Suspeito de terrorismo detido em França tinha residência em Aveiro

Um dos sete detidos este fim-de-semana em França, suspeitos de estarem a planear um atentado, tinha residência em Portugal e já estava referenciado pelas autoridades portuguesas.

O marroquino, detido este fim-de-semana em França, foi um dos sete suspeitos de planear um novo atentado terrorista.

Segundo o Diário de Notícias, Hicham el Hanaf recebeu no nosso país, no ano de 2014, o estatuto de asilado político e, como refugiado, foi-lhe concedida autorização de residência até 2018, carta de condução e liberdade para circular no espaço Shengen.

O mesmo jornal avança que o suspeito estava desde o ano passado a ser vigiado pela Unidade Nacional de Contraterrorismo por suspeita de estar a tentar recrutar pessoas para as fileiras do Daesh.

Fonte ligada às investigações confirmou ao DN que o suspeito estava referenciado pelas autoridades portuguesas mas garantiu que este não tinha residência permanente e que Portugal era apenas um “ponto de passagem”.

De acordo com o comunicado da Polícia Judiciária, citado pelo Observador, o suspeito tem 26 anos e tinha residência em Aveiro.

Os sete detidos têm nacionalidades francesa, marroquina e afegã e foram detidos este fim-de-semana durante uma operação em Estrasburgo e Marselha.

A informação de que um “novo atentado foi evitado” foi anunciada esta segunda-feira de manhã pelo ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve.

De acordo com o Governo, os detidos planeavam um atentado contra o famoso mercado de Natal de Estrasburgo, que anualmente recebe mais de dois milhões de pessoas e que começa na próxima sexta-feira. Além deste, outro possível alvo de ataque seria uma esquadra da polícia.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Os franceses irão espremer-lhe o tutano,até que se descubra mais,connosco é diferente somos de brandos costumes.

  2. Este é um dos tais que para aqui veio apadrinhado pelo senhor Sampaio e restante claque de esquerda, é isto que desejam para o país assassinatos e insegurança total, franceses com quem falei este verão disseram-me que hoje quando saem à rua andam sempre a olhar para o lado e sobretudo desconfiados logo que se cruzam com um árabe e infelizmente têm por lá já milhões deles, venha a Marine Le Pen e outros do temperamento dela para dar a volta que esta Europa tanto precisa!.

  3. Este será um entre muitos que por aí andam ainda disfarçados de “asilados” ou ” refugiados”. Todos os governos tiveram culpa, sejam de esquerda ou direita.
    O mais lamentável é ver o oportunisto desta gente, que “cospe” em quem lhes deu a mão. Custa engolir que esta gente ponha em risco quem os ajudou. É duma canalhice pura.

RESPONDER

De portas abertas para quem precisa. Frigoríficos solidários crescem em Paris

A Cantina do 18.º bairro parisiense foi o primeiro espaço deste projeto solidário, inaugurado há dois anos. Atualmente existem 38 restaurantes em França que acolhem os frigoríficos solidários. Em dois anos, o projeto dos frigoríficos solidários …

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …

"A bola apenas bateu no peito". VAR admite erro no penálti do Portimonense-FC Porto

O vídeo-arbitro do encontro entre Portimonense e FC Porto, Vasco Santos, admitiu esta quarta-feira que não existiu razão para assinalar grande penalidade a favor do clube portista. "No momento em que o árbitro apita fiquei com …

Na Índia, usar cigarros eletrónicos já pode dar prisão

O Governo indiano anunciou esta quinta-feira a proibição de cigarros eletrónicos no país, de 1,3 mil milhões de pessoas, numa ação que pretende ser a favor da saúde e contra os vícios. "A decisão foi tomada …

Iñaki Urdangarín pode sair da prisão dois dias por semana

Detido na cadeia de Brieva, Ávila, há 15 meses, Iñaki Urdangarín, cunhado do rei de Espanha, soube esta terça-feira que poderá sair da prisão duas vezes por semana para fazer voluntariado numa instituição que ajuda …

Criança com anemia aplástica grave submetida a transplante inédito em Portugal

Um menino de quatro anos com anemia aplástica grave foi submetido a um transplante com células estaminais de sangue do próprio cordão umbilical, um tratamento inédito em Portugal realizado no Instituto Português de Oncologia (IPO) …

Renováveis baixaram fatura da luz em 2,4 mil milhões na última década

A produção de eletricidade a partir de fontes renováveis permitiu ao sistema elétrico português acumular uma poupança de 2,4 mil milhões de euros ao longo dos últimos 10 anos. Esta é a principal conclusão de um …

Constitucional chumba barrigas de aluguer pela segunda vez

O Tribunal Constitucional chumbou, esta quarta-feira, pela segunda vez, o diploma do Parlamento sobre gestação de substituição, depois de um chumbo no ano passado. O BE apresentou uma proposta em que se previa "que a gestante …

Furacão Humberto ganha força a caminho das Bermudas

O furacão Humberto aumentou de intensidade nas últimas horas e atingiu a categoria 3 a caminho das Bermudas, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC) nesta quarta-feira. O terceiro furacão da temporada no Atlântico, …