Subsídio europeu de 150 euros mensais para tirar 5 milhões de crianças da pobreza severa

Arrancou nesta sexta-feira, no Porto, a Cimeira Social promovida pela presidência portuguesa do Conselho da União Europeia. Um momento que o ex-ministro Pedro Marques aproveita para lançar a ideia de um novo apoio social de 150 euros mensais, para tirar 5 milhões de crianças da pobreza severa na Europa.

A UE tem de ter a “ambição de sonhar” numa Europa com um “novo coração social”. As palavras poéticas são de Pedro Marques, ex-ministro do Planeamento e das Infraestruturas, que quer passar dos discursos bonitos às acções efectivas.

Assim, propõe a criação de um novo subsídio social, com a “transferência de 150 euros por mês para cada família com crianças” em situação de pobreza extrema.

Uma ideia que avança em declarações ao Público, notando que essa pode ser a forma de a Europa acabar com “5 milhões de crianças em pobreza extrema” que existem actualmente.

Seria uma despesa de 10 mil milhões de euros por ano, mas teria “um efeito brutal”, considera ainda o vice-presidente do Grupo Socialista no Parlamento Europeu.

Numa intervenção feita no âmbito da Cimeira Social, Pedro Marques pediu aos Estados-membro da UE para sonharem “alto sobre o fim da pobreza infantil” e para, assim, acabarem com “as formas mais graves de pobreza, pondo o dinheiro onde está o discurso”.

Assim, vincou que “150 euros por mês [distribuídos a cada família] serão decisivos para retirar 5 milhões de crianças da pobreza extrema em todos os países europeus”.

Pobreza e emprego marcam Cimeira Social

A Cimeira Social arrancou, nesta sexta-feira, no Porto, com a presença de 24 dos 27 chefes de Estado e de Governo da UE, num evento que pretende definir a agenda social da Europa para a próxima década.

A alemã Angela Merkel e o holandês Mark Rutte não marcam presença na Cimeira devido à pandemia de covid-19, enquanto que o maltês Robert Abela está ausente por se encontrar de quarentena.

Naquele que é um dos momentos altos da presidência portuguesa da UE, esperam-se mais de 100 participantes.

A Cimeira desdobra-se numa conferência, nesta sexta-feira, na Alfândega do Porto, com líderes políticos e institucionais, parceiros sociais e sociedade civil, e num Conselho Europeu informal, no sábado, no Palácio de Cristal.

Desse encontro informal, Portugal espera um compromisso político com a agenda social europeia que deverá adoptar o nome Declaração do Porto.

Os grandes temas da Cimeira são a promoção do emprego e da formação, bem como a redução do risco de pobreza e de exclusão social.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Prevejo um futuro muito negro…
    As políticas populistas esquerdoides estão a marcar a actualidade. Ele é a expropriação compulsiva das habitações privadas, ele é a proibição de cultivar a propriedades privadas (levaria muito tempo para explicar isto), ele é a atribuição de subsídios a quem nada faz… Isto está por pouco! Não vai acabar bem…

  2. Prevejo um futuro muito negro…
    As políticas populistas esquerdoides estão a marcar a actualidade. Ele é a expropriação compulsiva das habitações privadas, ele é a proibição de cultivar a propriedades privadas (levaria muito tempo para explicar isto), ele é a atribuição de subsídios a quem nada faz… Isto está por pouco! Não vai acabar bem…

  3. … por muito boa que seja a intenção, o resultado mais visível seria apenas enriquecer as etnias subsidio-dependentes que se orgulham em não trabalhar e aumentar o numero de crianças “educadas” pelos mesmos princípios. O problema da pobreza financeira é grave mas primeiro é necessário resolver o problema da pobreza de espírito.

  4. “penso eu de que…”, E pensa muito bem! “Eles” agora dão o peixe, já não ensinam a pescar… Não é por nada, mas é proibido pescar… É proibido pescar, é proibido plantar batatas, é proibido matar galinhas, é proibido fazer azeite, é proibido cortar as ervas daninhas… Como querem que alguém trabalhe??

RESPONDER

IGAI abre processo ao protesto do Movimento Zero. Manifestante fez a saudação fascista

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) anunciou, esta terça-feira, que abriu um processo administrativo à manifestação dos elementos das forças de segurança que pertencem ao Movimento Zero, tendo pedido informações à Polícia de Segurança Pública …

Iniciativa Liberal garante que sardinhada de S. João é um “jantar como outro qualquer”

O evento foi divulgado ontem no Facebook mas acabou por ser retirado ao fim da tarde da página do partido para não gerar “más interpretações”. Ao contrário do “Arraial Liberal”, que se realizou em Lisboa, …

Membros do comando saudita que assassinou Khashoggi foram treinados nos EUA

Os quatro membros do comando que matou o jornalista saudita Jamal Khashoggi, em 2018, terão recebido formação paramilitar nos Estados Unidos. O jornal norte-americano The New York Times noticiou, na terça-feira, que quatro membros do comando …

Homem de etnia cigana morre após polícia pressionar joelho no seu pescoço. Caso já é comparado ao de Floyd

O caso ocorreu na República Checa. Um homem de etnia cigana morreu depois de um polícia ter pressionado o joelho sobre o seu pescoço durante vários minutos. A vítima, Stanislav, de 40 anos, viria a …

Relatório dos Sistemas de Saúde arrasa gestão da pandemia

O Relatório de Primavera 2021, do Observatório Português dos Sistemas de Saúde, critica a gestão da pandemia em Portugal, salientando que "não estamos a aprender ainda, com a experiência da pandemia, aquilo que seria necessário …

Líderes independentistas catalães já começaram a sair da prisão

Os nove líderes independentistas catalães que receberam o indulto do Governo espanhol começaram, esta quarta-feira, a sair das prisões onde se encontravam. A ex-presidente do parlamento regional Carme Forcadell foi a primeira a abandonar o estabelecimento …

Afinal, Bruxelas não vai restringir conteúdos britânicos na TV e no streaming

A Comissão Europeia desmentiu o facto de estar a ser preparada uma alteração legislativa para restringir a difusão de conteúdos audiovisuais produzidos no Reino Unido na programação das estações televisivas ou nas plataformas de streaming …

Altice culpa ANACOM e Governo por despedimento colectivo (e ameaça deixar Portugal)

A Altice anunciou o despedimento colectivo de quase 300 trabalhadores depois das saídas de cerca de mil funcionários por mútuo acordo. Mas admite que continua a ter colaboradores "dispensáveis" e deixa o alerta de que …

PCP encerra jornadas parlamentares com sete páginas de críticas ao Governo

Sete páginas do discurso de encerramento das jornadas parlamentares do líder parlamentar do Partido Comunista Português (PCP), João Oliveira, foram dedicadas às queixas contra o Governo e o PS. As jornadas parlamentares do PCP terminaram com …

Um terço dos internados em UCI em Lisboa estava vacinado com a primeira dose

Cerca de um terço dos doentes com covid-19 internados em unidades de cuidados intensivos (UCI) na região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT) já estava vacinado com a primeira dose quando deu entrada no …