Tiroteio em escola na Nazaré faz um morto

Uma rixa entre familiares com recurso a arma de fogo e arma branca provocou um morto no interior do estabelecimento.

A informação está a ser avançada pela TVI24 que adianta que, dentro da Escola Básica 2,3 de Amadeu Gaudêncio, na Nazaré, aconteceu uma troca de tiros.

Por volta das 10 horas, os familiares de um dos alunos entraram na escola e dispararam, havendo, além disso, agressões com recurso a uma arma branca.

Os alunos presentes no estabelecimento de ensino terão entrado em pânico e ligado de imediato aos Encarregados de Educação para que pudessem sair do recinto escolar.

Os desacatos ocorreram entre familiares de alunos daquela escola, na Nazaré, Leiria, e fizeram um ferido grave, apurou a TVI junto de fonte do CDOS e do INEM.

O homem de cerca de 50 anos, foi transportado ao Hospital de Santo André, em Leiria, acabando por falecer.

Ao que a TVI apurou, o incidente ocorreu no pátio da escola e os alunos já estão a ser retirados do estabelecimento, depois de alguns terem ficado em estado choque. As aulas foram, entretanto, canceladas e a escola encerrada.

Segundo o Correio da Manhã, na origem dos desacatos terá estado um desentendimento entre familiares de um aluno do estabelecimento de ensino.

Uma das crianças que terá presenciado o momento em que a rixa aconteceu explicou que a vítima dos disparos será o avô de um menino que frequenta a escola, e o autor será o pai dessa mesma criança.

“O pai de um amigo meu deu um tiro ao avô dele. Ele tinha ordem para não ver o filho mas queria ver o filho. Trouxe uma pistola e ouvi dizer que também trouxe uma faca“, revelou.

O Jornal de Notícias, por sua vez, avança que o pai se dirigiu à escola depois de ter autorização do tribunal para ver o filho. Ao saberem disso, a mãe e o avô materno da criança foram ter ao local, onde os confrontos acabaram por ser desencadeados.

O avô do rapaz, de 52 anos, foi agredido com uma facada pelo homem e, ao tentar defender-se, acabou por ser atingido por quatro tiros.

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

    • E se estivesse calado. Olhe que m**** de comentário o seu mais despropositado. “Não há qualquer tipo de prevenção para estas situações”???!!!! E para os seus comentários? Há algum tipo de prevenção?

  1. Mais casos destes irão surgir cada vez com mais frequência porque por um lado as pessoas estão cada vez mais divorciadas dos seus deveres e por outro lado pouco ou nada preparadas cívica-mente espezinhando o direito dos outros acabando como este caso em guerra, por outro lado também as decisões dos juízes geram muitas vezes mais conflitos ainda em vez de os sanar.

  2. @José Correia
    Não é nada estranho, há pessoas assim! Gente casmurra que gosta de ficar falencendo em todo o lado.
    É muito falecer.

  3. Mas porque raio não dizem que foram elementos da “raça” protegida, leia-se CIGANOS!!
    Cada vez eles ganham mais poder pois o estado tem medo e está refém das pseudo instituições que só os defendem…

    • Vários órgãos de comunicação social referiram (e bem) que eram ciganos!
      Qualquer jornalista que se preze, perante a gravide da situação, tem mais do que obrigação de fazer referência à etnia dos envolvidos, principalmente porque essa etnia não prima pela educação/civismo e normalmente só sabem resolver as situações com recurso a violência!!
      Tudo que seja criminalidade que envolva “minorias”, essa minoria deve ser referida, para sociedade civil ter uma noção do que realmente se passa (e para eles saberem que o resto da população sabe o que eles fazem)!!

