SpaceX já escolheu o primeiro turista espacial que vai dar a volta à Lua

SpaceX

O super-lançador Falcon Heavy vai ter um irmão ainda mais poderoso

A companhia aeroespacial SpaceX, fundada por Elon Musk, vai levar o primeiro turista ao espaço para que voe à volta da Lua.

A SpaceX, empresa aeroespacial de Elon Musk, revelou esta quinta-feira no Twitter que já escolheu quem será a primeira pessoa a dar uma volta à Lua no BFR, o seu novo foguete lançador.

“A SpaceX assinou com o primeiro passageiro privado do mundo para que voe à volta da Lua a bordo do nosso veículo de lançamento Big Falcon Rocket (BFR)”, afirmou a empresa.

A identidade do primeiro turista da SpaceX será revelada na próxima segunda-feira. Todo o evento poderá ser acompanhado em tempo real no canal de youtube da empresa. A empresa diz que esta missão é um “grande passo” para que “as pessoas comuns que sonham em viajar para o espaço” possam atingir o seu objetivo no futuro.

De acordo com os planos da companhia, o novo super-foguete deverá ser usado para viagens privadas à volta Terra, para a Lua e até mesmo para Marte. O BFR, com os seus 31 motores e capacidade de produzir até cinco vezes mais impulso do que os motores do Falcon, ainda precisa de ser devidamente testado.

As primeiras provas estão marcadas para 2019 e é estimado que o novo foguete alcance velocidades na ordem dos 27 mil quilómetros por hora, ultrapassando os atuais Falcon 9 e Falcon Heavy.

A SpaceX está na vanguarda da exploração espacial, mas está longe de estar sozinha. Outras empresas como a Virgin Galactic de Richard Branson, e a Blue Origin, de Jeff Bezos, que tem nos seus planos levar pessoas a 100 quilómetros de distância da Terra numa cápsula chama Blue Shepard, estão a disputar palmo a palmo este mercado.

Concebida como uma empresa com enormes ambições, entre elas levar o Homem até Marte, a SpaceX será responsável, no próximo ano, por levar quatro astronautas da NASA para o espaço nas naves Crew Dragon e Dragon 2 – um passo de gigante para a empresa, que até agora apenas lançou ao espaço um crash test dummy ao volante de um Tesla.

A NASA, que depois de ter encerrado o programa Space Shuttle deixou de ter autonomia para levar cargas e astronautas ao espaço (e depende para isso das Soyuz da agência russa Roscosmos), contratou a SpaceX e a Boeing – uma colaboração entre os setores públicos e privado com a qual quer recuperar o controlo das viagens espaciais para os EUA.

ZAP // Canal Tech / EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Frentes de Vila de Rei e Mação estão dominadas a 90%. Teme-se "reacendimentos graves"

Pedro Nunes, comandante do Agrupamento Distrital do Centro Norte da Proteção Civil, fez esta manhã o ponto da situação a partir da Sertã. O "incêndio está estabilizado", os meios foram redistribuídos e "90% do …

Fisco proibido de usar inspeções para incriminar contribuintes. Centenas de processos podem cair por terra

O Tribunal Constitucional (TC) considerou inconstitucionais as normas que permitem às autoridades avançar ou concluir processos-crime com declarações fiscais obtidas voluntariamente pelo contribuinte ou arguido, conforme o caso. Esta prática, de acordo com o TC, viola …

Os Australopitecos eram amamentados até aos 12 meses

As crias dos australopitecos, uma espécie humana extinta que viveu em África, foram amamentadas até ao primeiro ano de vida, segundo um estudo publicado esta segunda-feira na revista científica Nature. Na investigação da faculdade de medicina …

Tempestade no norte da Índia fez pelo menos 33 mortos

Pelo menos 33 pessoas e outras 13 ficaram feridas na sequência de uma tempestade que atingiu no domingo o estado de Uttar Pradesh, no norte da Índia, informaram esta segunda-feira as autoridades. De acordo com Sandhya, …

"Neve artificial" poderia salvar lençol de gelo da Antártida

O lençol de gelo da Antártida pode deslizar para o oceano e inundar as cidades costeiras. No entanto, esta catástrofe pode ser evitada se os Governos investirem num projeto de engenharia para cobrir a superfície …

Constante de Hubble recalculada. E o mistério da expansão do Universo adensa-se

Uma equipa de cientistas da Universidade de Chicago, nos EUA, voltou a medir a constante de Hubble, usada para medir a taxa de expansão do Universo. O novo estudo, liderado pela especialista Wendy Freedman e …

Micro-bristle-bot. O robô mais pequeno do mundo que pode vir a salvar vidas

Do tamanho de uma formiga e mais leve que uma pitada de sal, o "micro-bristle-bot" é o robô mais pequeno do mundo pode um dia vir a salvar vidas. Desenvolvido na Universidade da Georgia, nos Estados …

Os gorilas têm amigos para toda a vida (e fazem grandes festas anuais)

Cientistas concluíram que os gorilas têm amizades que duram para toda a vida, inclusive entre animais que não são parentes, e celebram grandes reuniões anuais. De acordo com o ABC, uma equipa de cientistas concluiu que …

Bengala que guiou bote salva-vidas após o naufrágio do Titanic leiloada por 44 mil euros

Quando o Titanic afundou em águas geladas perto de Newfoundland em 1912, um bote salva-vidas de sobreviventes usou a luz operada por bateria na bengala de uma mulher para iluminar o caminho para a segurança. Essa …

Amostras de sangue de animais de zoológicos ajudam a prever doenças em humanos

Os cientistas querem usar padrões genéticos similares, que estão presentes no sangue de humanos e animais há milhares de anos, para melhorar o prognóstico da doença assistida por computador. Os jardins zoológicos de Saarbrücken e Neunkirchen, …