Terapia do sono é mais eficaz do que comprimidos para dormir

Muitas pessoas têm problemas de sono e confiam em comprimidos para dormir, como benzodiazepínicos, para conseguir adormecer. Um grupo de cientistas do sono defende que procurar tratamento psicológico pode ser uma solução mais eficaz.

Embora os utilizadores de benzodiazepinas – também designadas por tranquilizantes e ansiolíticos – estejam a diminuir em alguns países europeus, o número ainda é muito alto.

“O recurso a fármacos no tratamento de problemas gerais de sono não nos deixa muito animados. Acreditamos que só devem ser usados durante um curto período e por muito poucas pessoas – certamente não os 6% a 8% que estão atualmente a ser tratados na Dinamarca, por exemplo”, afirma Poul Jennum, professor do Centro Dinamarquês para a Medicina do Sono e do Departamento de Clínica Médica da Universidade de Copenhaga, ao Science Nordic.

Jennum lidera um grupo de investigadores do sono que têm revisto de forma exaustiva toda a investigação existente no tratamento de problemas de sono. Os especialistas apresentaram a suas conclusões e recomendações num relatório divulgado recentemente pelo Conselho Dinamarquês de Saúde e Prevenção das Doença.

Comprimidos para dormir têm efeitos colaterais graves

O relatório condena os medicamentos para dormir, enquanto destaca os tratamentos psicológicos como uma alternativa mais saudável e igualmente eficaz.

“Os comprimidos para dormir não são extremamente eficazes. Embora lhe permita dormir mais, não é uma cura. Você vai sofrer os mesmos problemas de sono no momento em que parar de tomar os comprimidos “, explica ao Science Nordic Bobby Zachariae, professor de Psicologia da Saúde na Universidade de Aarhus e da Divisão de Cancro do Hospital Universitário de Aarhus, na Dinamarca.

Outro problema com as benzodiazepinas são os inúmeros efeitos secundários. Por exemplo, ao longo do tempo, pode desenvolver uma tolerância aos comprimidos que os torna menos eficazes, enquanto ao mesmo tempo começa a tornar-se física e psicologicamente dependente.

A medicação afeta a memória, a concentração e as capacidades motoras, e os pacientes que tomam comprimidos podem tornar-se sonolentos e apáticos durante o dia. Além disso, suspeita-se que os comprimidos para o sono aumentem o risco de desenvolver demência, mais tarde, e alguns estudos ligam mesmo esta medicação a taxas elevadas de mortalidade.

“Não há nada de errado em tomar comprimidos de vez em quando, mas é mesmo uma péssima ideia recorrer a pílulas para dormir todos os dias”, afirma Zachariae.

Psicologia é mais eficaz a longo prazo

O conselho dos investigadores é que os comprimidos para dormir sejam usados apenas nos casos em que o tratamento psicológico não é suficiente – e os estudos mostram que estes tratamentos resultam na maioria dos casos, e são a melhor alternativa em particular numa perspetiva de longo prazo.

O tratamento psicológico é, pelo menos, tão eficaz como os medicamentos, mas sem os efeitos colaterais e as consequências adversas”, afirma Bobby Zachariae.

“O tratamento farmacológico tem um efeito imediato, da mesma magnitude da terapia cognitiva, mas os seus efeitos vão-se reduzindo à medida que se adapta ao tratamento. Deste ponto de vista, a terapia cognitiva é superior aos medicamentos”, afirma Poul Jennum.

O relatório aponta mesmo que 82% dos pacientes preferem ser tratados por um psicólogo do que tomar medicamentos, mas ainda assim a terapia de sono não é um recurso muito comum, provavelmente porque a maioria dos pacientes ainda é aconselhada pelos médicos a tomar remédios em vez de ir ao psicólogo.

Na Dinamarca, onde o estudo foi promovido, a explicação reside no facto do sistema público de saúde não oferecer terapia de sono como recurso, além de não haver ainda muitos profissionais especializados na área.

