De primeiro-ministro dos talibã a desaparecido. Ninguém sabe de Baradar após forte discussão com líder militar

Karim Jaafar / AFP

Abdul Ghani Baradar será o novo líder do governo talibã no Afeganistão.

Abdul Ghani Baradar passou de primeiro-ministro do governo talibã a desaparecido. O homem que é visto como o “diplomata” do grupo que tomou o poder no Afeganistão não é visto em público há vários dias e especula-se que pode ter sido morto, após uma forte discussão com um temível líder militar.

O desaparecimento público de Baradar surge depois de ter sido anunciado como o novo primeiro-ministro do governo talibã. Contudo, poucos dias depois, acabou por passar a vice-primeiro-ministro antes de ter deixado de ser visto em público.

Enquanto isso, surgem rumores de divisões internas nos talibã, entre a facção mais militarista e o lado mais político do grupo que é liderado por Baradar. Ele é considerado o “diplomata” dos talibã, pois foi o principal responsável pelas negociações com os norte-americanos que levaram à saída destes do Afeganistão.

Vários media internacionais dão conta de uma forte discussão entre Baradar e Sirajuddin Haqqani que foi eleito ministro do Interior no governo talibã.

Haqqani é o líder de uma rede dos talibã a quem são atribuídos alguns dos ataques suicidas mais violentos dos últimos anos no Afeganistão. Além disso, tem a cabeça a prémio e o Governo dos EUA oferece 5 milhões de dólares pela sua captura.

A BBC nota que os dois homens “trocaram palavras duras, enquanto os seus seguidores brigavam uns com os outros” numa reunião no palácio presidencial, em Cabul, a capital do Afeganistão.

Na base da discussão, segundo a BBC, estiveram divergências quanto a quem deve ficar com os “louros” da vitória sobre os EUA e quanto à constituição do Governo.

Baradar foi “o primeiro líder talibã a comunicar directamente com um presidente dos EUA, tendo tido uma conversa telefónica com Donald Trump em 2020″, segundo a BBC.

Antes disso, já tinha sido o responsável por assinar, em nome dos talibãs, o acordo de Doha com vista à retirada dos norte-americanos.

Passado dos talibãs alimenta rumores

Baradar não é visto em público desde a primeira semana de Setembro, altura em que esteve num hotel de Cabul, como refere a CNN. Assim, surgem rumores de que pode ter sido ferido, ou mesmo morto, num tiroteio.

Um porta-voz dos talibã, Sulail Shaheen, assegura à Reuters que Baradar enviou uma mensagem de voz que nega estes rumores. “Ele diz que são mentiras e totalmente sem fundamento”, salienta Shaheen numa mensagem de Twitter citada por esta agência de notícias.

A CNN fala de um áudio de 39 segundos de “qualidade modesta” que foi divulgado na segunda-feira, juntamente com “uma nota escrita à mão pelo seu assistente”, sem imagens.

Mas no seio dos talibãs vão surgindo versões contraditórias. Se, por um lado, se alega que Baradar está em reuniões na cidade de Kandahar, um outro porta-voz do grupo disse à BBC que o mulá está “cansado” e que precisa de “algum descanso”.

Contudo, os rumores em torno de Baradar continuam, até pelo que aconteceu com o mulá Omar que morreu, em 2013, devido a uma tuberculose.

O fundador dos talibã esteve desaparecido durante dois anos antes de ter sido confirmada a sua morte, em 2015. Os talibãs terão adiado o anúncio devido a divisões internas.

Entretanto, também o comandante supremo dos talibãs, Haibatullah Akhundzada, não é visto em público desde 15 de Agosto quando o grupo tomou conta de Cabul. A CNN aponta que também há rumores de que pode estar doente, ou mesmo morto.

Susana Valente, ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

    • os revolucionários americanos fizeram o mesmo quando derrotaram os ingleses…

      e os republicanos fizeram o mesmo quando derrotaram a monarquia…

      etc…

  1. Isto de governar é diferente de lutar à caçada. O primeiro é algo mais difícil. Eles hão de aprender de certeza, os estudantes. Já nem as mulheres os respeitam.
    Diz um ditado que contra a vontade do povo ninguém consegue manter o poder.

  2. Já é normal estes radicais loucos matarem os que não são tão radicais como eles… nem que sejam conhecidos ou até da própria família!…
    Bela “prenda” os EUA deixaram aos afegãos…

RESPONDER

Portugal regista 677 novos casos de covid-19 e cinco mortes

Portugal registou, este domingo, 677 novos casos e cinco mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Estudo mostra como diferentes espécies de polvos coexistem no mesmo ambiente

Existem mais de 300 espécies de polvos a viver em diversos habitats que abrangem recifes de coral, leitos de ervas marinhas, planícies de areia e regiões de gelo polar. Mas de que forma cefalópodes tão …

As máquinas estão "muito longe" de serem mais inteligentes (mas muito perto de agir como pessoas)

A especialista em inteligência artificial Daniela Braga considera que as máquinas estão "muito longe" de substituírem totalmente os humanos ou serem mais inteligentes, mas estão "muito perto" de interagirem como as pessoas. "Acho que estamos muito …

Secreto e lucrativo, o mercado de venda de "fezes de cachalote" pode também ser violento

O âmbar cinza é altamente raro, mas também altamente valioso. Usada na indústria dos perfumes, o mercado deste material pode ser muito perigoso. Deixa na pele uma resina oleosa e tem um cheiro a tabaco, madeira, …

Empresa norueguesa garante que pode "parar" furacões antes que estes se tornam destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de "cortina de bolhas" proposto pela empresa pode provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, uma startup norueguesa, assegura que a sua nova tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem …

Afeganistão: Familiares consideram "insuficientes" pedido de desculpas dos EUA

Familiares dos civis afegãos mortos por "engano" durante um ataque de um avião não tripulado 'drone' norte-americano no final de agosto em Cabul consideraram este sábado "insuficiente" o pedido de desculpas de Washington, numa entrevista …

Descoberta de pegadas fossilizadas em Espanha revela a existência de um "berçário" de elefantes

Pegadas fossilizadas foram encontradas numa praia no sul da Espanha e mostram o que pode ter sido o berçário de uma espécie extinta de elefantes. O local costeiro, situado na região de Huelva, estava normalmente coberto …

Morreu aos 98 anos o historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França

O historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França morreu este sábado, aos 98 anos, na casa de saúde de Jarzé, perto da cidade francesa de Angers, disse à Lusa a pintora Emília Nadal, sua …

Ventura: "Não vejo outra possibilidade senão a ministra da Saúde ou pedir desculpa ou ser afastada"

O Chega vai questionar formalmente o Governo pelo “facto de a ministra da Saúde ter utilizado um carro do Estado” para ir a uma ação de campanha no Porto na sexta-feira, anunciou este sábado André …

Ouvir 30 segundos de uma sonata de Mozart pode reduzir ataques de epilepsia

Ouvir a Sonata para Dois Pianos em Ré Maior (K448), de Wolfgang Amadeus Mozart, durante pelo menos 30 segundos, ajuda a reduzir a atividade elétrica cerebral associada à epilepsia resistente a medicação. Os resultados também sugerem …