Tarantino diz que sabia há décadas de conduta imprópria de Weinstein

gageskidmore / Flickr

Quentin Tarantino

O realizador norte-americano Quentin Tarantino afirmou esta quinta-feira que tinha conhecimento de alguns casos de conduta imprópria do produtor Harvey Weinstein, e disse que está arrependido de não ter feito mais.

“Eu sabia o suficiente para reagir mais do que fiz. Foi mais do que os boatos normais ou rumores. Eu sabia que ele tinha feito muitas dessas coisas“, disse Tarantino, numa entrevista ao New York Times.

Tarantino referiu que “sabia há décadas” das práticas de Harvey Weinstein e salientou que tem remorsos por não ter assumido as responsabilidades na altura.

O realizador explicou que sabia da conduta de Weinstein em primeira mão através da atriz Mira Sorvino, que chegou a namorar com Tarantino e de uma outra atriz, de que recusou revelar o nome. O realizador acrescentou que também sabia do acordo alcançado com a atriz Rose McGowan.

Quentin Tarantino fez parceria com a Harvey  Weinstein em muitos filmes, como o icónico “Pulp Fiction”, e diz que era “impossível” que alguém que estivesse perto de Weinstein “não tivesse ouvido falar de pelo menos um incidente“.

Weinstein, um dos mais influentes produtores de Hollywood, foi afastado da The Weinstein Company, empresa que cofundou, poucos dias depois da publicação pelo New York Times de um artigo segundo o qual alcançou, durante décadas, acordos extrajudiciais para pôr termo a denúncias de assédio sexual, as quais remontam à década de 1990.

Também a Academia norte-americana de Cinema e Ciências Cinematográficas, que atribui os Óscares, anunciou a expulsão do produtor, decisão tomada “bastante para além da maioria necessária de dois terços”.

“Não apenas nos distanciamos de alguém que não merece o respeito dos colegas, mas enviamos uma mensagem clara de que o tempo da ignorância deliberada e a cumplicidade vergonhosa relativamente a comportamentos de agressão sexual e assédio no local de trabalho na nossa indústria acabou”, declarou a Academia.

Peter Foley / EPA

O produtor Harvey Weinstein esteve por trás de filmes como como “Reservoir Dogs”, “Pulp Fiction” e “Malèna”.

Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow, Mira Sorvino, Ashley Judd, Léa Seydoux e Asia Argento figuram entre as mulheres que denunciaram uma série de episódios diferentes que vão desde presumíveis comportamentos sexuais abusivos a supostas violações por parte do produtor, galardoado com um Óscar pela produção de “A Paixão de Shakespeare” (1998).

Weinstein, de 65 anos, é atualmente alvo de uma investigação policial em Nova Iorque e no Reino Unido.

// Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Todos sabiam mas ninguém dizia nada para não perderem a vida glamorosa e privilégios…
    E esse não é o único p*rco. Se os atores/atrizes não tivessem medo de represálias e abrissem a boca e nomeassem os outros abusadores poderosos, nem imaginam as proporções que este escândalo tomava. Hollywood caía e nem sei se se levantava mais. E já nem falo da pedofilia que as crianças-atores sofrem! Isso então ainda é mais escândaloso e nojento! E não era só Hollywood a cair…
    As pessoas têm que se erguer e ter coragem para falar TUDO publicamente!!!! Só assim é possível combater esses crimes hediondos!

  2. Agora andam a chatear o Tarantino com esse assunto, se ele sabia ou não das devassidões do outro, como se ele tivesse alguma culpa. Ele sabia tanto como os outros sabiam. A coisa era do domínio público entre o pessoal do cinema e do espectáculo, e até era objecto de piadas em talk-shows, etc. E esse Weinstein não deve ser o único por certo…

    • Leia o post do produtor Scott Rosenberg sobre o caso Harvey que ele basicamente conta TUDO o que lá se passa. Acaba logo com a hipocrisia de muita gente.

