Tigre siberiano libertado por Putin suspeito de matar cabras na China

Jedimentat44 / Flickr

-

Ustin, um dos tigres libertados pelo Presidente russo, Vladimir Putin, que decidiu atravessar a fronteira e “emigrar” para a China, é suspeito de ter matado mais de uma dezena de cabras, informa hoje a agência oficial chinesa.

O mais recente ataque ocorreu na terça-feira, onde dois caprinos morreram e três outros desapareceram no mesmo local, na ilha Heixiazi, no condado de Fuyuan, no nordeste da província chinesa de Heilongjiang, escreve a Xinhua, citando fontes locais.

A quinta localiza-se naquela ilha do rio Amur, fronteiriço com os dois países, e os vestígios, como pegadas deixadas no lugar após a matança, apontam que foi Ustin o autor, assinalaram especialistas em tigres siberianos citados pela agência chinesa.

Guo Yulin, dono da quinta, mostrou-se preocupado com a presença do tigre e estava ocupado a remover os cadáveres, refere a Xinhua, indicando que autoridades locais prometeram compensá-lo pelas suas perdas – um total de 18 cabras em dois ataques. Para evitar uma terceira investida, o departamento instou Guo a relocalizar os caprinos ou a reforçar a segurança da sua propriedade.

A imprensa chinesa segue há semanas com grande atenção as peripécias de Ustin e Kuzya, os dois “tigres de Putin” que deambulam em território chinês, onde “chegaram” no mês passado.

Face à expetativa causada, as autoridades pediram aos residentes da ilha para se manterem longe do felino e não lhe darem comida caso o avistem.

Kuzya, o outro tigre, tentava na semana passada regressar a território russo, informou então a agência oficial chinesa.

Os tigres pertencem a um grupo de cinco crias encontradas há dois anos e que, após terem sido criados em cativeiro, foram colocados em liberdade, três dos quais numa cerimónia presidida por Putin no início do verão.

O facto de dois deles terem chegado à China foi motivo de muitos comentários nos meios de comunicação social, em que se brincava com a “deserção” dos felinos ligados ao chefe de Estado russo que, este mês, viajou para Pequim e falou sobre os felinos num encontro com o seu homólogo chinês Xi Jinping.

Estima-se que em todo o mundo existam apenas 600 tigres siberianos a viver em estado selvagem, a maioria na Rússia, e menos de 30 na China.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …