Sporting vs Benfica | Lindelöf anula entrada de “leão”

goalpoint-sporting-benfica-liga-nos-201617-1068x522

O dérbi lisboeta deu em empate 1-1. O Sporting entrou melhor em campo, marcou cedo de pénalti, por Adrien Silva, mas a partir daqui o Benfica foi obrigado a ir atrás do resultado e empatou, por Lindelöf.

Um encontro equilibrado na maior parte dos detalhes de jogo, com ascendência “encarnada” nos remates e nos disparos enquadrados. Os “leões” acabaram por marcar no único remate em que acertaram com a baliza, com Dost em dia de atípico desperdício.

Enquanto isso, o Benfica completou os jogos com os outros dois “grandes” sem sofrer qualquer derrota, em contraste com o que aconteceu na época passada.

O Jogo explicado em Números

  • Entrada de rompante do Sporting, e aos cinco minutos já estava 1-0 para os homens da casa. Ederson fez penálti sobre Bas Dost, num lance de pura desconcentração, e Adrien Silva cobrou com competência o castigo máximo. Foi ao terceiro remate dos “leões”, o primeiro enquadrado.
  • O Benfica reagiu e, por volta do quarto-de-hora, já tinha mais bola – 59% – mas o Sporting tinha os três remates, todos eles realizados dentro da grande área “encarnada”, para além de 54% de duelos individuais ganhos.
  • Por volta dos 25 minutos o habitualmente discreto Bas Dost – não estamos a falar em finalização… – tinha já ganho cinco dos seis duelos que disputara, quatro de cinco no jogo aéreo, mas havia perdido seis vezes a bola, em dez vezes que lhe tocou.
  • O Benfica assumiu definitivamente o domínio da posse de bola, com 57% por volta dos 35 minutos, mas o Sporting não dava espaços. Nem na direita, por onde o Benfica atacara em 55% das vezes até esta fase, com Nélson Semedo, Salvio e Cervi a caírem nesse flanco, a tentar surpreender Jefferson.
  • Primeira parte marcada pelo erro de Ederson, que deu a Adrien Silva a possibilidade de colocar o Sporting na frente de penálti. A partir deste momento o Benfica assumiu as despesas de jogo e atacou mais, com 60% de posse de bola e cinco remates, dois deles enquadrados.
  • O Sporting somou três (um à baliza), mas todos de dentro da grande área benfiquista. Grimaldo era, nesta altura, o mais influente em campo, com um GoalPoint Rating de 6.3, fruto de um remate (enquadrado), quatro de sete duelos ganhos, quatro desarmes e um cruzamento eficaz em uma tentativa. Uma palavra para Coates que, com sete alívios, mantinha o perigo longe de Rui Patrício.
  • Novamente o Sporting a reentrar melhor em jogo, com Bas Dost a ter duas boas ocasiões para marcar, uma de cabeça, uma outra em que enrolou o remate e a bola saiu perto do poste. Nos primeiros 15 minutos da segunda parte o Sporting registou três remates, o Benfica um, nenhum enquadrado dos dois lados, e os “leões” somavam 57% de posse nesta fase.
  • Porém, aos 66 minutos, Lindelöf empatou na cobrança irrepreensível de um livre directo descaído para a esquerda. Foi o oitavo remate do Benfica, o terceiro na segunda parte, num total de quatro enquadrados.
  • Jogo “rasgadinho” e com muita luta, e aos 71 minutos já se registavam 36 faltas, 20 cometidas pelo Sporting, 16 pelo Benfica. Bruno César, com seis (cinco na primeira parte), e Alan Ruiz, com cinco, eram os mais faltosos. Salvio era quem mais faltas tinha sofrido, sete.
  • Final de jogo mais desinspirado, e com o Sporting a tentar chegar ao golo, mas a frescura faltava às duas equipas, pelo que o resultado não mais se alterou.

O Homem do Jogo

Adrien Silva marcou um golo e foi um trabalhador incansável durante toda a partida, a defender e a construir jogo. O médio foi o melhor em campo, com um GoalPoint Rating de 6.9, fruto também de um passe para ocasião, 86% de passes certos, 11 duelos ganhos em 16 disputas, duas tentativas de drible certas em três. E ainda fez seis desarmes, o máximo, a par de Nélson Semedo.

