Surto de sarna no Hospital de Viseu obriga quase 100 pessoas a fazer tratamento

Tânia Rêgo / ABr

-

Um surto de sarna no hospital de Viseu obrigou cerca de uma centena de pessoas, entre doentes e profissionais de saúde, a fazerem tratamento contra a doença.

“Temos um surto de sarna que se manifestou no serviço de ortopedia A do hospital, que tem também camas adstritas à Medicina Física e de Reabilitação, onde esteve internado um doente a quem, no dia 19 de maio, foi feito o diagnóstico de sarna”, explicou o presidente do Centro Hospitalar Tondela Viseu, Cílio Correia.

Segundo o responsável, “nessa altura, oito enfermeiros e sete assistentes operacionais fizeram o tratamento e ausentaram-se” e “tentou-se fazer o tratamento dos doentes que tiveram uma ligação direta ao doente infetado, só que, entretanto, surgiram outros com sintomatologia”.

Cílio Correia referiu à Lusa que como surgiram novos casos suspeitos, “alargou-se o contexto e interveio a comissão de controle de infeção”, tendo sido decidido não haver novas admissões no serviço de ortopedia A e Medicina Física e de Reabilitação. Neste serviço existem 26 camas, estando quatro delas adstritas à Medicina Física e de Reabilitação.

Os doentes destas enfermarias fazem o tratamento profilático que está recomendado, que é o benzoato de benzilo, e não se deslocam do serviço para tratamentos ou outros procedimentos que possam ser adiados até ao términos do tratamento profilático, que são três dias mais um (três dias de aplicação do líquido mais um de profilaxia)”, explicou.

Também “os profissionais sintomáticos e os assintomáticos com exposição estão a fazer tratamento com o benzoato de benzilo”, sendo que aqueles que tiveram sintomas “não devem trabalhar até 24 horas depois do tratamento”, ou seja, estarão ausentes do serviço quatro dias, acrescentou.

O médico explicou que a sarna se transmite “com relativa facilidade, fundamentalmente por contacto direto”, sendo que “o risco de contágio aumenta e está relacionado com o número de ácaros que existem na pessoa infetada”.

Segundo Cílio Correia, o número de pessoas a necessitar de tratamento pode aumentar, “porque às vezes as manifestações não são imediatas”. “Por isso é que estamos a fazer o tratamento profilático a todos os que tiveram contacto direto”, frisou.

O presidente do Centro Hospitalar Tondela Viseu acrescentou que, na próxima semana, será feito um ponto de situação e “a comissão de controle de infeção dirá o que fazer a seguir”. “Depois do tratamento profilático, se não surgirem novos casos, damos isto por encerrado e a enfermaria só abrirá depois de higienizada e desinfetada”, afirmou.

Esta manhã, escreve a TSF, o presidente do Conselho de Administração avançou que ao todo são 22 os doentes que estão a receber tratamento, assim como 76 funcionários, entre enfermeiros e auxiliares que estiveram em contacto com os utentes contagiados.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Obama critica de Trump. "Cada um de nós deve exigir mais dos nossos líderes"

O ex-Presidente norte-americano, Barack Obama, considerou esta terça-feira que o seu sucessor, Donald Trump, ignorou os avisos sobre os riscos de uma pandemia do novo coronavírus, e recordou o mesmo comportamento quanto às alterações climáticas, …

Covid-19. Hotel cinco estrelas na Austrália vai acolher sem-abrigo

A Austrália vai levar a cabo um projeto piloto que visa retirar das ruas alguns sem-abrigo e transferi-los para hotéis de luxo, protegendo-os assim do novo coronavírus oriundo da China (Covid-19).  O projeto, Hotels With Heart, …

Red Bull equacionou infeção voluntária dos seus pilotos

Um responsável da Red Bull admitiu que propôs aos pilotos da marca austríaca, que participa no Mundial de Fórmula 1, uma estratégia de infeção voluntária de covid-19, visando ficarem imunes no início da temporada. Helmut Marko …

TAP avança com lay-off para 90% dos trabalhadores (e reduz atividade para cinco voos semanais)

Numa mensagem enviada aos seus funcionários, a TAP revelou que vai mesmo avançar com um processo de 'lay-off' para 90% dos trabalhadores e com a redução do período normal de trabalho em 20% para os …

Estado vai devolver 3 mil milhões em reembolsos do IRS

O Estado vai devolver 3 mil milhões de euros aos contribuintes em reembolsos do IRS, cuja entrega arranca esta quarta-feira e se estende até 30 de junho. A informação foi avançada pelo ministro de Estado, …

Há quatro infetados no sistema prisional. Estão todos em isolamento domiciliário

O Ministério da Justiça revelou esta terça-feira que aumentou para quatro o número de infetados com covid-19 no sistema prisional e que estão todos em isolamento domiciliário segundo indicação da saúde pública. Em comunicado, o Ministério …

Sousa Cintra diz que Rafael Leão "não ficou no Sporting porque foi apertado"

Sousa Cintra, ex-líder da SAD do Sporting no tempo da Comissão de Gestão, lamenta a rescisão do jogador Rafael Leão, considerando que "ele não continuou porque foi apertado". O jovem jogador foi, recentemente, condenado a …

Portugal tem há cinco dias os mesmos 43 recuperados. DGS e especialistas explicam porquê

Portugal regista, desde o passado dia 27 de abril, os mesmos 43 recuperados da Covid-19, segundo os boletins epidemiológicos diários da Direção-Geral da Saúde. Questionado pela agência Lusa sobre a estagnação no número de altas hospitalares …

Morreu o coronel Andrade de Moura, um dos capitães de Abril

A Câmara Municipal de Estremoz, no distrito de Évora, prestou esta terça-feira homenagem ao coronel Andrade de Moura, um dos capitães de Abril de 1974, que morreu no passado dia 23 de março aos 86 …

À boleia da pandemia, Parlamento da Hungria reforça poderes de Viktor Orbán

O Parlamento húngaro aprovou, esta segunda-feira, uma série de medidas para fazer face à pandemia de covid-19, entre as quais um projeto de lei que permite o estado de emergência por tempo indeterminado. De acordo com …