Suécia vai dar benefícios fiscais a quem consertar os seus aparelhos (em vez de os deitar fora)

A medida legislativa, proposta pelo partido Democrata em parceria com o Partido Verde, é ainda uma proposta parlamentar – mas já causa furor.

Reduzir a quantidade de coisas que deitamos fora é fundamental para diminuir a produção de lixo no mundo. Para tal, é necessário remar contra a maré do consumo desenfreado e praticar um consumo consciente e responsável.

Não é tarefa fácil. Afinal de contas, somos educados a que comprar coisas novas é essencial – até por uma questão de estatuto social.

Mas na Suécia os cidadãos têm agora um incentivo extra para pensarem duas vezes antes de comprar alguma coisa nova – só porque algum outro objecto se avariou.

Uma medida legislativa, proposta pelo partido Democrata em parceria com o Partido Verde, prevê a redução de taxas para os cidadãos que consertarem bens de consumo – como bicicletas, roupas e sapatos – em vez de os deitar fora e ir a correr para a loja mais próxima para comprar outro.

A medida prevê que as pessoas que prestam serviços de reparação tenham impostos reduzidos de 12% a 25% – valor não negligenciável num dos países com maior carga fiscal do mundo.

Para aparelhos de grande porte e complexidade, como os electrodomésticos, a proposta prevê o reembolso de taxas, o que significa metade do custo do serviço.

De acordo com os proponentes, a medida permitirá ainda reduzir os custos anuais de reciclagem e aumentar os empregos no sector dos serviços de reparações.

“Acredito que está a acontecer uma mudança de paradigma“, explica Per Bolund, Ministro das Finanças da Suécia, ao jornal britânico The Guardian.

“O conhecimento de que precisamos de fazer com que as nossas coisas durem mais tempo, para reduzirmos o consumo de novos materiais, está a espalhar-se”, acrescenta Bolund.

A Suécia foi notícia nos últimos tempos por emprestar bicicletas a quem quiser deixar o carro em casa, atingir a marca de 99% do seu lixo reciclado e desistir das Olimpíadas para investir em moradias públicas.

Mais alguém está com vontade de ir viver para lá?

ZAP / The Greenest Post

PARTILHAR

RESPONDER

Governante sugere "chazinhos e bolos" para acabar com agressões nas salas de espera dos hospitais

"Salas de espera com bom aspecto, com televisão, revistas" e com "chazinhos e bolos" podem ajudar a reduzir o "clima de tensão" que se vive em alguns hospitais, contribuindo para acabar com as agressões a …

Detidos cinco suspeitos da morte de jovem cabo-verdiano em Bragança

A Polícia Judiciária anunciou, esta sexta-feira, que foram detidos cinco homens, suspeitos de estarem envolvidos na morte do estudante cabo-verdiano, em Bragança. A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, em comunicado, que procedeu, esta quinta-feira, a "buscas domiciliárias, …

Cláudio Monteiro renuncia a cargo de juiz do Tribunal Constitucional

O juiz renunciou ao mandato do Tribunal Constitucional por ter sido, entretanto, nomeado Juiz Conselheiro do Supremo Tribunal. O juiz Cláudio Monteiro renunciou, esta quinta-feira, ao mandato de juiz do Tribunal Constitucional (TC), de acordo com …

Proposta do BE sobre IVA da energia vai ser rejeitada pelo Governo, revela PS

Uma proposta do Bloco de Esquerda (BE) para reduzir o IVA sobre a eletricidade e o gás natural, sem impacto no Orçamento de Estado para 2020, vai ser rejeitada pelo Governo, por não corresponder à sua …

Petição quer enfermeiros como profissão de desgaste rápido e subsídio de risco. 2.500 já assinaram

Mais de 2.500 pessoas já assinaram uma petição online que defende a atribuição do estatuto de profissão de desgaste rápido aos enfermeiros, bem como a atribuição de um subsídio de risco. No texto, os promotores defendem …

Para os norte-americanos, Portugal é o melhor país para gozar a reforma

Para os norte-americanos, Portugal é o melhor país para gozar a reforma depois de uma vida de trabalho. Os custos de vida, o clima e as pessoas são alguns dos motivos que levam os pensionistas …

Berardo apresenta recurso contra arresto de imóveis de luxo

Joe Berardo apresentou um recurso contra o arresto a dois imóveis de luxo em Lisboa. As propriedades foram arrestadas pela Caixa Geral de Depósitos por dívidas superiores a 300 milhões. O empresário madeirense Joe Berardo interpôs …

Para além de autocarros, Cascais quer comboios gratuitos dentro do município

Desde 1 de janeiro de 2020, Cascais tornou-se no primeiro concelho do país a ter transportes públicos rodoviários gratuitos. Agora, quer alargar a iniciativa aos comboios. "Estamos a abrir um novo paradigma, que encara a mobilidade …

Governo convoca sindicatos para negociar aumentos acima dos 0,3%

O Governo convocou as estruturas sindicais da administração pública para voltar a negociar a proposta dos aumentos salariais de 0,3% para este ano. De acordo com a agência Lusa, o Governo convocou as estruturas sindicais da administração …

Governo prepara injeção final de 1400 milhões no Novo Banco

Desde a venda, em outubro de 2017, o Estado já injetou 1,9 mil milhões de euros no Novo Banco. Agora, o Fundo de Resolução estuda injetar mais 1,4 mil milhões. O Fundo de Resolução e o …