Terapia do sono é mais eficaz do que comprimidos para dormir

Muitas pessoas têm problemas de sono e confiam em comprimidos para dormir, como benzodiazepínicos, para conseguir adormecer. Um grupo de cientistas do sono defende que procurar tratamento psicológico pode ser uma solução mais eficaz.

Embora os utilizadores de benzodiazepinas – também designadas por tranquilizantes e ansiolíticos – estejam a diminuir em alguns países europeus, o número ainda é muito alto.

“O recurso a fármacos no tratamento de problemas gerais de sono não nos deixa muito animados. Acreditamos que só devem ser usados durante um curto período e por muito poucas pessoas – certamente não os 6% a 8% que estão atualmente a ser tratados na Dinamarca, por exemplo”, afirma Poul Jennum, professor do Centro Dinamarquês para a Medicina do Sono e do Departamento de Clínica Médica da Universidade de Copenhaga, ao Science Nordic.

Jennum lidera um grupo de investigadores do sono que têm revisto de forma exaustiva toda a investigação existente no tratamento de problemas de sono. Os especialistas apresentaram a suas conclusões e recomendações num relatório divulgado recentemente pelo Conselho Dinamarquês de Saúde e Prevenção das Doença.

Comprimidos para dormir têm efeitos colaterais graves

O relatório condena os medicamentos para dormir, enquanto destaca os tratamentos psicológicos como uma alternativa mais saudável e igualmente eficaz.

“Os comprimidos para dormir não são extremamente eficazes. Embora lhe permita dormir mais, não é uma cura. Você vai sofrer os mesmos problemas de sono no momento em que parar de tomar os comprimidos “, explica ao Science Nordic Bobby Zachariae, professor de Psicologia da Saúde na Universidade de Aarhus e da Divisão de Cancro do Hospital Universitário de Aarhus, na Dinamarca.

Outro problema com as benzodiazepinas são os inúmeros efeitos secundários. Por exemplo, ao longo do tempo, pode desenvolver uma tolerância aos comprimidos que os torna menos eficazes, enquanto ao mesmo tempo começa a tornar-se física e psicologicamente dependente.

A medicação afeta a memória, a concentração e as capacidades motoras, e os pacientes que tomam comprimidos podem tornar-se sonolentos e apáticos durante o dia. Além disso, suspeita-se que os comprimidos para o sono aumentem o risco de desenvolver demência, mais tarde, e alguns estudos ligam mesmo esta medicação a taxas elevadas de mortalidade.

“Não há nada de errado em tomar comprimidos de vez em quando, mas é mesmo uma péssima ideia recorrer a pílulas para dormir todos os dias”, afirma Zachariae.

Psicologia é mais eficaz a longo prazo

O conselho dos investigadores é que os comprimidos para dormir sejam usados apenas nos casos em que o tratamento psicológico não é suficiente – e os estudos mostram que estes tratamentos resultam na maioria dos casos, e são a melhor alternativa em particular numa perspetiva de longo prazo.

O tratamento psicológico é, pelo menos, tão eficaz como os medicamentos, mas sem os efeitos colaterais e as consequências adversas”, afirma Bobby Zachariae.

“O tratamento farmacológico tem um efeito imediato, da mesma magnitude da terapia cognitiva, mas os seus efeitos vão-se reduzindo à medida que se adapta ao tratamento. Deste ponto de vista, a terapia cognitiva é superior aos medicamentos”, afirma Poul Jennum.

O relatório aponta mesmo que 82% dos pacientes preferem ser tratados por um psicólogo do que tomar medicamentos, mas ainda assim a terapia de sono não é um recurso muito comum, provavelmente porque a maioria dos pacientes ainda é aconselhada pelos médicos a tomar remédios em vez de ir ao psicólogo.

Na Dinamarca, onde o estudo foi promovido, a explicação reside no facto do sistema público de saúde não oferecer terapia de sono como recurso, além de não haver ainda muitos profissionais especializados na área.

