Subsistema de saúde dos militares tem dívida de 90 milhões. Ministro da Defesa garante solução

Estela Silva / Lusa

O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho

O ministro da Defesa Nacional garantiu para “hoje [segunda-feira] ou amanhã [terça-feira]” ainda um anúncio conjunto com o Ministério das Finanças sobre regularização da dívida do Instituto de Ação Social das Forças Armadas (IASFA), que ascende a cerca de 90 milhões de euros.

A rádio TSF noticiou esta segunda-feira um alerta da Associação Portuguesa de Hospitalização Privada (APHP) para a situação “insustentável” do IASFA, que não procede aos pagamentos em falta há ano e meio, sobretudo a operadores privados de saúde, devendo hoje mesmo ser suspensa a convenção que permite os tratamentos de militares nas unidades de saúde Lusíadas, por exemplo.

“Trata-se de uma matéria que não é de hoje. Tem uns 15 anos, à vontade. Temos vindo a trabalhar intensamente com o Ministério das Finanças. Creio que ainda durante o dia de hoje ou de amanhã, o mais tardar, teremos oportunidade de fazer um anúncio sobre uma posição conjunta dos ministérios com vista a atenuar as dívidas acumuladas ao longo destes anos, fruto de um sistema mal desenhado e, convenhamos, de uma gestão que não tem sido a melhor no IASFA”, disse João Gomes Cravinho, citado pela agência Lusa.

O responsável pela tutela respondia a perguntas de jornalistas à margem do seminário “Promoção da Igualdade de Género na Comunidade de Países de Língua Portuguesa” (CPLP), no Instituto Universitário Militar, em Lisboa.

João Gomes Cravinho, contudo, recusou adiantar pormenores sobre a iniciativa ministerial conjunta, além de que se vai tratar de “abatimento da dívida e, sobretudo, planeamento do que se espera para os próximos anos”, prevendo-se a normalização da situação do IASFA, “em quantidades suficientes”.

“O mais importante é assegurar à família militar que esses esforços estão a fazer o seu caminho e que não se devem preocupar em relação à possibilidade de continuarem a aceder aos tratamentos de que tenham necessidade”, afirmou.

Ainda segundo a TSF, a Associação de Oficiais das Forças Armadas (AOFA) avisou que os militares estão “zangados” com a questão, temendo que mais unidades de saúde privadas possam vir a suspender os acordos que mantêm com o IASFA para atendimento de elementos das Forças Armadas em virtude da falta de cumprimento das dívidas.

No passado dia 27 de setembro, o Grupo Lusíadas Saúde já tinha tomado a decisão de suspender as convenções com o IASFA, devido a uma dívida de cerca de 7,8 milhões de euros, de acordo com um documento a que a Lusa teve então acesso.

No documento diz-se que o Conselho de Administração vai suspender as atuais convenções no regime concessionado do IASFA e que só aplica o atual acordo a beneficiários com consultas, exames e cirurgias até 21 de outubro.

O Grupo falava de “incumprimento reiterado” dos pagamentos e disse que nos últimos meses tentou junto do Instituto que houvesse um plano de regularização da dívida.

Apesar da abertura para resolver o problema, o IASFA não chegou a fazer qualquer proposta, “alegadamente devido à inexistência das condições e autorizações necessárias por parte das tutelas”, segundo o documento a que a Lusa teve acesso.

A manutenção da atual situação, com as dividas a acumularem-se diariamente, é “absolutamente insustentável para a Lusíadas Saúde”, referiu também o documento.

Apesar de dizer que se mantém disponível para uma solução, o Grupo afiançou que a partir de dia 21 de outubro as consultas, exames ou cirurgias fazem-se mediante o pagamento dos preços previstos no regime livre.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Claro… tal como o nome indica o “subsistema de saúde dos militares” deveria ser para o militares; não para as esposas/maridos, filhos, pais, cães, gatos, etc….
    Assim não chega para tudo e, no fim, ou vai para a saúde dos militares que realmente precisam, ou vai para a mulher do Coronel fazer plásticas ou colocar implantes!…
    É ver isso e fazer a escolha!

RESPONDER

Mais três mortes e 802 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quarta-feira, mais três mortes e 802 novos casos de infeção por covid-19 em relação a terça-feira, mostra o boletim mais recente da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da …

"Vista invejável". Presidente de Almada diz que ia viver para o Bairro Amarelo "amanhã"

A presidente da Câmara de Almada afirmou esta segunda-feira, na reunião pública ordinária da autarquia, que não se importava de ir viver "amanhã" para o Bairro Amarelo, frisando a sua vista "invejável". "Almada tem este …

Aulas de Educação Moral e Religiosa juntam alunos de turmas diferentes. Sistema "bolha" violado

Há escolas em que a disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) está a juntar alunos de turmas diferentes, violando assim as recomendações das autoridades por causa da pandemia e pondo em causa o …

Autárquicas. PS e PSD têm de renovar 33 presidentes de câmara

PS e PSD têm, no total, 33 presidentes de câmara que não se poderão recandidatar nas próximas eleições autárquicas, uma vez que já atingiram o limite de três mandatos consecutivos. Os números são apresentados esta …

Trump diz que evitou cenário de mais de 2,5 milhões de mortos nos Estados Unidos

Esta terça-feira, Donald Trump disse que que evitou o cenário dos Estados Unidos registarem mais de dois milhões de mortos por covid-19 e culpou a China por "deixar a praga escapar". O Presidente dos Estados Unidos …

Boris endurece discurso e admite que novas medidas podem prolongar-se por seis meses

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, avisou esta quarta-feira que um pacote de medidas mais apertadas para combater a pandemia do novo coronavírus (covid-19), incluindo o encerramento de bares e restaurantes às 22:00, pode ficar em …

Novo estudo já marcou data para o fim da pandemia (e normalidade pode estar para breve)

Um novo estudo da McKinsey prevê que o fim da pandemia só deve chegar no terceiro ou no quarto trimestre de 2021 nos países desenvolvidos. Contudo, o retorno à normalidade deve acontecer mais cedo. O artigo …

Torre Eiffel evacuada devido a ameaça de bomba

A Torre Eiffel foi evacuada ao fim da manhã desta quarta-feira na sequência de uma ameaça de bomba, avança a imprensa internacional.  A notícia foi avançada pelo jornal francês Le Figaro e pela agência Reuters. De acordo …

Plano de Recuperação. CGTP deixa aviso em relação ao salário mínimo, CIP apoia aposta do Governo

António Costa reuniu-se esta terça-feira com os parceiros sociais a propósito do Plano de Recuperação e Resiliência. Isabel Camarinha, secretária geral da CGTP, considera que a resposta do Governo face à valorização dos salários é …

Putin estará a comandar campanha para denegrir Biden, admite CIA

Esta terça-feira foi divulgado um documento da CIA que aponta para interferência russa na degradação da imagem de Joe Biden. Vladimir Putin está "provavelmente a comandar" uma campanha para denegrir Joe Biden, candidato do Partido Democrata …