Taxa de desemprego cai para 7,9% no 1.º trimestre

ABr

A taxa de desemprego caiu para 7,9% no primeiro trimestre de 2018, uma redução de 0,2 pontos percentuais face ao trimestre anterior e de 2,2 pontos em relação ao período homólogo, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

“A população desempregada, estimada em 410,1 mil pessoas, diminuiu 2,8% (menos 11,9 mil) face ao trimestre anterior, prosseguindo os decréscimos trimestrais observados desde o 2.º trimestre de 2016. Em relação ao trimestre homólogo, verificou-se uma diminuição de 21,7% (menos 113,8 mil), ligeiramente inferior à observada no trimestre anterior”, avança o INE.

Por sua vez, a população empregada, estimada em 4.806,7 mil pessoas, “registou uma variação trimestral relativa quase nula (associada a um ligeiro acréscimo de 1,8 mil pessoas) e um aumento homólogo de 3,2% (mais 148,6 mil)”.

Segundo o INE, a taxa de desemprego vem registando diminuições trimestrais desde o segundo trimestre de 2016.

De janeiro a março, a taxa de desemprego dos homens (7,6%) foi inferior à das mulheres (8,1%) em 0,5 pontos percentuais, tendo a primeira diminuído 0,1 pontos percentuais em relação ao trimestre anterior e a segunda recuado 0,3 pontos percentuais.

Em termos homólogos, a taxa de desemprego diminuiu mais para as mulheres (2,4 pontos percentuais) do que para os homens (2,2 pontos percentuais).

Já a taxa de desemprego de jovens (15 a 24 anos) foi de 21,9%, o valor mais baixo da série iniciada no primeiro trimestre de 2011, sendo que face ao trimestre anterior diminuiu 1,6 pontos percentuais e em termos homólogos recuou 3,2 pontos percentuais.

O aumento da população empregada verificou-se sobretudo no setor dos serviços (mais 34,2 mil pessoas empregadas que no trimestre anterior e mais 106,2 mil em termos homólogos), sendo que o emprego nas atividades de comércio por grosso e a retalho, reparação de veículos automóveis e motociclos, transportes, alojamento e restauração “assegurou mais de metade do aumento trimestral (18,4 mil)”.

A diminuição trimestral da população desempregada é explicada por decréscimos ocorridos sobretudo na indústria, construção, energia e água (menos 6,0 mil desempregados), enquanto o recuo homólogo foi mais forte no setor dos serviços (menos 59,9 mil pessoas).

Também o número de desempregados de longa duração (à procura de emprego há 12 meses ou mais) diminuiu 0,3 pontos percentuais face ao último trimestre de 2017 e 1,8 pontos em termos homólogos, atingindo uma proporção de 53,8%.

A taxa de subutilização do trabalho – que engloba o subemprego, os trabalhadores a tempo parcial, os inativos à procura de emprego, mas não disponíveis e os inativos disponíveis, mas que não procuram emprego – foi de 15,2%, tendo diminuído 0,3 pontos percentuais face ao trimestre anterior e 3,0 pontos em relação ao trimestre homólogo de 2017.

Os fluxos trimestrais mostram que, do quarto trimestre de 2017 para o primeiro trimestre de 2018, houve um fluxo líquido positivo do emprego (total de entradas menos total de saídas) de 1,8 mil pessoas.

Por regiões, a taxa de desemprego no primeiro trimestre foi superior à média nacional na Região Autónoma da Madeira (9,1%), na Região Autónoma dos Açores (8,9%), na Área Metropolitana de Lisboa (8,6%) e no Norte (8,1%). Abaixo da média nacional situaram-se as taxas de desemprego do Alentejo (7,8%), do Algarve (7,6%) e do Centro (6,3%).

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Cada vez menos gente se inscreve e apresenta no Centro de Desemprego da Segurança Social, e assim se vai reduzindo artificialmente o número de desempregados.
    No dia que fecharem esses centros, o desemprego desaparece.

RESPONDER

"Indiana Jones do mundo da arte" recupera manuscrito do poeta persa Hafez

Uma das primeiras cópias do reverenciado Divan do autor do século XIV Hafez, iluminado com ouro, será leiloado no início de abril. O famoso poeta persa do século XIV, Hafez, escreveu uma coleção de versos místicos …

O palco onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda

O palco de madeira onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda. Agora, alguém poderá replicar o primeiro concerto da famosa banda. A 10 de abril, em comemoração dos 50 anos da separação da …

Células estaminais podem ajudar a proteger os astronautas da radiação espacial

Assim que os astronautas deixam a proteção do campo magnético da Terra, ficam automaticamente expostos a níveis elevados de radiação cósmica. A Agência Espacial Europeia (ESA) está cada vez mais focada em investigações para reduzir …

Pandemia pode trazer nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas

A pandemia de Covid-19 pode trazer uma nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas como limpeza de superfícies infetadas ou vigiar pessoas em quarentena, afirmam esta quarta-feira alguns dos principais investigadores internacionais em …

Multimilionários refugiam-se da Covid-19 a bordo de iates

Vários multimilionários têm procurado refugiar-se da pandemia de Covid-19, que nasceu em dezembro passado na China, em alto mar, a bordo de iates de luxo. Em declarações ao jornal The Telegraph, Jonathan Beckett, executivo da …

Este mamífero consegue sobreviver a quase sete mil metros de altura

Cientistas pensam ter confirmado que um pequeno rato descoberto no vulcão Llullaillaco, nos Andes, é o mamífero que consegue viver à maior altitude já conhecida (6739 metros). Segundo o IFLScience, o Phyllotis xanthopygus rupestris foi descoberto, …

O glaciar Denman recuou quase cinco quilómetros nos últimos 22 anos

O glaciar Denman, na Antártica Oriental, recuou cerca de cinco quilómetros nos últimos 22 anos. Investigadores da Universidade da Califórnia, Irvine e do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA estão preocupados coma topografia exclusiva …

Gruta em Setúbal mostra que os Neandertais também eram pescadores

Cientistas encontraram restos de alimentos numa gruta, no distrito de Setúbal, que comprovam que os Neandertais também se alimentavam de espécies marinhas. De acordo com o jornal espanhol ABC, restos encontrados por uma equipa de arqueólogos …

Associação alerta para riscos da mudança da hora em tempos de confinamento

O presidente da Associação Portuguesa de Cronobiologia e Medicina do Sono advertiu hoje que os efeitos potencialmente adversos causados pela mudança da hora podem acentuar-se devido ao confinamento obrigatório das pessoas na sequência da pandemia …

Governo português legaliza estrangeiros ilegais. "A prioridade é a defesa da saúde"

O Governo português decidiu regularizar os estrangeiros com pedidos pendentes no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, medida em vigor desde a declaração do estado de emergência, no dia 19, e que lhes garante os mesmos …