/

#FrozenHoney: A nova tendência do Tik Tok é comer mel congelado (mas há vários perigos)

Comer mel congelado é a nova tendência da rede social TikTok. Os jovens congelam o mel dentro de uma garrafa de plástico, para que fique em forma de cilindro, e depois é só apertar. Contudo, vários especialistas alertam para os perigos.

A hashtag “#FrozenHoney” já foi vista mais de 600 milhões de vezes, a hashtag “#frozenhoneytrend” mais de 155 milhões de vezes e a hashtag “#FrozenHoneyChallenge” mais de 84 milhões de vezes. No entanto, não está claro de que forma é que essa tendência a viralizou na rede social.

https://twitter.com/tiktokmy/status/1420308049051459592

À primeira vista comer mel congelado não parece ter nada de errado, porém vários especialistas estão preocupados com as repercussões para a saúde de lamber grandes quantidades deste produto.

“Acredita-se que não haja grandes problemas em adultos, mas uma dose elevada pode ser problemática”, refere Lisa Young, professora de nutrição da Escola Steinhardt da Universidade de Nova Iorque, à NBC News.

Também vários nutricionistas e dentistas estão a alertar contra a tendência, enfatizando que o consumo de grandes quantidades de mel congelado pode causar problemas digestivos, cáries dentárias e outros problemas de saúde.

“O mel é um adoçante natural e traz muitos benefícios à saúde, mas o mel mantido a uma temperatura de aproximadamente 4 graus negativos pode causar problemas como inchaço e diarreia”, disse a especialista em bem-estar Neeha Nagpal ao jornal The Independent.

Algumas pessoas que fizeram a experiência referiram que acabaram por ficar maldispostas ou doentes da barriga. Outros utilizadores da rede social admitiram que tiveram mesmo de fazer uma lavagem ao estômago.

“O mel não processado contém esporos e bactérias que podem causar distúrbios neurológicos e doenças gastrointestinais”, alerta a nutricionista Pooja Thacker, ao jornal Indian Express, acrescentando que “não é recomendado para pacientes diabéticos e intolerantes à frutose”.

  ZAP //

 

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.