Tomar banho todos os dias pode ser prejudicial

Tomar banho todos os dias é considerado um hábito básico de higiene que devia ser seguido por todas as pessoas, certo? Segundo especialistas americanos, não é bem assim.

Em vez de colaborar para a redução de infeções, banhar-se diariamente pode, na verdade, aumentar esse risco.

De acordo com Elaine Larson, especialista em doenças infeciosas da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, em entrevista ao Daily Mail, banhos excessivos podem reduzir a hidratação da pele, fazendo com que fique seca e rachada, facilitando a entrada de germes causadores de doenças.

Além disso, a chuveirada diária remove os óleos naturais da pele, o que pode reduzir o número de bactérias saudáveis, vírus e outros micro-organismos que vivem dentro do nosso corpo e apoiam o funcionamento do sistema imunológico.

Exemplo dos índios da Amazónia

Baseando-se em observações feitas em índios de aldeias remotas da Amazónia, investigadores da Universidade de Utah, também nos Estados Unidos, descobriram que a população tinha a maior diversidade de bactérias e funções genéticas alguma vez relatadas num grupo humano, já que não se higienizavam todos os dias.

Segundo os resultados do estudo, ao contrário dos aldeões amazónicos, os ocidentais são excessivamente limpos, o que afecta suas populações de micróbios e, consequentemente, sua saúde.

Para evitar a perda desses organismos que executam funções importantes no corpo humano, o dermatologista americano C. Brandon Mitchell dá um conselho radical: banho apenas uma ou duas vezes por semana. “Banhos diários não são necessários”, disse o dermatologista à revista Time.

Contradições

Segundo o ‘Daily Mail’, porém, uma outra pesquisa, realizada no Reino Unido, aconselha a limpeza diária – porque, de acordo com os resultados do estudo, um indivíduo que trabalhe em frente a um computador, por exemplo, pode entrar em contacto com 10 milhões de bactérias, que podem causar doenças como gripes e constipações.

Para efeito de comparação, esse número é 400 vezes maior do que a quantidade média de de bactérias encontradas numa sanita.

Estas bactérias podem ser encontradas em objectos de uso comum, como telemóveis, teclados e ratos. Os especialistas recomendam assim que as pessoas desinfectem o seu posto de trabalho com frequência.

“As bactérias e vírus podem multiplicar-se em superfícies duras, permanecendo infecciosas até 24 horas”, explica Lisa Ackerley, especialista em higiene e professora da Universidade de Salford, em Inglaterra.

Medidas melhores de limpeza e higiene, incluindo banhos diários, também ajudam a reduzir as doenças adquiridas no ambiente de trabalho.

ZAP // Move

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Os animais não tomam banho e andam por aí como sempre andaram à milhares de anos. Talvez a solução para este estudo sejam os banhos de perfume…

Detetadas "partículas fantasma" de radioatividade nas profundezas da Terra

Recorrendo ao detetor Borexino, do laboratório italiano de Gran Sasso, cientistas conseguiram encontrar "partículas fantasma" oriundas das profundezas da Terra. Estas estranhas partículas, monitorizadas pela comunidade científica desde meados de 2007, conta o britânico The …

Uma anã branca "ressuscitou" para devorar a sua companheira mais fraca

Os astrónomos detetaram uma explosão de uma "estrela vampira" em dados colhidos acidentalmente pelo telescópio espacial Kepler. Este fenómeno é um dos eventos mais raros de novas - explosões nuclear cataclísmica numa estrela. As novas ocorrem …

Sporting CP 1-0 Marítimo | Borja dispara rumo ao pódio

O Sporting sofreu, mas levou a “água ao seu moinho”. Na recepção ao um Marítimo consistente, mas pouco perigoso, o “leão” venceu por 1-0, numa partida com poucas ocasiões de golo, mas com domínio claro …

Reino Unido vai tornar públicos registos de avistamentos de OVNIs

A Força Aérea britânica vai disponibilizar todos os documentos sobre os avistamentos de OVNIs online. Até então, os registos eram mantido sob segredo. A Força Aérea Real do Reino Unido decidiu tornar públicos os registos de …

Sobreviventes a um cancro na infância têm maior probabilidade de vir a ter outro

Sobreviventes a um cancro têm uma maior probabilidade cinco vezes maior de vir a ter outro em comparação com a população em geral. O risco vai diminuindo ao longo do tempo desde o primeiro diagnóstico. Pessoas …

Lineker: "Se pusessem a minha equipa de 1990 a jogar contra uma moderna, seríamos assassinados"

"Se pusessem a minha equipa de 1990 a jogar contra uma moderna, seríamos assassinados", disse Gary Lineker, antigo internacional inglês, que agora é comentador da BBC. Em entrevista ao The Guardian, o antigo avançado da seleção …

Bater com um cutelo e espezinhar. A massagem que promete livrar de todas as dores

Santiago Terrases oferece uma massagem única, na qual calca as pessoas com os pés e bate-lhes com um cutelo. O norte-americano garante que consegue tirar todas as dores. No estado de Nevada, nos Estados Unidos, está …

"Choveram" propostas de empréstimo por Marega

O emblema portista recebeu vários proposta de empréstimo por Moussa Marega, mas acabou por as rejeitar. O FC Porto apenas abre mão do jogador caso seja paga a cláusula de rescisão. A imprensa francesa avança esta …

Crise de saúde mental nos jovens. Há um sexo mais em risco do que o outro

O uso regular de redes sociais pode afetar a saúde mental dos jovens. No entanto, os seus efeitos podem-se manifestar mais drasticamente em raparigas do que em rapazes. Desde 2010, as taxas de depressão, automutilação e …

PS quer limitar "vistos Gold" aos municípios do interior e às regiões autónomas

O PS entregou hoje uma proposta de alteração ao Orçamento em que limita a concessão dos "vistos Gold" a investimentos feitos por estrangeiros em municípios do interior ou nas regiões autónomas dos Açores e da …