Terapia do sono é mais eficaz do que comprimidos para dormir

Muitas pessoas têm problemas de sono e confiam em comprimidos para dormir, como benzodiazepínicos, para conseguir adormecer. Um grupo de cientistas do sono defende que procurar tratamento psicológico pode ser uma solução mais eficaz.

Embora os utilizadores de benzodiazepinas – também designadas por tranquilizantes e ansiolíticos – estejam a diminuir em alguns países europeus, o número ainda é muito alto.

“O recurso a fármacos no tratamento de problemas gerais de sono não nos deixa muito animados. Acreditamos que só devem ser usados durante um curto período e por muito poucas pessoas – certamente não os 6% a 8% que estão atualmente a ser tratados na Dinamarca, por exemplo”, afirma Poul Jennum, professor do Centro Dinamarquês para a Medicina do Sono e do Departamento de Clínica Médica da Universidade de Copenhaga, ao Science Nordic.

Jennum lidera um grupo de investigadores do sono que têm revisto de forma exaustiva toda a investigação existente no tratamento de problemas de sono. Os especialistas apresentaram a suas conclusões e recomendações num relatório divulgado recentemente pelo Conselho Dinamarquês de Saúde e Prevenção das Doença.

Comprimidos para dormir têm efeitos colaterais graves

O relatório condena os medicamentos para dormir, enquanto destaca os tratamentos psicológicos como uma alternativa mais saudável e igualmente eficaz.

“Os comprimidos para dormir não são extremamente eficazes. Embora lhe permita dormir mais, não é uma cura. Você vai sofrer os mesmos problemas de sono no momento em que parar de tomar os comprimidos “, explica ao Science Nordic Bobby Zachariae, professor de Psicologia da Saúde na Universidade de Aarhus e da Divisão de Cancro do Hospital Universitário de Aarhus, na Dinamarca.

Outro problema com as benzodiazepinas são os inúmeros efeitos secundários. Por exemplo, ao longo do tempo, pode desenvolver uma tolerância aos comprimidos que os torna menos eficazes, enquanto ao mesmo tempo começa a tornar-se física e psicologicamente dependente.

A medicação afeta a memória, a concentração e as capacidades motoras, e os pacientes que tomam comprimidos podem tornar-se sonolentos e apáticos durante o dia. Além disso, suspeita-se que os comprimidos para o sono aumentem o risco de desenvolver demência, mais tarde, e alguns estudos ligam mesmo esta medicação a taxas elevadas de mortalidade.

“Não há nada de errado em tomar comprimidos de vez em quando, mas é mesmo uma péssima ideia recorrer a pílulas para dormir todos os dias”, afirma Zachariae.

Psicologia é mais eficaz a longo prazo

O conselho dos investigadores é que os comprimidos para dormir sejam usados apenas nos casos em que o tratamento psicológico não é suficiente – e os estudos mostram que estes tratamentos resultam na maioria dos casos, e são a melhor alternativa em particular numa perspetiva de longo prazo.

O tratamento psicológico é, pelo menos, tão eficaz como os medicamentos, mas sem os efeitos colaterais e as consequências adversas”, afirma Bobby Zachariae.

“O tratamento farmacológico tem um efeito imediato, da mesma magnitude da terapia cognitiva, mas os seus efeitos vão-se reduzindo à medida que se adapta ao tratamento. Deste ponto de vista, a terapia cognitiva é superior aos medicamentos”, afirma Poul Jennum.

O relatório aponta mesmo que 82% dos pacientes preferem ser tratados por um psicólogo do que tomar medicamentos, mas ainda assim a terapia de sono não é um recurso muito comum, provavelmente porque a maioria dos pacientes ainda é aconselhada pelos médicos a tomar remédios em vez de ir ao psicólogo.

Na Dinamarca, onde o estudo foi promovido, a explicação reside no facto do sistema público de saúde não oferecer terapia de sono como recurso, além de não haver ainda muitos profissionais especializados na área.

Uma alternativa poderia estar na autoajuda, desde o recurso a livros até podcasts com instruções. Por outro lado, o tratamento psicológico pode também ser desenvolvido através da Internet. Os recursos existentes, apesar de dispersos, têm tido bons resultados, de acordo com o Science Nordic.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Diminuam o stress a que as pessoas são submetidas diariamente pelos patrões desse mundo fora e muita gente continuará a desempenhar o seu trabalho ainda melhor e os problemas de sono desaparecem bem como outros mais!

  2. Bem fácil, vocês não tem vergonha de falar de algo tão sério que é a insônia crônica e mandar fazer terapia…? Me mandem 10 relatos de pessoas que sofreram anos com insônia e foram curadas por solução psicológica. FRAUDE!

O Ciclo Solar 25 vai afetar a vida na Terra (e a NASA explica como)

A cada 11 anos, o Sol inicia um novo ciclo solar, marcado por períodos de violentas erupções e explosões magnéticas. Em dezembro de 2019, teve início um novo ciclo solar. Na semana passada, a NASA e …

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …

Os três segredos para ter um bom sistema imunológico são gratuitos, avisa Fauci

Manter o sistema imunológico saudável é um dos fatores-chave para lidar com a covid-19, o que não implica necessariamente a toma de suplementos vitamínicos. Há uns tempos, quando confrontado com o facto de a atriz Jennifer …

Pinguim encontrado morto no Brasil com uma máscara inteira no estômago

Um espécime de pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foi encontrado morto numa popular praia brasileira e a autópsia ao corpo revelou que o animal tinha no seu estômago uma máscara de proteção facial N95. O animal foi …

Trump quer restabelecer sanções ao Irão. ONU rejeita apoiar posição norte-americana

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que somente apoiará a restituição de sanções ao Irão, exigidas pelos Estados Unidos (EUA), se receber luz verde do Conselho de Segurança. Numa carta dirigida …

Designer holandês desenvolve "caixão vivo" feito com fibras de fungos

Um corpo humano pode demorar cerca de uma década a decompor-se dentro de um caixão. Com o Living Cocoon, o tempo é reduzido para dois ou três anos. Bob Hendrikx, biodesigner fundador da Loop, desenvolveu e …