//

O foguetão mais poderoso do mundo faz a primeira viagem (e leva um Tesla ao espaço)

5

O foguetão gigante Falcon Heavy, com o qual a SpaceX espera realizar missões para Marte no futuro, vai descolar esta terça-feira no Cabo Canaveral, na Flórida, Estados Unidos, para uma viagem de teste com um carro desportivo a bordo.

Estamos prestes a viver um momento histórico, no que é mais um emocionante episódio da aventura da Humanidade no espaço. Elon Musk, presidente da SpaceX e da Tesla, confirmou esta terça-feira na sua conta no Twitter que “todos os sistemas têm luz verde para o lançamento” do Falcon Heavy, o foguetão mais poderoso do mundo.

Space X

Starman ao volante de um Tesla Red Roadster a caminho de Marte

Esta viagem serve para testar se o Falcon Heavy, com 70 metros de altura e capaz de transportar mais de 66 toneladas, pode ser usado para transportar carga para o espaço. E a carga que vai ser testada é nada menos que um Tesla – com um passageiro especial.

De acordo com o Mashable, o veículo é propulsionado por 27 motores – nove em cada foguetão – que têm de funcionar em perfeita sintonia. Foi o que aconteceu no último teste antes do lançamento desta terça-feira, que ocorreu no dia 24 de janeiro. O teste foi bem-sucedido e consistiu na ignição dos 27 motores do foguetão simultaneamente.

Este é o foguetão mais potente do mundo e viajará para o espaço a uma velocidade média de 11 quilómetros por segundo.

Segundo o site oficial do projeto, “o impulso de elevação do Falcon Heavy equivale aproximadamente a 18 aviões 747 a plena potência. O veículo pode levantar o equivalente a um avião 737 totalmente carregado – completo com passageiros, bagagem e combustível – para a órbita”.

Uma das características mais inovadoras do novo foguetão da SpaceX é que os foguetões propulsores laterais são recuperáveis, de uma forma invulgar: após o lançamento, voltam à Terra e aterraram sozinhos.

Segundo o plano original de Elon Musk, o Falcon Heavy deveria ter realizado o seu voo inaugural, em 2013, mas o design do foguetão revelou-se mais complexo do que o que se previa e em 2016, por exemplo, a SpaceX perdeu um outro foguetão – o Falcon 9 – que explodiu durante testes.

Todos os imprevistos fizeram com que a data para o teste de lançamento deste veículo – que junta três Falcon 9 – se arrastasse até esta terça-feira.

Starman in Red Roadster

A post shared by Elon Musk (@elonmusk) on

Um carro elétrico da Tesla, vermelho, será a carga que o Falcon Heavy deixará numa órbita próxima de Marte se a missão decorrer como planeado. “Adoro imaginar um carro à deriva pelo espaço e talvez a ser descoberto por extraterrestres daqui a milhões de anos”, justificou o empresário.

Mas Musk não ficou por aqui. Como um carro não se conduz sozinho, o Tesla irá também levar um passageiro a bordo. Sentado ao volante do carro vermelho, irá o Starman, um manequim vestido de astronauta com um dos novos fatos espaciais da SpaceX.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Este é um dos lançamentos mais esperados desde as missões Apollo (1961-1972) que levaram o homem para a lua, tanto que os bilhetes foram colocados à venda e são esperadas milhares de pessoas no Cabo Canaveral, nos Estados Unidos.

Mas o que acontece se algo correr mal? A probabilidade de o lançamento não ser bem sucedido aumenta pelo facto de o Falcon Heavy ser um foguete novo e poderoso, com um elevado número de motores e quantidades maciças de combustível que irá ser testado pela primeira vez.

Embora seja possível um vasto número de percalços, existe uma única certeza: a de que, se o foguete explodir, seria melhor que não explodisse perto do Kennedy Space Center, plataforma de lançamento da NASA. Segundo o Mashable, que cita Elon Musk, “se ele explodir, e se explodir longe, já considero isso uma vitória, para ser honesto”.

O objetivo da empresa SpaceX é usar o foguetão gigante para transportar satélites mais pesados para o espaço e até, no futuro, seres humanos, graças à sua potência e capacidade apenas superados pela aeronave Saturn V, que atuou nas missões Apollo nas décadas de 60 e 70.

O futuro espacial não depende do sucesso desta missão. No entanto, caso o teste de lançamento corra bem, podem abrir-se portas para novas missões espaciais com o intuito de levar satélites e até mesmo operações para lá da órbita com carga e tripulantes humanos.

O teste de lançamento do potente veículo reutilizável que junta três Falcon 9 – o Falcon Heavy – foi agendado para esta terça-feira, entre as 18h30 e as 21h de Portugal Continental.

Enquanto o lançamento não acontece, podemos sempre deleitar-nos com o soberbo vídeo da simulação da missão – adequadamente acompanhado pelo maravilhoso “Life on Mars”, de David Bowie – que aqui lhe deixamos.

  ZAP // Lusa

5 Comments

  1. Temos aqui o ZAP a experimentar um novo layout das suas notícias ou é mesmo a importância do foguetão que justifica a foto de topo?

    • Simples, sucinto, correctíssimo!
      Só teria a acrescentar “mais um belo pedaço de lixo a flutuar no espaço, ao belo estilo do ser humano”.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.