a operação fazer sentido”, disse Lavergne.

O preço do barril de petróleo ‘Brent’ está nos 50 dólares por barril, menos de metade do pico do ano passado, e as previsões apontam para um ligeiro acréscimo de preço no próximo ano.

As novas normas sobre as emissões o desperdício, aliadas aos preços baratos, significam que algumas companhias estão a pensar em sair do país, que se tornou o mais recente membro da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), em 2007, disse o diretor da câmara de comércio Estados Unidos – Angola, Pedro Godinho.

“Há muitas petrolíferas que estão a ponderar sair do país se o cenário mundial não mudar”, disse o responsável durante o evento em que participou também o diretor da Total em Angola.

“A solução para a quebra nas receitas fiscais e dificuldades orçamentais não é matar a galinha que põe os ovos de ouro”, conclui Pedro Godinho.

/Lusa

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Apesar de “O preço do barril de petróleo ‘Brent’ está nos 50 dólares por barril, menos de metade do pico do ano passado” continuamos a pagar o mesmo…

    • Não sabia que compravas petróleo… e em dólares…
      A ignorância é uma das principais razões para os problemas no mundo…
      Se calhar, antes de escreveres asneiras, seria preferível usar a Internet para te informares melhor!

  2. Se a quadrilha não usasse o dinheiro do petróleo em proveito próprio, desde o presidente, as filhas, os generais, etc. possivelmente haveria dinheiro para investir na indústria petrolífera, nas infraestruturas, na saúde , na educação, etc. Portugal é que vai perder pela baixa dos investimentos da quadrilha. ACORDA POVO ANGOLANO. Resolve o problema, correndo com eles. JÁ ONTEM ERA TARDE.

  3. Quem se mete em negócios com os angolanos, já deveria saber o que os espera!…
    Se o clã mafioso que governa Angola (provavelmente o pais mais corrupto do mudo!) fica com o dinheiro todo de um país (para depois viver “à grande e à francesa” e comprar negócios um pouco por todo o mundo – enquanto o povo vive estupidificado em favelas), depois claro que, quando a receita baixa, começam os problemas…
    Claro que as grandes multinacionais são cúmplices do regime, por isso, não se podem queixar… aliás, até é muito bem feito – haviam de ficar sem NADA!!
    Só estão o ajudar o regime a roubar o país!!…
    A SONAE é que já se apercebeu com quem se meteu, e que, se calhar, mas vale parar já e perder o que já foi investido, do que continuar e depois ficar sem nada, como aconteceu com a PT, etc…

  4. Ó EU, com que então está tudo explicado. A enormíssima desvalorização do Euro em relação ao Dólar justifica uma ligeiríssima diferença entre o valor da matéria prima e o preço final dos combustíveis! Mas ‎será que umas das principais ‎ razões para os problemas no mundo é mesmo a ignorância ou será antes a ganância. Gostava que alguém me fizesse as contas (eu sou um ignorante) e que me comprovasse que a desvalorização do Euro mesmo acrescida do aumento do ISP e IVA é proporcional à diferença entre o valor do barril de petróleo/brent e o preço dos combustiveis. Eu não tenho a memória assim tão curta e ainda sou do tempo em que o petróleo custava 150 USD e o litro do diesel 1,47€, agora, estamos com o primeiro a 50 USD e segundo a 1,2€. A diferença, de facto, é mínima!!!

  5. Por cá tem tiver dúvidas poderá marcar umas entrevistas com o camarada Jerónimo e certamente este esclarecerá toda esta confusão sobretudo a de algumas cabecinhas andarem a pensar por aí que os comunas seriam capazes de meter a mão naquilo que não lhes pertence.

  6. ”…Angola ultrapassou pela primeira vez a Nigéria enquanto maior produtora subsariana, tendo bombeado 1,77 milhões de barris por ano, contra 1,9 milhões da Nigéria” —> Angola ultrapassou a Nigéria?!

    • Deve ser do novo acordo ortográfico… Agora 1,77 ou 1,66 é mais do que 1,9.
      Mas temos de dar um desconto à IGNORÂNCIA DOS JORNALISTAS… e são tantas as barbaridades que por aqui se lêem.
      O meu filho de 10 anos pode explicar-lhes umas coisas.

RESPONDER

Portugal volta a bater recorde de infeções: mais 4.224 casos nas últimas 24 horas

Portugal voltou a bater o recorde de infeções diárias esta quinta-feira. Nas últimas 24 horas, registaram-se mais 4.224 casos positivos em todo o país. Dia após dia, Portugal continua a bater recordes de infeções diárias. Nas …

Depois do novo confinamento, França estende uso obrigatório de máscara nas escolas às crianças de 6 anos

O uso de máscara na escola em França será estendido na próxima semana às crianças a partir dos seis anos, anunciou esta quinta-feira o primeiro-ministro francês, Jean Castex, um dia após o anúncio de novo …

"A lei não pode exigir esse tipo de heroísmo". Presidente polaco recua na oposição ao aborto

O Presidente da Polónia defendeu esta quinta-feira que as próprias mulheres deveriam ter o direito de abortar em caso de fetos com problemas congénitos, rompendo com a liderança conservadora, que apoiou uma proibição que levou …

Advogados ligados à PLMJ contestam interesse público de revelações de Rui Pinto

A invocação de interesse público dos documentos e das informações expostas por Rui Pinto na Internet foi contestada, esta quarta-feira, por advogados ligados à sociedade PLMJ, na 18.ª sessão do julgamento do processo "Football Leaks". Na …

Microempresas do turismo do Norte com maior adesão a apoios

As microempresas de turismo do Norte foram as que mais dinheiro receberam da linha de apoio à tesouraria criada em resposta ao impacto da pandemia nesse setor, ficando com 29,3% (15,3 milhões de euros) do …

Migrantes marroquinos "desesperados e assustados" em greve de fome. Entre eles está uma mulher grávida

Seis dos migrantes marroquinos que chegaram ilegalmente em setembro estiveram em greve de fome, entre os quais uma grávida. Dizem não serem autorizados a falar com as famílias há mais de 40 dias. O protesto é …

TAP precisa de mais de 100 milhões por mês até final de 2020

O Plano de Tesouraria da TAP para 2020 revela que a empresa precisa, em média, mais de 100 milhões de euros por mês até ao final do ano para suprir as necessidades de liquidez. De acordo …

Fafe declara estado de emergência municipal devido à "rapidez" da propagação da covid-19

O concelho de Fafe está em estado de emergência municipal devido à “evolução grande” do número de infetados com o novo coronavírus e à “rapidez” da propagação, anunciou o presidente da Câmara. Em vídeo publicado nas …

Ameaça iminente. FBI alerta que hackers vão atacar sistema de saúde dos Estados Unidos

O Departamento Federal de Investigação (FBI) e duas agências federais anunciaram que cibercriminosos estão a desencadear um grande ataque de resgate contra o sistema de saúde dos Estados Unidos. Num alerta conjunto, o FBI e duas …

Multidão para ver ondas gigantes na Nazaré. Câmara corta acesso ao Farol

A Câmara e a Capitania da Nazaré decidiram cortar o acesso pedonal à estrada do Farol, para conter a excessiva concentração de público que assiste às ondas gigantes e garantir condições de segurança, informou o …