Tarantino diz que sabia há décadas de conduta imprópria de Weinstein

gageskidmore / Flickr

Quentin Tarantino

O realizador norte-americano Quentin Tarantino afirmou esta quinta-feira que tinha conhecimento de alguns casos de conduta imprópria do produtor Harvey Weinstein, e disse que está arrependido de não ter feito mais.

“Eu sabia o suficiente para reagir mais do que fiz. Foi mais do que os boatos normais ou rumores. Eu sabia que ele tinha feito muitas dessas coisas“, disse Tarantino, numa entrevista ao New York Times.

Tarantino referiu que “sabia há décadas” das práticas de Harvey Weinstein e salientou que tem remorsos por não ter assumido as responsabilidades na altura.

O realizador explicou que sabia da conduta de Weinstein em primeira mão através da atriz Mira Sorvino, que chegou a namorar com Tarantino e de uma outra atriz, de que recusou revelar o nome. O realizador acrescentou que também sabia do acordo alcançado com a atriz Rose McGowan.

Quentin Tarantino fez parceria com a Harvey  Weinstein em muitos filmes, como o icónico “Pulp Fiction”, e diz que era “impossível” que alguém que estivesse perto de Weinstein “não tivesse ouvido falar de pelo menos um incidente“.

Weinstein, um dos mais influentes produtores de Hollywood, foi afastado da The Weinstein Company, empresa que cofundou, poucos dias depois da publicação pelo New York Times de um artigo segundo o qual alcançou, durante décadas, acordos extrajudiciais para pôr termo a denúncias de assédio sexual, as quais remontam à década de 1990.

Também a Academia norte-americana de Cinema e Ciências Cinematográficas, que atribui os Óscares, anunciou a expulsão do produtor, decisão tomada “bastante para além da maioria necessária de dois terços”.

“Não apenas nos distanciamos de alguém que não merece o respeito dos colegas, mas enviamos uma mensagem clara de que o tempo da ignorância deliberada e a cumplicidade vergonhosa relativamente a comportamentos de agressão sexual e assédio no local de trabalho na nossa indústria acabou”, declarou a Academia.

Peter Foley / EPA

O produtor Harvey Weinstein esteve por trás de filmes como como “Reservoir Dogs”, “Pulp Fiction” e “Malèna”.

Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow, Mira Sorvino, Ashley Judd, Léa Seydoux e Asia Argento figuram entre as mulheres que denunciaram uma série de episódios diferentes que vão desde presumíveis comportamentos sexuais abusivos a supostas violações por parte do produtor, galardoado com um Óscar pela produção de “A Paixão de Shakespeare” (1998).

Weinstein, de 65 anos, é atualmente alvo de uma investigação policial em Nova Iorque e no Reino Unido.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Todos sabiam mas ninguém dizia nada para não perderem a vida glamorosa e privilégios…
    E esse não é o único p*rco. Se os atores/atrizes não tivessem medo de represálias e abrissem a boca e nomeassem os outros abusadores poderosos, nem imaginam as proporções que este escândalo tomava. Hollywood caía e nem sei se se levantava mais. E já nem falo da pedofilia que as crianças-atores sofrem! Isso então ainda é mais escândaloso e nojento! E não era só Hollywood a cair…
    As pessoas têm que se erguer e ter coragem para falar TUDO publicamente!!!! Só assim é possível combater esses crimes hediondos!

  2. Agora andam a chatear o Tarantino com esse assunto, se ele sabia ou não das devassidões do outro, como se ele tivesse alguma culpa. Ele sabia tanto como os outros sabiam. A coisa era do domínio público entre o pessoal do cinema e do espectáculo, e até era objecto de piadas em talk-shows, etc. E esse Weinstein não deve ser o único por certo…

    • Leia o post do produtor Scott Rosenberg sobre o caso Harvey que ele basicamente conta TUDO o que lá se passa. Acaba logo com a hipocrisia de muita gente.

  3. Se o escândalo não arrebenta agora ainda estavas calado, Tarantino. Hollywood precisa de uma limpeza profunda, isto pode ser o começo.

  4. Só para acrescentar o seguinte:
    Vamos deixar ser tão honestos quanto isto, porque encobrimos situações destas, de outras de menor e maior gravidade, só porque temos a ideia “não me incomodem”…
    Finalmente, senhor Tarantino, já agora existe formas de denúncia, que a Lei por portas e travessas vai investigar, porque aqui não se trata da invasão privada, mas sim de um “depravado inconsequente”. Porque só nos toca quando é nos familiar, o resto é paisagem… só quem passa por elas é que dá o valor, seja na vida privada, profissionalmente no que toca mesma a carreiras profissionais e outras…

RESPONDER

Exilados sauditas sentem-se em perigo após dissidente desaparecer no Canadá

Exilados sauditas no Canadá temem que o dissidente que está de volta ao país de origem tenha sido forçado a revelar informações sobre a comunidade exilada. De acordo com o jornal Público, os exilados sauditas no …

Internamentos voltam a diminuir. Há mais 979 casos e 41 mortes

Portugal registou esta quarta-feira 979 novos casos de infeção por covid-19 e mais 41 mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas …

Festas ilegais aumentaram nos últimos 15 dias. PSP já deixa avisos para a Páscoa

Numa altura em que a população já está confinada há mais de um mês, a tendência é cada vez mais para sair de casa e procurar algum contacto social. Por isso mesmo, a PSP já …

Pediatras pedem reabertura urgente das escolas. Professores querem ser consultados na elaboração do plano

A Sociedade Portuguesa de Pediatria defende a reabertura urgente das escolas especialmente o ensino pré-escolar e nos 1º e 2º ciclos do ensino básico, chamando a atenção para as consequências do fecho no desenvolvimento das …

Ventura propõe tirar subvenções a políticos condenados a mais de três anos de prisão

O deputado único do Chega entregou esta terça-feira no parlamento um projeto de lei para retirar, incluindo retroativamente, as subvenções vitalícias a ex-titulares de cargos políticos condenados por crimes "com pena de prisão superior a …

PGR analisa carta que culpa o Governo por "borla fiscal" à EDP na venda de barragens

O Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) está a analisar uma carta do Movimento Terra de Miranda que questiona a autorização dada pelo Governo à venda de seis barragens transmontanas por parte da …

Biden prevê vacinas para todos os adultos antes do fim de maio

Joe Biden assegura que até maio o país terá vacinas suficientes contra o covid para todos os adultos do país, dois meses antes do previsto. O presidente do EUA anunciou que até ao final de maio …

Pandemia não é “uma competição ou um concurso de beleza entre países”

O presidente da Aliança Global para as Vacinas (GAVI), Durão Barroso, defende que o processo de vacinação mundial contra a covid-19 não deve ser “uma competição ou um concurso de beleza entre países” e lança …

Sarkozy admite recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos

O ex-Presidente francês admite recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos contra a sua condenação a três anos de detenção, um em prisão efetiva, por corrupção e tráfico de influência. Numa entrevista ao jornal Le Figaro, …

Apoio à família vai ser alargado a mais pais em teletrabalho. Tudo graças à oposição

Esta quarta-feira, vai subir a plenário o texto final que altera o apoio excecional à família para que chegue a mais portugueses. O alargamento do universo de potenciais beneficiários está no horizonte, nomeadamente com a …