Uma alternativa poderia estar na autoajuda, desde o recurso a livros até podcasts com instruções. Por outro lado, o tratamento psicológico pode também ser desenvolvido através da Internet. Os recursos existentes, apesar de dispersos, têm tido bons resultados, de acordo com o Science Nordic.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Diminuam o stress a que as pessoas são submetidas diariamente pelos patrões desse mundo fora e muita gente continuará a desempenhar o seu trabalho ainda melhor e os problemas de sono desaparecem bem como outros mais!

  2. Bem fácil, vocês não tem vergonha de falar de algo tão sério que é a insônia crônica e mandar fazer terapia…? Me mandem 10 relatos de pessoas que sofreram anos com insônia e foram curadas por solução psicológica. FRAUDE!

RESPONDER

Diplomacia da vacina. Israel doa doses à República Checa, que prometeu abrir representação diplomática em Jerusalém

A República Checa, que prometeu abrir representação diplomática em Jerusalém, já recebeu as vacinas de Israel. De acordo com o Público, Israel doou vacinas à República Checa, que prometeu abrir uma representação diplomática em Jerusalém; à …

Há uma "grande probabilidade" de variante de Manaus se tornar dominante em Portugal, diz Sociedade Brasileira de Virologia

A variante do SARS-CoV-2 detetada em dezembro em Manaus, no Brasil, pode vir a tornar-se dominante em Portugal, disse o presidente da Sociedade Brasileira de Virologia, Flávio Guimarães da Fonseca, apesar de no momento ainda ser …

Voo humanitário para o Brasil chegou a custar mais de 1.350 euros

O Público avança que o bilhete de um "voo humanitário" da TAP para o Brasil estava a ser vendido por 837 euros no início desta terça-feira. Horas depois, os "últimos lugares" estavam a ser disponibilizados …

Afinal, grupo de trabalho para a vacinação no Parlamento não vai existir

Afinal, ao contrário do que foi avançado esta terça-feira, o grupo de trabalho que devia coordenar o processo de vacinação dos deputados não vai existir. A Assembleia da República esclareceu esta tarde, em comunicado, que não …

Novo estudo indica que coronavírus pode sobreviver na roupa até 72 horas

De acordo com um estudo britânico, o novo coronavírus pode sobreviver na roupa ao longo de até 72 horas. Os especialistas alertam que pode ainda ser transferido da roupa para outras superfícies. Um estudo da universidade …

Polícia espanhola apreende 387 quilos de cocaína em navio chegado do Brasil

A polícia espanhola apreendeu 387 quilos de cocaína no porto de Santa Cruz de Tenerife, nas ilhas Canárias, numa inspeção feita a um camião que viajava num navio chegado do Brasil. O Ministério do Interior (Administração …

SEF detém suspeito de auxiliar pessoas a emigrar ilegalmente para a Irlanda

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, na segunda-feira, um cidadão europeu por suspeitas da prática do crime de auxílio à imigração ilegal. O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, em Lisboa, um cidadão …

Afinal, primeira morte por covid-19 na Europa foi na Sérvia

Um trabalhador da construção civil morreu de covid-19 em fevereiro de 2020 em Belgrado, 10 dias antes de outra pessoa ter morrido em França, podendo ter sido afinal a primeira morte pela doença no continente, …

Vacina da Johnson & Johnson considerada eficaz pelos Estados Unidos

O regulador norte-americano, a Food and Drug Administration, aprovou a vacina produzida pela Johnson & Johnson para utilização de emergência em todo o país. A vacina de dose única da Johnson & Johnson contra a covid-19 …

Banco de Portugal alerta sobre investimento em Bitcoin e outras criptomoedas

O Banco de Portugal (BdP) lançou esta quarta-feira um novo aviso aos consumidores sobre os riscos relativos ao investimento em bitcoin e outras criptomoedas, devido à "recente volatilidade observada nos preços de determinados ativos virtuais". "Não …