Arqueólogos fizeram um TAC à misteriosa múmia-falcão (e tiveram uma surpresa)

No início do século XX os arqueólogos encontraram no Egito uma misteriosa “múmia de falcão”. Entretanto, uma análise recente permitiu aos cientistas perceber que dentro da múmia não se encontrava o corpo de uma ave, mas o de um bebé que nasceu morto.

A famosa “múmia de falcão” encontrada num túmulo do século III a.C., que pertence desde 1925 ao museu Maidstone, no Reino Unido, não parecia ter nada de estranho. Mas após uma análise com micro-tomografia computorizada, uma equipa internacional de cientistas encontrou agora algo que não tinha nada a ver com os restos de um pássaro.

Após análise das imagens obtidas, a equipa liderada pelo bioarqueólogo Andrew Nelson, especialista em múmias da Western University, no Canadá, concluiu que dentro da múmia não se encontrava o corpo de uma ave. Tratava-se afinal de um bebé prematuro, com entre 23 e 28 semanas.

Segundo informou esta quinta feira em comunicado a Western University, o bebé nasceu morto. A criança sofria de anencefalia – ausência de cérebro completamente desenvolvido. De acordo com os investigadores, o nascimento e a morte do bebé foi uma tragédia tremenda para a sua família.

Uma das imagens obtidas por micro-tomografia computorizada mostra que a parte superior do crânio, na qual estaria em situações normais alojado o cérebro da criança, não se formou completamente. A imagem mostra também malformações nas vértebras.

Western University

A micro-tomografia computorizada mostrou que o cérebro da criança não se formou

Segundo explicou Andrew Nelson, é provável que o aspecto extraordinário da criança tenha inspirado os pais a mumificar o corpo e convertê-lo num talismã. Os especialistas supõem que os egípcios antigos consideravam os bebés extraordinários como seres mágicos – razão pela qual os pais da malograda criança mumificaram o seu corpo.

Os cientistas defendem actualmente que os antigos egípcios aprenderam a fazer múmias há cerca de 4000 anos, criando um líquido para embalsamar os corpos – um segredo que se perdeu entretanto nas areias do tempo.

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. E os egípcios até há bem pouco tempo habitavam no Egipto actualmente parece terem mudado de local e habitam no Egito e talvez se devesse chamar-lhes agora de egitos, coisas dos tempos modernos!.

      • Será devido à distância geográfica e o P perdeu-se pelo caminho talvez tenha ficado no fundo do oceano Atlântico, em português e em Portugal sempre foi EGIPTO embora alguns actualmente teimem em escrever em portuganhês.

        • E o caro Vasco aparenta ser um pouco desinformado porque estamos, há já algum tempo, na presença de um acordo ortográfico que define claramente a forma da grafia de Egito. É apenas ignorante ou simplesmente palerma?

          • Não é por ignorância, simplesmente recuso é ser palerma ou parvo como aqueles que se imaginam espertos ao sentirem-se no direito de dar pontapés na ortografia consoante muito lhes apetece, esse é um facto mas não um fato.

    • Nunca tive problemas na grafia daí, meus problemas, e de outros que conheço, são do sentido que vocês dão as palavras.
      Mas está seria uma discussão para uma lista de discussão.

RESPONDER

Bloco apoia travão ao desconfinamento na região de Lisboa

O Bloco de Esquerda apoiou o adiamento do levantamento de restrições impostas pela pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, destacando que é importante aumentar a vigilância nas empresas de construção e trabalho …

Descoberto "cemitério" de mamutes nos arredores da Cidade do México

Investigadores descobriram um "cemitério" com cerca de 60 mamutes nos arredores da Cidade do México, avança o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do país. De acordo com o site Live Science, a descoberta aconteceu, …

David Luiz confirma rumores. Regresso "vai acontecer se o presidente permitir e os adeptos quiserem"

David Luiz confirmou este sábado os rumores que davam conta que o Benfica e o jogador estavam a negociar um eventual regresso do brasileiro à Luz. Em entrevista ao desportivo Record, David Luiz confirmou a …

Cães treinados para proteger animais selvagens salvam 45 rinocerontes

Há inúmeras razões que explicam o motivo pelo qual os cães são conhecidos como o melhor amigo do Homem. Além de leais e inteligentes, dão sempre o corpo às balas, mesmo nos piores momentos. Quarenta e …

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …

Balneários proibidos e 3 metros de distância. As regras da DGS para a prática de exercício físico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda uma distância mínima de três metros entre pessoas que pratiquem exercício físico, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia de covid-19. A orientação, intitulada “Procedimentos de Prevenção e Controlo …

Astronautas da NASA já se preparam para voo histórico a bordo do foguetão da Space X

Dois astronautas da NASA já estão a equipar-se para o lançamento histórico de um foguetão concebido e construído pela empresa SpaceX, de Elon Musk, apesar de as previsões meteorológicas indicarem mais tempestades. Com o voo já …

Há dez anos, Portugal adotou a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo

Portugal adotou há 10 anos a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo, após um debate fraturante que remeteu para mais tarde a adoção de crianças por estes casais, possível apenas desde …