Harvey Weinstein, o “Deus” de Hollywood, cai em desgraça após escândalo sexual

Andrew Gombert / EPA

O produtor Harvey Weinstein que esteve por trás de filmes como como “Reservoir Dogs”, “Pulp Fiction” e “Malèna”.

Harvey Weinstein, um dos produtores mais conhecidos e influentes de Hollywood, a quem Meryl Streep chegou a chamar “Deus”, foi obrigado a abandonar a empresa de cinema independente que fundou após um escândalo sexual que o envolve em vários casos de assédio, ao longo de décadas.

O conselho de administração da Weinstein Company decidiu retirar o produtor da empresa, “face ao surgimento, nos últimos dias, de novas informações relativas à má conduta de Harvey Weinstein“, sublinham os directores da produtora num comunicado.

A bem sucedida carreira de Weinstein foi abalada por uma investigação do New York Times que revela que o produtor alcançou, durante décadas, uma série de acordos extra-judiciais para pôr termo a denúncias de assédio sexual apresentadas por antigas funcionárias e colaboradoras.

A actriz Ashley Judd, conhecida pelo filme “Frida” ou pela saga “Divergente”, é uma das figuras conhecidas que o acusam de abusos sexuais.

As acusações remontam à década de 1990, altura em que Weinstein estava à frente da produtora Miramax, um estúdio de cinema independente que era propriedade do gigante cinematográfico Walt Disney.

O New York Times conta que Weinstein convidou Judd a subir ao seu quarto, num hotal de Beverly Hills, para o que seria uma reunião de trabalho. Mas, em vez disso, o produtor pediu-lhe se lhe podia fazer uma massagem ou se ela poderia vê-lo a tomar banho.

A modelo italiana Ambra Battilana terá chegado a chamar a polícia, depois de Weinstein lhe ter agarrado os seios, relata o jornal.

Já depois da publicação do artigo, a jornalista de televisão Lauren Sivan contou ao HuffPost que Weinstein se masturbou em frente a ela.

Weinstein diz que está a tentar redimir-se com terapia

O artigo do New York Times baseia-se em dezenas de testemunhos de antigos e actuais funcionários da empresa que facultaram detalhes sobre o comportamento do produtor. Segundo o jornal nova-iorquino, Weinstein chegou a acordos extrajudiciais com pelo menos oito mulheres para resolver acusações de assédio sexual.

Num comunicado enviado ao jornal, o produtor admitiu que a forma como se comportou no passado, com companheiras de trabalho, provocou muitos danos, pelo que pediu perdão e uma segunda oportunidade.

“Apesar de estar a tentar melhorar, sei que tenho um longo caminho a percorrer”, reconheceu Weinstein no mesmo comunicado, garantindo que tenta corrigir a sua forma de actuar há dez anos com recurso a terapia.

Meryl Streep “em choque”

A actriz Meryl Streep, que trabalhou com Weinstein em vários filmes e que chegou a dizer que ele era um “Deus”, já veio manifestar-se “em choque” com as acusações de abuso sexual que define como “indesculpáveis” e um “abuso de poder”.

A conceituada actriz refere-se às vítimas como “heroínas” e trata de realçar que não sabia dos “actos coercivos inapropriados”, conforme declarações divulgadas pela CNN.

“O comportamento é indesculpável, mas o abuso de poder familiar”, diz, ainda, Meryl Streep, notando que a denúncia deste tipo de casos ajudará, em última instância, “a mudar o jogo”.

As actrizes Judi Dench, Glenn Close, Emma Thompson e Kate Winslet também se revelaram “chocadas” com as notícias sobre os abusos de Weinstein, tal como os actores Mark Ruffalo e Seth Rogen, entre outras personalidades.

