SpaceX já escolheu o primeiro turista espacial que vai dar a volta à Lua

SpaceX

O super-lançador Falcon Heavy vai ter um irmão ainda mais poderoso

A companhia aeroespacial SpaceX, fundada por Elon Musk, vai levar o primeiro turista ao espaço para que voe à volta da Lua.

A SpaceX, empresa aeroespacial de Elon Musk, revelou esta quinta-feira no Twitter que já escolheu quem será a primeira pessoa a dar uma volta à Lua no BFR, o seu novo foguete lançador.

“A SpaceX assinou com o primeiro passageiro privado do mundo para que voe à volta da Lua a bordo do nosso veículo de lançamento Big Falcon Rocket (BFR)”, afirmou a empresa.

A identidade do primeiro turista da SpaceX será revelada na próxima segunda-feira. Todo o evento poderá ser acompanhado em tempo real no canal de youtube da empresa. A empresa diz que esta missão é um “grande passo” para que “as pessoas comuns que sonham em viajar para o espaço” possam atingir o seu objetivo no futuro.

De acordo com os planos da companhia, o novo super-foguete deverá ser usado para viagens privadas à volta Terra, para a Lua e até mesmo para Marte. O BFR, com os seus 31 motores e capacidade de produzir até cinco vezes mais impulso do que os motores do Falcon, ainda precisa de ser devidamente testado.

As primeiras provas estão marcadas para 2019 e é estimado que o novo foguete alcance velocidades na ordem dos 27 mil quilómetros por hora, ultrapassando os atuais Falcon 9 e Falcon Heavy.

A SpaceX está na vanguarda da exploração espacial, mas está longe de estar sozinha. Outras empresas como a Virgin Galactic de Richard Branson, e a Blue Origin, de Jeff Bezos, que tem nos seus planos levar pessoas a 100 quilómetros de distância da Terra numa cápsula chama Blue Shepard, estão a disputar palmo a palmo este mercado.

Concebida como uma empresa com enormes ambições, entre elas levar o Homem até Marte, a SpaceX será responsável, no próximo ano, por levar quatro astronautas da NASA para o espaço nas naves Crew Dragon e Dragon 2 – um passo de gigante para a empresa, que até agora apenas lançou ao espaço um crash test dummy ao volante de um Tesla.

A NASA, que depois de ter encerrado o programa Space Shuttle deixou de ter autonomia para levar cargas e astronautas ao espaço (e depende para isso das Soyuz da agência russa Roscosmos), contratou a SpaceX e a Boeing – uma colaboração entre os setores públicos e privado com a qual quer recuperar o controlo das viagens espaciais para os EUA.

ZAP // Canal Tech / EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

NASA gravou acidentalmente a explosão de um cometa a aproximar-se do Sol

Astrónomos usaram dados do telescópio espacial TESS para estudar a explosão de um cometa durante a sua aproximação ao Sol. A investigação resultou num artigo publicado em novembro na revista científica Astrophysical Journal Letters. Foi a …

Objeto de Hoag é uma galáxia dentro de uma galáxia (que está dentro de outra galáxia)

Se observar atentamente a Constelação da Serpente poderá ver uma galáxia dentro de uma galáxia que, por sua vez, está dentro de outra galáxia. Este grande mistério do Universo é conhecido como Objeto de Hoag. Descoberto …

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …