Suíços querem limitar trabalhadores estrangeiros. E agora?

N. Palmer (CIAT) / CGIAR Climate / Flickr

-

A França e a Alemanha manifestaram-se hoje preocupadas com o resultado do referendo da Suíça para instituir quotas anuais para os imigrantes da União Europeia. Veja também a revista de imprensa dos principais jornais.

O “sim” ao endurecimento da política de imigração suíça, que prevê restrições que abrangem cidadãos de países da União Europeia, ganhou com 50,34% dos votos, num referendo em que a participação superou os 50%.

Na reação, o ministro das finanças alemão, Wolfgang Schaeuble, disse que o voto provocará “uma quantidade de dificuldades para a Suíça”, enquanto o ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Laurent Fabius, avisou que “prejudicará a Suíça por ser egocêntrica”.

A comissária europeia da Justiça, Viviane Reding, disse ao Financial Times que “o mercado único não é um queijo suíço: não se pode ter um mercado único com buracos”.

Por seu turno, Laurent Fabius declarou à rádio RTL que o resultado do referendo é “má notícia, tanto para a Europa como para a Suíça” e que a Europa irá “rever as suas relações” com a Suíça.

“É um voto preocupante porque significa que a Suíça quer fechar-se sobre si mesma (…) e é paradoxal porque a Suíça faz 60% do seu comércio externo com a UE”, sublinhou o ministro dos Negócios Estrangeiros francês.

Os acordos bilaterais entre a Suíça e a UE demoraram anos a negociar. Desde 2007, a maioria dos 500 milhões de residentes da UE estavam em pé de igualdade com os cidadãos suíços no acesso ao mercado de trabalho naquele país, em resultado de um a política aprovada em referendo em 2000.

No entanto, um movimento liderado pelo pela extrema direita conseguiu reverter o acordo, argumentando ter sido um erro enorme.

Revista de imprensa

A imprensa europeia questiona-se também sobre as consequências do sucesso do referendo suíço contra a imigração, nomeadamente as relações da confederação helvética com a União Europeia.

O jornal francês Libération escreveu que com esse resultado, “os suíços fecham as fronteiras”. O politólogo Jean-Yves Camus refere numa coluna de opinião que “o egoísmo económico é a principal componente deste voto”. “Os Suíços votaram para a instauração de quotas”, anuncia por seu turno Le Figaro.

Na Alemanha, o jornal Die Welt estima que “a Suíça deve rever a sua proximidade com a UE”. “Continuar assim não é uma opção. O (partido nacionalista) UDC vai aprender como é difícil separar os aspetos positivos dos contratos bilaterais com Bruxelas dos aspectos indesejados”, sublinha o diário.

Já o Berliner Zeitung mostrou-se mais compreensivo: “Os que criticam o medo de serem invadidos por estrangeiros deveriam pelo menos refletir sobre o facto de na Suíça, a percentagem de estrangeiros ser, com 23% da população total, quase três vezes superior à da Alemanha.”

Em Espanha, o El País publicou na sua página de Internet que “o resultado vai forçar a União Europeia a repensar a sua estreita relação com a Suíça e pôr fim à livre circulação de pessoas em vigor desde 2002”. Este referendo “abrirá uma crise política séria entre os dois interlocutores“, lê-se.

Na sua versão em papel, o El País publica um editorial intitulado “Consequências perversas”, no qual afirma que “a vitória dos opositores à imigração em massa na Suíça terá consequências para todos na Europa“.

“Não apenas isso colocará em questão o acordo sobre a livre circulação de pessoas estabelecido com a UE, como reflete também a agitação populista e xenófoba que percorre o velho continente a menos de três meses das eleições europeias”. “Trata-se do pior resultado possível para a maioria dos políticos e empreendedores suíços”.

Para o jornal ABC, este referendo “coloca em perigo os laços [da Suíça] com a União Europeia”. “Este resultado surpreendeu a classe política e representa um duro golpe para a política europeia do Conselho Federal, que deve agora repensar as suas relações políticas com a UE”, escreveu.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Na Suiça o povo é quem mais ordena.O povo da Confederação Hélvetica, entenda-se.Há aguardar pela vontade do povo soberano que este é.

RESPONDER

Jesus: "Quem se vai defrontar são duas equipas e não dois treinadores"

O treinador do Benfica relativizou o conhecimento que Rui Vitória tem dos encarnados e recordou que quem se vai defrontar, esta quarta-feira, "são duas equipas e não dois treinadores". "Obviamente que os treinadores portugueses conhecem …

Profissionais de saúde já realizaram 11,5 milhões de horas extras em 2021. Estão prestes a bater novo recorde

Em apenas seis meses, os profissionais de saúde do SNS realizaram dois terços de todas as horas extraordinárias prestadas em 2020. Segundo noticia o jornal i, o Serviço Nacional de Saúde (SNS) deverá, este ano, bater …

Portugal vai reconhecer AstraZeneca de fabrico indiano e chinesa Sinovac

Portugal prepara-se para reconhecer as vacinas contra a covid-19 da AstraZeneca de fabrico indiano e a chinesa Sinovac, que são usadas noutros países. A SIC Notícias avança, esta quarta-feira, que a decisão da Autoridade Nacional do …

Cuidadores informais receberam apenas 8% dos subsídios previstos

Dos 635 pedidos submetidos, provenientes dos 30 concelhos que integram o projeto-piloto, apenas 383 foram aceites, com os beneficiários a receberem ma média de 281,96 euros por mês. A implementação do Estatuto do Cuidador Informal — …

Choque entre dois comboios faz pelo menos dois mortos e dezenas de feridos na República Checa

Uma colisão entre comboios, na manhã desta quarta-feira, fez pelo menos dois mortos e dezenas de feridos perto de Milavce, na República Checa. Dois comboios de transporte de passageiros colidiram no sudoeste da República Checa esta …

Milhares de ossos de várias espécies encontrados numa caverna na Arábia (e já se sabe quem foi o culpado)

Um equipa de cientistas encontrou uma enorme coleção de ossos pertencentes a várias espécies no fundo de um antigo tubo de lava no noroeste da Arábia Saudita. Ao analisar os ossos, os investigadores perceberam que centenas …

Presidente da República promulgou proibição de deputados na direção de clubes

Na terça-feira, Marcelo Rebelo de Sousa promulgou um conjunto de alterações ao Estatuto dos Deputados. Um das medidas aumenta as incompatibilidades dos membros do Parlamento e que foi aprovado por uma das chamadas "maiorias negativas". Os …

Messi renovou, mas...

...o Barcelona vai ter problemas para anunciar oficialmente a prolongação do seu contrato. A LaLiga não vai abrir exceções, no que diz respeito às contas dos clubes. As últimas semanas têm apontado para a renovação de …

Estado vai passar a ser o único acionista da TAP

O Estado português vai passar a ser o único acionista da TAP, depois de uma operação para limpar os prejuízos. O Estado vai passar a ser o único acionista da TAP, depois de uma operação para …

A dieta vegetariana pode estar associada a altos níveis de depressão

Um novo estudo revela que a dieta vegetariana pode estar associada a níveis mais altos de depressão. A pesquisa envolveu quase 50 mil pessoas. A pesquisa foi realizada com base em estudos existentes que ligam o …