Harvey Weinstein tem no currículo a produção de filmes de culto como “Reservoir Dogs” (1992), “Pulp Fiction” (1994) e “Malèna” (2000). Ganhou um Óscar de Melhor Produção com “Shakespeare in Love” (1998) e produziu, ainda, “Chicago” (2002), os três filmes da saga “O Senhor dos Anéis” (2001, 2002 e 2003), “O Discurso do Rei” (2010) e “Django Unchained” (2012), entre muitos outros filmes.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

    • Tem razão Joaquim! Estão todas/os com o rabinho entre as pernas. O sucesso deles depende desta gente dita poderosa.
      A escumalha está a ser toda descoberta! As máscaras estão a cair todas!
      E aquele comportamento em Hollywood é considerado normal, quem nunca ouviu falar do “couch casting”?!… Fazem-se de parvas tapadinhas, são mas é umas hipócritas. E ainda há muitos mais como este pig, que sejam todos expostos e condenados!
      Drain the swamp!

    • Tem tudo a ver, realmente…
      Este palerma (que não faço ideia de quem é!), terá a mesma “importância” do que o palerma do Trump?!
      Pois…

RESPONDER

Procura mundial de petróleo pode alcançar o seu nível mais baixo numa década por causa do coronavírus

O surto de coronavírus afetará de forma "significativa" a procura global por petróleo, podendo esta atingir o seu nível de procura mais baixo numa década, alerta a Agência Internacional de Energia (IEA). Com a desaceleração da …

Vitória SC 1-2 Porto | “Dragão” cola-se à liderança

A Liga NOS está ao rubro. O FC Porto foi a Guimarães vencer o Vitória SC por 2-1 e está a apenas um ponto da liderança do campeonato, na sequência da derrota do Benfica no …

Ventura não faz "fretes". Chega não viabilizará Governo do PSD se não houver cedências

Para governar com a direita, o PSD precisa do recém-eleito Chega. No entanto, há características que separam os partidos: enquanto que os sociais-democratas se querem estabelecer ao centro, André Ventura estabelece linhas vermelhas e não …

Egito atinge 100 milhões de habitantes (mas não há grandes motivos para celebrar)

A população do Egito atingiu os 100 milhões de habitantes, tornando-se no país árabe mais populoso e o terceiro em África atrás da Etiópia e da Nigéria, anunciaram ontem as autoridades. O calculador eletrónico instalado no …

Coronavírus: Há mais dois casos suspeitos em Portugal

Há mais dois casos suspeitos de infeção por coronavírus em Portugal. Os doentes, que vieram da China, já foram encaminhados para o Hospital Curry Cabral, em Lisboa, e para o Hospital de São João, no …

Morreu o ator Tozé Martinho

O ator António José Bastos de Oliveira Martinho, mais conhecido como Tozé Martinho, morreu este domingo aos 72 anos. Tozé Martinho morreu este domingo, aos 72 anos. O ator foi levado para o Hospital de Cascais, …

NASA já tem um preço para a próxima alunagem

O responsável pelos voos tripulados da NASA, Doug Loverro, revelou esta semana que a agência espacial vai precisar de  35 mil milhões de dólares nos próximos quatro anos para conseguir voltar a pisar a Lua …

Covid-19: FMI admite que crescimento mundial desça para 3,1% este ano

A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional admitiu este domingo que a previsão de 3,3% para o crescimento da economia mundial possa descer 0,1 ou 0,2 pontos percentuais devido à propagação do coronavírus. "Por enquanto, a nossa …

Próximo Orçamento tem de começar a ser apresentado em abril (mas Centeno não o fará)

As novas regras de desenho de orçamentos vão ser novamente adiadas, avança este domingo o semanário Expresso. A equipa das Finanças já está concentrada no próximo Orçamento do Estado. No entanto, apesar de haver uma lei …

Exército do Canadá quer saia da farda mais curta para atrair mulheres

Para aumentar o alistamento de mulheres, o exército do Canadá está a considerar fazer alterações à farda, encurtando as saias, e referir-se às medalhas como "bling", palavra em inglês usada para se referir acessórios caros …