  3. Se o escândalo não arrebenta agora ainda estavas calado, Tarantino. Hollywood precisa de uma limpeza profunda, isto pode ser o começo.

  4. Só para acrescentar o seguinte:
    Vamos deixar ser tão honestos quanto isto, porque encobrimos situações destas, de outras de menor e maior gravidade, só porque temos a ideia “não me incomodem”…
    Finalmente, senhor Tarantino, já agora existe formas de denúncia, que a Lei por portas e travessas vai investigar, porque aqui não se trata da invasão privada, mas sim de um “depravado inconsequente”. Porque só nos toca quando é nos familiar, o resto é paisagem… só quem passa por elas é que dá o valor, seja na vida privada, profissionalmente no que toca mesma a carreiras profissionais e outras…

RESPONDER

Pizza para Itália e salmão para a Noruega. Emissora pede desculpa por imagens usadas nos Jogos Olímpicos

O canal de televisão sul-coreano MBC pediu desculpa publicamente após usar imagens para representar países durante a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Fotos de pizza para a comitiva italiana, de salmão para a …

"Quanto mais cedo, melhor". A dona da Marlboro apoia a proibição dos cigarros até 2030

O CEO da Philip Morris Internacional, dona da Marlboro, apoia a proibição da venda de cigarros, mas os activistas anti-tabaco já acusaram a empresa de hipocrisia por tentar comprar uma farmacêutica enquanto lucra com o …

Bezos e Branson não são astronautas, clarifica Administração da Aviação norte-americana

Dúvida instalou-se depois dos voos que levaram os dois bilionários ao espaço. Novas diretrizes da Administração Federal de Aviação vêm esclarecer.  Após os voos que os tornaram nos primeiros turistas espaciais, Jeff Bezos e Richard Branson …

Soldados afegãos buscam refúgio no Paquistão após perderem postos na fronteira

Quase meia centena de soldados afegãos buscaram asilo no Paquistão após perderem para os Talibãs o controle das posições militares na fronteira, informou o exército paquistanês esta segunda-feira. Centenas de soldados do exército afegão e oficiais …

Portugal ultrapassa Estados Unidos em população com vacinação completa

EUA vivem atualmente um planalto no seu processo de vacinação, com pouco mais de meio milhão de cidadãos a serem vacinados diariamente. Desaceleração no ritmo de inoculações é atribuída a motivações pessoais da população e …

Mulher que vestia camisola com capa do Charlie Hebdo ferida em Londres

Uma mulher que vestia uma camisola estampada com uma capa da revista satírica francesa Charlie Hebdo foi ferida levemente com arma branca no domingo em Hyde Park, em Londres, informou a polícia, que pediu colaboração …

Novo Banco. Comissão de inquérito aprova que resolução do BES foi "fraude política"

A comissão de inquérito ao Novo Banco aprovou uma proposta do PCP de alteração ao relatório referindo que a resolução do BES e a sua capitalização inicial, de 4.900 milhões de euros, foi "uma fraude …

BCP prevê saída de mais de 800 trabalhadores e admite despedimento coletivo

O presidente do BCP disse esta segunda-feira que deverão sair do banco mais de 800 trabalhadores, abaixo da meta inicial de 1.000, mas que depende dos funcionários que aceitarem rescindir e mantém a possibilidade de …

Jogos Olímpicos. Ouro e prata para atletas de...13 anos

Pódio muito jovem na estreia do skate feminino. A espreitar o pódio ficou uma norte-americana com quase o triplo da idade. O skate está a "viver" os seus primeiros dias na história dos Jogos Olímpicos. Inserido …

SEF e PSP reforçam fiscalização às regras aplicáveis nas viagens de avião

O SEF e a PSP reforçaram a fiscalização nos aeroportos às regras do tráfego aéreo devido às variantes de covid-19 e ao aumento do número de voos previsto para as próximas semanas, segundo um despacho …