Teme-se que a violência doméstica dispare depois dos incêndios da Califórnia

Elza Fiúza / ABr

Teme-se que os casos de violência doméstica disparem depois de os incêndios da Califórnia serem extintos, avança a revista norte-americana Vice, que ouviu responsáveis por espaços de abrigo para as vítimas.

Desastres naturais de grandes dimensões no passado dos Estados Unidos foram seguidos por uma “onda” de casos de violência doméstica e os especialistas alertam agora que o mesmo pode acontecer após os fogos da Califórnia, que já queimaram mais de 1,4 milhões de hectares na região e fizeram, pelo menos, 26 vítimas mortais.

Segundo a Vice, imediatamente após os incêndios florestais de 2018 na Califórnia, que ficaram conhecidos como Camp Fire, as linhas de apoio da organização sem fins lucrativos Catalyst Domestic Violence Services na cidade de Chico deixaram de receber chamadas.

Contudo, meses depois, quando já os incêndios deixaram de lavrar no estado norte-americano, os telefones do abrigo voltaram a tocar, registando-se um maior número de pedidos de abrigo, bem como mais sobreviventes a pedir ordens de restrição.

Todos estes números foram registados em níveis muito acima do normal.

“Aconteceu quase da noite para o dia (…) É como reiniciar o computador e todos os programas aparecerem de uma só vez”, disse Anastacia Snyder, diretora executiva da organização sem fins lucrativos, em declarações à Vice.

Mas este não foi caso único. Um ano antes de Camp Fire, chuvas torrenciais e as inundações resultantes no norte da Califórnia danificaram uma barragem nas proximidades. Quase 200.000 pessoas foram deslocadas na época e, alguns meses depois de a região se estabelecer, os telefones de Catalyst voltaram a tocar sem parar.

A Vice escreve ainda que este padrão – que associa grande desastres naturais a um grande aumento de casos de violência doméstica – repete-se e não é só com o abrigo de Catalyst.

Na província de Alberta (Canadá), os incêndios de maio de 2016 também obrigaram dezenas de pessoas a abandonarem as suas casas.

A diretora executiva do centro de  Waypoints, na região, disse à revista que já contava com um aumento de casos, uma vez que a sua equipa estava já ciente de uma ligação entre desastres naturais e abusos e, por isso, começaram desde cedo a prepara-se.

Estávamos prontos para um aumento de 300%“, disse Michele Taylor.

Especialistas e autoridades temem agora que o mesmo volte a acontecer na Califórnia.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Gestão do PRR faz tremer Governo dos Açores (que foi bombardeado por críticas)

O Governo dos Açores tem sido acusado de beneficiar empresas no acesso às verbas das Agendas Mobilizadores do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Esta polémica levou à marcação de um debate de urgência, que ficou …

Inédito na medicina. Rim de porco foi transplantado com sucesso num humano

Pela primeira vez na história, uma equipa médica conseguiu transplantar um rim de porco geneticamente modificado num humano. Foi uma experiência num paciente em morte cerebral, mas que abre portas à utilização de rins de …

Golo do FC Porto: como não assinalaram falta do Taremi?

Avançado do FC Porto desviou Ismaël Bennacer, no momento decisivo do FC Porto 1-0 AC Milan. Mas os portistas mereceram ganhar. Stefano Pioli admitiu que o FC Porto venceu o AC Milan (1-0), na terceira jornada …

Senado defende que Bolsonaro seja acusado de genocídio devido à sua gestão da pandemia

Um relatório do Senado brasileiro defende que o Presidente Jair Bolsonaro deve ser acusado de homicídio pela sua gestão da pandemia de covid-19 no país. O documento ainda pode ser alterado pelos senadores, pois só vai …

Dez anos depois, ainda há feridas por sarar. Sánchez promete não soltar presos da ETA em troca da aprovação do Orçamento

Num debate parlamentar com o Governo espanhol, Pablo Casado confrontou Pedro Sánchez sobre os acordos com os nacionalistas radicais bascos. Esta quarta-feira, quando questionado por Pablo Casado, presidente do Partido Popular (PP), sobre se iria libertar …

O treinador inglês de futebol, Steve Bruce.

Steve Bruce já não é treinador do Newcastle. Há dois portugueses na calha para o suceder

Steve Bruce deixou o comando técnico do Newcastle United, recentemente adquirido por um consórcio saudita. José Mourinho e Paulo Fonseca estão entre os possíveis sucessores. Está encontrada a primeira baixa do Newcastle após a aquisição saudita …

Entre reuniões falhadas, cresce o risco de chumbo do OE e de crise política

Depois de não ter sido alcançado um acordo nas reuniões de ontem, a possibilidade de uma crise política parece mais próxima que nunca. As mudanças na lei laboral exigidas por BE e PCP são os …

Quando Rui Pinto ainda era "John", Suíça pediu-lhe ajuda para investigar o presidente da FIFA

Em 2018, as autoridades suíças entraram em contacto com Rui Pinto para pedir a sua colaboração para investigar o presidente da FIFA, Gianni Infantino. Quando o projeto Football Leaks ainda era algo embrionário — embora já …

Liga dos Campeões: Dragão e Vodafone Park entre os estádios mais vazios

FC Porto-AC Milan ficou longe da lotação esgotada, enquanto o Beşiktaş-Sporting ficou-se pela metade da lotação do estádio. A noite era de (novo) confronto entre dois antigos campeões europeus, no Porto, o trânsito na cidade e …

Concertação Social com alterações laborais em cima da mesa. Mas sem cedências à esquerda há risco de "crise política"

O Governo reúne-se hoje com os parceiros sociais e em cima da mesa estão alterações à lei laboral, numa altura em que o tema é também uma das matérias centrais das negociações do Orçamento do …