O foguete Falcon Heavy, da SpaceX, descolou com sucesso da plataforma de lançamento 39A do Centro Espacial John F. Kennedy, na Flórida, no que foi o seu primeiro voo de demonstração.

A viagem servia para testar se o Falcon Heavy, com 70 metros de altura e capaz de transportar mais de 66 toneladas, podia ser usado para transportar carga para o espaço. E a carga testada era nada menos que um Tesla com um passageiro especial.

O foguete, considerado actualmente o mais poderoso do Mundo  e o segundo mais potente da história, atrás apenas do Saturno V, da NASA, partiu para o espaço com um luxuoso Tesla Red Roadster.

Dentro do icónico veículo eléctrico, cientistas da empresa do bilionário Elon Musk instalaram um manequim com dimensões humanas, vestido de astronauta com um dos novos fatos espaciais da SpaceX e baptizado Starman em homenagem ao músico David Bowie – autor do álbum Space Oddity e do tema Life On Mars, entre outros que nos anos 70 dedicou à exploração espacial.

A ideia, concluída com sucesso, era colocar o carro em órbita do sol. Lançado no espaço, o Tesla Roadster irá agora entrar em orbita da nossa estrela até que ela se apague, daqui a uns milhares de milhões de anos – excepto, claro, se for entretanto atingido por um asteróide em contra-mão ou parado por um polícia espacial por excesso de velocidade.

O objetivo da SpaceX é usar o foguetão gigante para transportar satélites mais pesados para o espaço e até, no futuro, seres humanos, graças à sua potência e capacidade apenas superados pela aeronave Saturn V, que esteve ao serviço nas missões Apollo nas décadas de 60 e 70.

Os entusiastas da aventura espacial podem acompanhar a trajectória do veículo e do seu ilustre tripulante na transmissão ao vivo do canal da SpaceX no YouTube.

O Falcon Heavy é a primeira etapa de um ambicioso plano de Musk. A ideia do carismático milionário, que planeia levar os primeiros humanos a Marte já em 2024, é levar para o Planeta Vermelho pelo menos 100 pessoas por ano durante 100 anos – acelerando assim a sua colonização.

De acordo com o SpaceX, o Falcon Heavy é capaz de colocar em órbita uma carga de quase 64 toneladas métricas, o dobro da carga de seu rival mais próximo, o Delta IV Heavy.

Uma das características mais inovadoras do novo foguetão da SpaceX é que os foguetões propulsores laterais são recuperáveis, de uma forma invulgar: após o lançamento, voltam à Terra e aterraram sozinhos.

O lançamento com sucesso do Falcon Heavy foi um pequeno passo para um manequim, mas sem dúvida um passo de gigante na caminhada para Marte.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O engenheiro do Hitler Von Braun construiu o Saturno V há quase 60 anos . Maior e mais potente e supostamente teria colocado o homem na Lua … ou não? Porquê tanta festa para colocar um boneco no espaço ?

RESPONDER

Elon Musk doou 1.000 ventiladores a hospitais (mas eram do tipo errado)

Nos últimos dias, Elon Musk, CEO da Tesla, recebeu muitos elogios por ter doado mil ventiladores a hospitais da Califórnia, que enfrentam um número esmagador de casos de coronavírus. Porém, os ventiladores não eram do …

Coronavírus pode replicar-se na boca e nariz durante uma semana antes de infetar pulmões

O coronavírus pode permanecer e replicar-se na boca e no nariz durante uma semana antes de infetar aos pulmões, à traqueia e aos brônquios, revela um estudo, que mostra igualmente que é expulso do organismo …

PSP vai utilizar câmaras portáteis em drones no estado de emergência

A PSP vai utilizar 20 câmaras portáteis de videovigilância, 18 das quais vão ser instaladas em ‘drones’, durante o estado de emergência devido à pandemia de covid-19, anunciou esta quinta-feira o Ministério da Administração Interna …

Em Nova Iorque, prisioneiros são usados para cavar valas comuns

Nova Iorque está a oferecer seis dólares por hora e material de proteção individual aos prisioneiros de Rikers Island que aceitem ajudar a cavar valas comuns. Projeções da Fundação Gates apontam que, em Nova Iorque, o …

EUA estará a pagar para desviar carregamentos de máscaras adquiridas por França

As autoridades francesas estão a acusar os Estados Unidos de terem pago para desviar um carregamento de máscaras faciais oriundo da China. Este episódio é apenas mais um na saga sobre a escassez de máscaras de …

Cerca de 1200 reclusos podem vir a ser libertados

Cerca de 1200 reclusos podem vir a ser libertados antecipadamente para prevenir a propagação da pandemia de covid-19 no meio prisional, revelou esta quinta-feira a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, em declarações à RTP3. A …

OMS e EUA ponderam alargar recomendação para uso de máscaras

A Organização Mundial de Saúde (OMS) vai reavaliar as suas recomendações sobre o uso de máscaras para prevenir a contaminação com covid-19, disse esta quinta-feira o presidente do grupo de especialistas que vai discutir o …

Covid-19. Mais de 95% das vítimas mortais na Europa tinham mais de 60 anos

O diretor regional para a Europa da Organização Mundial de Saúde (OMS), Hans Kluge, revelou esta quinta-fera que mais de 95% das vítimas mortais da covid-19 na Europa têm mais de 60 anos de idade. Em …

Curva portuguesa mostra abrandamento de novos casos (mas é preciso "cautela")

Portugal tem assistido desde o dia 25 de março a um abrandamento do aumento percentual diário de novos casos de covid-19, segundo dados divulgados pelo Barómetro Covid-19 da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP). Segundo Carla …

"Ganhámos a primeira batalha". Presidente renova estado de emergência

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou oficialmente a renovação do estado de emergência nesta quinta-feira por mais quinze dias, prolongando-se este estado de exceção até 17 de abril. Numa mensagem ao país a …