Jogadores em foco

      • Lindelöf 6.2 – Estava a ter muitas dificuldades com Bas Dost, ganhando apenas três dos oito duelos aéreos que disputou, mas o “golaço” que marcou apaga tudo. Decisivo.
      • Paulo Oliveira 6.1 – O melhor na defesa do Sporting. Sempre muito sóbrio, desarmou quatro vezes e não se coibiu de recorrer ao alívio (cinco vezes) quando foi preciso.
      • Grimaldo 5.9 – Grande duelo com Gelson Martins, do qual saiu com alguns embaraços, mas também somou cinco desarmes e ía marcando de livre directo.
      • Bas Dost 4.9 – Fortíssimo no jogo aéreo, ganhou oito dos 11 duelos que disputou, mas de resto não foi o Bas Dost que nos habituou, falhando uma ocasião flagrante e 17 das suas 30 tentativas de passe.
      • Pizzi 6.1 – Esteve em todo o lado, a defender, a atacar, a organizar. Um autêntico cérebro que equilibrou toda a equipa do Benfica. Tocou 76 vezes na bola, recuperou-a dez vezes e fez três desarmes e um passe para ocasião.

Resumo

goalpoint-sporting-benfica-liga-nos-201617-ratings

PARTILHAR

RESPONDER

Rio abre o jogo sobre o futuro do PDS. Não se recandidata se fizer "igual, pior ou muito pouquinho melhor"

Líder social-democrata deu a conhecer o que é, para o próprio, um bom resultado nas próximas autárquicas, recusou-se a falar sobre as movimentações internas no PSD, expôs o papel do partido na votação do OE …

Corpo encontrado em parque natural será de Gabby Petito

Este domingo foi encontrado um corpo no parque nacional de Wyoming, nos Estados Unidos, que corresponde ao da jovem Gabrielle Petito, que se encontrava desaparecida, anunciou a polícia federal norte-americana (FBI). "No início do dia de …

Nuno Espírito Santo admite que "muita coisa correu mal", mas não escapa às críticas

O Tottenham saiu derrotado por 3-0 do embate com o Chelsea. Nuno Espírito Santo reconheceu os problemas na equipa, que foi duramente criticada por Roy Keane. O Chelsea manteve-se no comboio dos líderes da Liga inglesa, …

Críticas às novas tabelas da ADSE em várias áreas da Saúde

A nova tabela da ADSE, que entrou em vigor a 01 de setembro, tem enfrentado críticas de vários setores da Saúde, desde dentistas a nutricionistas, principalmente pelos valores atribuídos a alguns atos, exclusões e restrições. A …

Cuba é o primeiro país a vacinar crianças a partir dos dois anos

Depois de um drástico aumento de casos e mortes em crianças, a estratégia de vacinação em Cuba mudou. Com o objetivo de ter mais de 90% dos 11 milhões de habitantes imunizados até Dezembro, as autoridades …

Penálti que deu vitória ao Sporting devia ter sido repetido

Um penálti convertido por Pedro Porro deu a vitória, este domingo, ao Sporting. Especialistas entendem que a grande penalidade devia ter sido repetida. O Sporting CP conquistou uma vitória sofrida, este domingo, após derrotar o Estoril …

Marques Mendes: Governo vai abrir discotecas e acabar com limite à lotação no comércio e restaurantes

Marques Mendes considera também que a task force para a vacinação deve ser extinta em Outubro e que em Dezembro deve ser decidida uma terceira dose para os cidadãos acima de 65 anos. No seu habitual …

OE2022: Governo negocia englobamento obrigatório de rendimentos no IRS

O englobamento obrigatório de rendimentos no IRS é uma medida que está incluída no programa do Governo e é um dos temas de grande interesse no núcleo comunista. O assunto está a ser negociado no …

Falcao marcou mas o protagonista foi o árbitro: "Já nem sei quem viu amarelo"

Falhas na comunicação com os outros árbitros e confusão numa suposta expulsão, após 13 cartões amarelos: um jogo que Cordero Vega não vai esquecer. Radamel Falcao estreou-se neste sábado pelo Rayo Vallecano e já terá reunido …

Descoberta de ossos com mais de 120 mil anos pode revelar a primeira evidência de uma fábrica de roupa

Uma equipa de arqueólogos encontrou aquela que pode ser a primeira evidência de uma fábrica de roupa. A descoberta foi feita numa caverna em Marrocos e foi datada de há cerca de 120 mil anos. Emily …