Terapia do sono é mais eficaz do que comprimidos para dormir

Muitas pessoas têm problemas de sono e confiam em comprimidos para dormir, como benzodiazepínicos, para conseguir adormecer. Um grupo de cientistas do sono defende que procurar tratamento psicológico pode ser uma solução mais eficaz.

Embora os utilizadores de benzodiazepinas – também designadas por tranquilizantes e ansiolíticos – estejam a diminuir em alguns países europeus, o número ainda é muito alto.

“O recurso a fármacos no tratamento de problemas gerais de sono não nos deixa muito animados. Acreditamos que só devem ser usados durante um curto período e por muito poucas pessoas – certamente não os 6% a 8% que estão atualmente a ser tratados na Dinamarca, por exemplo”, afirma Poul Jennum, professor do Centro Dinamarquês para a Medicina do Sono e do Departamento de Clínica Médica da Universidade de Copenhaga, ao Science Nordic.

Jennum lidera um grupo de investigadores do sono que têm revisto de forma exaustiva toda a investigação existente no tratamento de problemas de sono. Os especialistas apresentaram a suas conclusões e recomendações num relatório divulgado recentemente pelo Conselho Dinamarquês de Saúde e Prevenção das Doença.

Comprimidos para dormir têm efeitos colaterais graves

O relatório condena os medicamentos para dormir, enquanto destaca os tratamentos psicológicos como uma alternativa mais saudável e igualmente eficaz.

“Os comprimidos para dormir não são extremamente eficazes. Embora lhe permita dormir mais, não é uma cura. Você vai sofrer os mesmos problemas de sono no momento em que parar de tomar os comprimidos “, explica ao Science Nordic Bobby Zachariae, professor de Psicologia da Saúde na Universidade de Aarhus e da Divisão de Cancro do Hospital Universitário de Aarhus, na Dinamarca.

Outro problema com as benzodiazepinas são os inúmeros efeitos secundários. Por exemplo, ao longo do tempo, pode desenvolver uma tolerância aos comprimidos que os torna menos eficazes, enquanto ao mesmo tempo começa a tornar-se física e psicologicamente dependente.

A medicação afeta a memória, a concentração e as capacidades motoras, e os pacientes que tomam comprimidos podem tornar-se sonolentos e apáticos durante o dia. Além disso, suspeita-se que os comprimidos para o sono aumentem o risco de desenvolver demência, mais tarde, e alguns estudos ligam mesmo esta medicação a taxas elevadas de mortalidade.

“Não há nada de errado em tomar comprimidos de vez em quando, mas é mesmo uma péssima ideia recorrer a pílulas para dormir todos os dias”, afirma Zachariae.

Psicologia é mais eficaz a longo prazo

O conselho dos investigadores é que os comprimidos para dormir sejam usados apenas nos casos em que o tratamento psicológico não é suficiente – e os estudos mostram que estes tratamentos resultam na maioria dos casos, e são a melhor alternativa em particular numa perspetiva de longo prazo.

O tratamento psicológico é, pelo menos, tão eficaz como os medicamentos, mas sem os efeitos colaterais e as consequências adversas”, afirma Bobby Zachariae.

“O tratamento farmacológico tem um efeito imediato, da mesma magnitude da terapia cognitiva, mas os seus efeitos vão-se reduzindo à medida que se adapta ao tratamento. Deste ponto de vista, a terapia cognitiva é superior aos medicamentos”, afirma Poul Jennum.

O relatório aponta mesmo que 82% dos pacientes preferem ser tratados por um psicólogo do que tomar medicamentos, mas ainda assim a terapia de sono não é um recurso muito comum, provavelmente porque a maioria dos pacientes ainda é aconselhada pelos médicos a tomar remédios em vez de ir ao psicólogo.

Na Dinamarca, onde o estudo foi promovido, a explicação reside no facto do sistema público de saúde não oferecer terapia de sono como recurso, além de não haver ainda muitos profissionais especializados na área.

Uma alternativa poderia estar na autoajuda, desde o recurso a livros até podcasts com instruções. Por outro lado, o tratamento psicológico pode também ser desenvolvido através da Internet. Os recursos existentes, apesar de dispersos, têm tido bons resultados, de acordo com o Science Nordic.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Diminuam o stress a que as pessoas são submetidas diariamente pelos patrões desse mundo fora e muita gente continuará a desempenhar o seu trabalho ainda melhor e os problemas de sono desaparecem bem como outros mais!

  2. Bem fácil, vocês não tem vergonha de falar de algo tão sério que é a insônia crônica e mandar fazer terapia…? Me mandem 10 relatos de pessoas que sofreram anos com insônia e foram curadas por solução psicológica. FRAUDE!

RESPONDER

Ex-diretor do FBI admite que houve "negligência" na investigação da ingerência russa

O ex-diretor do FBI James Comey admitiu este domingo que “verdadeiras negligências” foram cometidas pela polícia federal no início da investigação sobre a ingerência da Rússia nas eleições presidenciais de 2016 nos Estados Unidos. Donald Trump, …

"Alcochete sempre". Equipa do Sporting vaiada à chegada aos Açores

A comitiva do Sporting foi este domingo vaiada à chegada ao hotel em Ponta Delgada, nos Açores, na véspera do jogo contra o Santa Clara. "Alcochete sempre", gritou um grupo de cerca de 30 adeptos à …

Os seus genes não são o único fator que determina o risco de Alzheimer

O desenvolvimento da doença de Alzheimer não está exclusivamente ligado à genética, sugere um artigo científico publicado recentemente. No primeiro estudo publicado sobre a doença de Alzheimer em trigémeos idênticos, os cientistas descobriram que, apesar de …

"Poções do amor" podem tornar-se na solução para uma relação eterna

Numa verdadeira fusão entre ficção e realidade, as nossas relações amorosas podem vir a ser salvas por uma "poção do amor". A solução passa por se recorrer à manipulação química do amor para tentar que …

Há uma segunda população estelar no disco espesso da Via Láctea

As estrelas que compõem o disco espesso da Via Láctea pertencem a duas populações estelares distintas, com características diferentes. Um novo estudo sobre a composição cinemática e química de uma amostra de estrelas nas proximidades do …

Igrejas evangélicas cultivam violência doméstica ao defender a supremacia dos homens sobre as mulheres

O facto de a igreja evangélica defender que o homem deve controlar a mulher apenas agrava o problema de violência doméstica, justificando os atos dos homens. Jane (nome fictício) era membro da comunidade cristã evangélica da …

A Cidade do México está a pagar aos seus polícias para que percam peso

A Polícia da Cidade do México está a levar a cabo um programa para combater o excesso de peso e a obesidade no seu efetivo através de incentivos financeiros.  Ao todo, escreve a agência AFP que …

Há um novo método para medir buracos negros

Os buracos negros supermassivos são os maiores buracos negros, com massas que podem exceder mil milhões de sóis. Apenas esta primavera foi divulgada a primeira imagem do buraco negro supermassivo no centro da galáxia M87, …

E Tudo o Vento Levou… há 80 anos

E Tudo o Vento Levou celebra este domingo 80 anos de vida, marcando a data da sua estreia nos Estados Unidos. Oito décadas depois, o filme mantém-se como uma das maiores obras primas do cinema …

O problema impossível mais simples do mundo está a levar matemáticos à loucura

Matemáticos avisam os seus colegas para se manterem longe da conjetura de Collatz. No entanto, Terence Tao decidiu arriscar, e está muito perto de resolver aquele que muitos chamam de o problema impossível mais simples …