Uma alternativa poderia estar na autoajuda, desde o recurso a livros até podcasts com instruções. Por outro lado, o tratamento psicológico pode também ser desenvolvido através da Internet. Os recursos existentes, apesar de dispersos, têm tido bons resultados, de acordo com o Science Nordic.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Diminuam o stress a que as pessoas são submetidas diariamente pelos patrões desse mundo fora e muita gente continuará a desempenhar o seu trabalho ainda melhor e os problemas de sono desaparecem bem como outros mais!

  2. Bem fácil, vocês não tem vergonha de falar de algo tão sério que é a insônia crônica e mandar fazer terapia…? Me mandem 10 relatos de pessoas que sofreram anos com insônia e foram curadas por solução psicológica. FRAUDE!

RESPONDER

Acordo de Concertação prevê licenças e apoios fiscais à formação

Já se conhecem algumas das medidas previstas no Acordo de Formação Profissional e Qualificações, assinado ontem pelo governo, confederações patronais e UGT. O governo, as confederações patronais e a UGT assinaram, esta quarta-feira, o Acordo de …

Relatório do Novo Banco estilhaça PSD. Pinto Luz sai em defesa de Passos Coelho e critica Rui Rio

Esta quarta-feira, Miguel Pinto Luz, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais, deixou duras críticas ao atual líder do PSD depois de o partido ter aprovado o relatório que acusa o Governo de Pedro Passos Coelho …

Cientistas "encontraram" a válvula de Nikola Tesla nos intestinos de tubarões

Cientistas descobriram que os intestinos de tubarões funcionam de forma semelhante à famosa válvula unidirecional de Nikola Tesla, criada há mais de 100 anos. Pela primeira vez, cientistas fizeram exames 3D de intestinos de tubarão para …

Recolher obrigatório, limitação horária nos restaurantes e restrições por concelho podem acabar hoje

Na reunião de terça-feira no Infarmed, os peritos concluíram haver condições para começar a aliviar algumas das medidas restritivas em vigor. Em Conselhos de Ministros, que se irá realizar hoje, o Governo irá definir novas …

Alerta de tsunami no Alasca depois de sismo de magnitude 8.2

A península do Alasca, a oeste dos Estados Unidos, foi atingida por um sismo de magnitude 8.2 na noite de quarta-feira (7h15 de quinta-feira em Lisboa) e já foi lançado um alerta de tsunami na …

Conselho de Ministros reúne-se para discutir próximos passos no desconfinamento

O Conselho de Ministros reúne-se esta quinta-feira para decidir os próximos passos no processo de abertura do país, dois dias depois de especialistas terem sugerido a evolução das medidas de restrição de acordo com a …

Capacete magnético mostra-se eficaz na redução de tumor cerebral

O diagnóstico de um cancro é sempre complicado, mas há partes do corpo onde a presença da doença pode ser mais ameaçadora. É o caso do glioblastoma, um tipo de cancro cerebral, que se não …

Engenheiros japoneses fizeram levitar objectos com "armadilha acústica"

Engenheiros japoneses descobriram uma forma de fazer pequenos objectos levitar usando apenas ondas sonoras, o que pode ser um passo importante para a tecnologia. A engenharia biomédica, o desenvolvimento de farmacêuticos e a nanotecnologia podem vir …

Juno fez a maior aproximação a Ganimedes das duas últimas décadas (e as imagens são de cortar a respiração)

A NASA divulgou, recentemente, um vídeo da sonda Juno a passar por Júpiter e Ganimedes, uma das suas luas. As imagens são de cortar a respiração. Juno visitou Ganimedes em junho. As imagens foram captadas no …

Homicídio com 32 anos resolvido com a menor amostra de ADN de sempre

Um caso de homicídio ocorrido há 32 anos, que muitos consideraram impossível de ser resolvido, foi finalmente desvendado (e tudo graças à amostra de ADN mais pequena de sempre usada para decifrar um caso). De acordo …