  4. Decisões dos juízes no seu melhor.
    Além disso continuamos a defender as minorias, aí está o resultado.
    O Estado tem medo de tomar decisões quando estes assuntos vêm à baila para não ofender os protectores dos animais (de duas e de quatro patas), portanto não tem que ficar admirados, colhem o que semeiam e muitos mais casos há dos quais não temos conhecimento.
    Mais grave, estas minorias, continuam a viver à custa dos contribuintes.
    Para alguns comentadores patetas desta praça o meu recado; Deixem-se de tretas, analisem os assuntos como devem ser analisados, comentem com racionalidade e sem ofensas mútuas, mantendo o nível que, acredito, é o que o ZAP pretende.
    Salvo raras excepções e desde que me conheço, posso afirmar que nunca nenhum governo tomou verdadeiramente o assunto das minorias como uma questão que deve ser bem analisada.
    Mais fácil é dar-lhes mais protecção, subsídios e garantias, sem que em contrapartida exija responsabilidade, o Zé Povinho que pague isso tudo.
    Vamos aos acampamentos ciganos e o que vemos?, saque da água, saque da electricidade, entra-se em qualquer repartição do Estado e os ciganos passam à frente sem respeito pelas pessoas que estão à espera da sua vez e quem deve zelar pelo nosso bem estar, são pagos para isso, nada faz, assobiam para o lado como se estas coisas fossem as mais naturais do mundo.
    Essa etnia vive e sempre viveu com uma noção de impunidade que brada aos céus e ofende o comum dos mortais.
    Mas para os Blocos e Pcs está tudo na maior.

RESPONDER

As crianças têm dez vezes mais micro-plásticos nas fezes do que os adultos

Uma equipa de cientistas da Universidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, usou espectrometria de massa para medir os níveis de micro-plásticos compostos de policarbonato (PC) e de polietileno tereftalato (PET) presentes nas fezes crianças …

MIT desenvolve mão robótica insuflável (que devolve o tato aos amputados)

Apesar de haver membros biónicos altamente articulados, concebidos para detetar os sinais musculares residuais e imitar roboticamente os seus movimentos pretendidos, a destreza de alta tecnologia tem um custo muito alto. Recentemente, engenheiros do Massachusetts Institute …

É agora possível os robôs mexerem-se sozinhos, graças a novos polímeros de alta energia

Através do uso de novos polímeros que armazenam mais energia e são depois aquecidos, investigadores da Universidade de Stanford conseguiram colocar manequins a mexer os braços sozinhos. Era ver robots a mexer os braços sozinhos, pelo …

"Poço do Inferno". Espeleólogos encontram serpentes, mas não demónios

No deserto da província de Al-Mahra, no leste do país, um buraco redondo e escuro de 30 metros de largura serve de entrada para uma caverna de cerca de 112 metros. Uma maravilha natural que …

Vitória SC 1-3 Benfica | “Águia” passa tranquila em Guimarães e continua a voar no topo

Naquele que era apontado como o mais duro teste à sua liderança até ao momento, o Benfica passou com relativa tranquilidade em Guimarães. Frente a um Vitória que tentou discutir o jogo de igual para igual …

Fazer umas calças de ganga exige 10 mil litros de água. Dez marcas estão a criar jeans sustentáveis

As calças de ganga são das peças de vestuário com piores impactos para o ambiente, mas há marcas que estão a apostar na sustentabilidade como um factor atractivo para os consumidores. Estão sempre na moda e …

"Guerra das matrículas" faz escalar tensão entre Sérvia e Kosovo

Esta semana, a fronteira entre o norte do Kosovo e a Sérvia esteve bloqueada por protestos de elementos da etnia sérvia, que não aceitam a decisão do governo kosovar, de etnia albanesa, de proibir a …

Num golpe de "fake it until you make it", Hong Kong vai a eleições a saber o vencedor

Hong Kong prepara-se para as primeiras eleições legislativas após as mudanças no sistema eleitoral implementadas pela China para garantir a vitória dos seus aliados. Aos olhares mais desatentos, as eleições em Hong Kong são mais um …

Stefano Pioli propõe regra de basquetebol que contribui para um "futebol de ataque"

O treinador do Milan, Stefano Pioli, propõe uma alteração nas regras do futebol que promete revolucionar o desporto rei. De forma semelhante ao basquetebol, uma vez dentro do meio campo adversário, as equipas não poderiam voltar …

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …