Há um enorme tesouro de diamantes escondido nas profundezas da Terra

Há toneladas de diamantes escondidos no interior da Terra, enterrados a mais de 160.000 metros abaixo da superfície, apurou um estudo científico realizado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), em parceria com várias Universidades dos EUA, do Reino Unido, da França, da Austrália e da China.

A investigação realizada por esta equipa internacional de cientistas apurou que pode haver mais de um quatrilião de toneladas de diamantes escondidos no interior da Terra.

Os minerais preciosos estão enterrados a mais de 160.000 metros abaixo da superfície, a uma distância impossível de alcançar para qualquer equipa de perfuração, encontrando-se espalhados pelas chamadas “rochas cratónicas“, isto é, “as secções mais antigas e mais imóveis da rocha que fica abaixo do centro da maioria das placas tectónicas continentais”, explica o MIT em comunicado.

Estas rochas têm a forma de “montanhas invertidas” e podem prolongar-se até profundidades de 322.000 metros através da crosta terrestre e até ao seu manto. As zonas mais profundas são conhecidas por “raízes” pelos geólogos.

O estudo publicado no jornal científico G3 – Geochemistry, Geophysics, Geosystems concluiu que entre 1 a 2 por cento das “rochas cratónicas” do manto da Terra são feitas de diamantes. Dada a sua extensão, está em causa algo como um quatrilião de toneladas de diamantes ou mil milhões de milhões (1.000.000.000.000.000).

“Não conseguimos chegar-lhes, mas há muito mais diamantes lá do que alguma vez tínhamos pensado”, atesta o cientista Ulrich Faul, do Departamento das Ciências Atmosféricas, Planetárias e da Terra do MIT, citado no comunicado sobre o estudo.

As propriedades especiais do diamante

Os investigadores chegaram à descoberta depois de terem detectado uma anomalia nos dados sísmicos em registos feitos, ao longo de décadas, das ondas de som que se sentem através da Terra no seguimento de sismos, tsunamis e explosões.

Estas ondas de som servem para determinar onde é que um terramoto teve origem e também podem ser usadas para “construir uma imagem de como será o interior da Terra”, frisa o MIT.

“As ondas de som movem-se a várias velocidades através da Terra, dependendo da temperatura, da densidade e da composição das rochas pelas quais viajam”, acrescenta o comunicado da entidade.

Analisando esta relação entre “a velocidade sísmica e a composição da rocha”, os investigadores conseguiram definir uma estimativa dos tipos de rochas que compõem a crosta terrestre e partes do manto da Terra (ou litosfera). E foi assim que detectaram a anomalia nos dados sísmicos.

Para identificar a composição das rochas cratónicas que poderiam explicar as anomalias detectadas, os cientistas criaram rochas virtuais compostas por diferentes combinações de minerais.

Calcularam então a velocidade das ondas de som em cada uma dessas rochas virtuais e concluíram que só um tipo de rocha poderia provocar as anomalias verificadas, e é uma rocha constituída por 1 a 2 por cento de diamantes, por peridotito e por pequenas quantidades de eclogitos.

“O diamante, de muitas formas, é especial. Uma das suas propriedades especiais é que a velocidade do som no diamante é mais de duas vezes mais rápida que no mineral dominante nas rochas do manto superior, a olivina”, constata Faul.

Por se tratar de uma percentagem tão pequena de diamantes, não afecta a densidade das rochas cratónicas que “são como pedaços de madeira a flutuarem na água“, refere Faul. “São um pouco menos densas do que o seu entorno, por isso não são subduzidas” – ou seja, não se afundam -, continuando “a flutuar à superfície”, explica o cientista.

“Por isso, descobrimos que só são precisos 1 a 2 por cento de diamantes para os cratões serem estáveis e não se afundarem”, conclui ainda o investigador.

A descoberta não é de todo surpreendente, já que “os diamantes são forjados no ambiente de altas pressões e altas temperaturas da Terra profunda e só chegam à superfície através de erupções vulcânicas que ocorrem a cada poucas dezenas de milhões de anos”, nota o MIT.

Estas erupções criam “tubos” geológicos feitos de kimberlite, um tipo de rocha, através dos quais são expelidos os diamantes e o magma das profundezas da terra.

SV, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Conselho da Europa teme que polícia de Malta tenha “recusado provas” no caso da jornalista assassinada

Daphne Galizia era jornalista, acompanhava casos de corrupção no país e foi assassinada há dois anos. Pieter Omtzigt, relator do Conselho da Europa responsável pelo caso, diz que a abordagem da polícia e dos …

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …

Operação Éter. Hermínio Loureiro entre as dezenas de autarcas arguidos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, está entre as dezenas de atuais e antigos autarcas que foram constituídos arguidos no âmbito da Operação Éter. Este processo levou à prisão preventiva do antigo presidente …

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …

Estratégia prevê rede de bancos de leite materno e revisão das licenças para amamentar

A ENALCP apresentada esta quarta-feira prevê a criação de uma rede nacional de bancos de leite materno e a revisão dos diretos de parentalidade. Ambientes favoráveis deverão ser também revistos. A Estratégia Nacional para a Alimentação …

DGS aconselha grávidas e bebés vegetarianos a tomarem suplementos

A Direção-geral da Saúde recomenda suplementos de vitaminas e minerais para bebés e grávidas com alimentação vegetariana e lembra que a dieta não omnívora no primeiro ano de vida deve estar sempre sob supervisão médica. "A …