O foguetão gigante Falcon Heavy, com o qual a SpaceX espera realizar missões para Marte no futuro, vai descolar esta terça-feira no Cabo Canaveral, na Flórida, Estados Unidos, para uma viagem de teste com um carro desportivo a bordo.

Estamos prestes a viver um momento histórico, no que é mais um emocionante episódio da aventura da Humanidade no espaço. Elon Musk, presidente da SpaceX e da Tesla, confirmou esta terça-feira na sua conta no Twitter que “todos os sistemas têm luz verde para o lançamento” do Falcon Heavy, o foguetão mais poderoso do mundo.

Space X

Starman ao volante de um Tesla Red Roadster a caminho de Marte

Esta viagem serve para testar se o Falcon Heavy, com 70 metros de altura e capaz de transportar mais de 66 toneladas, pode ser usado para transportar carga para o espaço. E a carga que vai ser testada é nada menos que um Tesla – com um passageiro especial.

De acordo com o Mashable, o veículo é propulsionado por 27 motores – nove em cada foguetão – que têm de funcionar em perfeita sintonia. Foi o que aconteceu no último teste antes do lançamento desta terça-feira, que ocorreu no dia 24 de janeiro. O teste foi bem-sucedido e consistiu na ignição dos 27 motores do foguetão simultaneamente.

Este é o foguetão mais potente do mundo e viajará para o espaço a uma velocidade média de 11 quilómetros por segundo.

Segundo o site oficial do projeto, “o impulso de elevação do Falcon Heavy equivale aproximadamente a 18 aviões 747 a plena potência. O veículo pode levantar o equivalente a um avião 737 totalmente carregado – completo com passageiros, bagagem e combustível – para a órbita”.

Uma das características mais inovadoras do novo foguetão da SpaceX é que os foguetões propulsores laterais são recuperáveis, de uma forma invulgar: após o lançamento, voltam à Terra e aterraram sozinhos.

Segundo o plano original de Elon Musk, o Falcon Heavy deveria ter realizado o seu voo inaugural, em 2013, mas o design do foguetão revelou-se mais complexo do que o que se previa e em 2016, por exemplo, a SpaceX perdeu um outro foguetão – o Falcon 9 – que explodiu durante testes.

Todos os imprevistos fizeram com que a data para o teste de lançamento deste veículo – que junta três Falcon 9 – se arrastasse até esta terça-feira.

Starman in Red Roadster

A post shared by Elon Musk (@elonmusk) on

Um carro elétrico da Tesla, vermelho, será a carga que o Falcon Heavy deixará numa órbita próxima de Marte se a missão decorrer como planeado. “Adoro imaginar um carro à deriva pelo espaço e talvez a ser descoberto por extraterrestres daqui a milhões de anos”, justificou o empresário.

Mas Musk não ficou por aqui. Como um carro não se conduz sozinho, o Tesla irá também levar um passageiro a bordo. Sentado ao volante do carro vermelho, irá o Starman, um manequim vestido de astronauta com um dos novos fatos espaciais da SpaceX.

Este é um dos lançamentos mais esperados desde as missões Apollo (1961-1972) que levaram o homem para a lua, tanto que os bilhetes foram colocados à venda e são esperadas milhares de pessoas no Cabo Canaveral, nos Estados Unidos.

Mas o que acontece se algo correr mal? A probabilidade de o lançamento não ser bem sucedido aumenta pelo facto de o Falcon Heavy ser um foguete novo e poderoso, com um elevado número de motores e quantidades maciças de combustível que irá ser testado pela primeira vez.

Embora seja possível um vasto número de percalços, existe uma única certeza: a de que, se o foguete explodir, seria melhor que não explodisse perto do Kennedy Space Center, plataforma de lançamento da NASA. Segundo o Mashable, que cita Elon Musk, “se ele explodir, e se explodir longe, já considero isso uma vitória, para ser honesto”.

O objetivo da empresa SpaceX é usar o foguetão gigante para transportar satélites mais pesados para o espaço e até, no futuro, seres humanos, graças à sua potência e capacidade apenas superados pela aeronave Saturn V, que atuou nas missões Apollo nas décadas de 60 e 70.

O futuro espacial não depende do sucesso desta missão. No entanto, caso o teste de lançamento corra bem, podem abrir-se portas para novas missões espaciais com o intuito de levar satélites e até mesmo operações para lá da órbita com carga e tripulantes humanos.

O teste de lançamento do potente veículo reutilizável que junta três Falcon 9 – o Falcon Heavy – foi agendado para esta terça-feira, entre as 18h30 e as 21h de Portugal Continental.

Enquanto o lançamento não acontece, podemos sempre deleitar-nos com o soberbo vídeo da simulação da missão – adequadamente acompanhado pelo maravilhoso “Life on Mars”, de David Bowie – que aqui lhe deixamos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Temos aqui o ZAP a experimentar um novo layout das suas notícias ou é mesmo a importância do foguetão que justifica a foto de topo?

    • Simples, sucinto, correctíssimo!
      Só teria a acrescentar “mais um belo pedaço de lixo a flutuar no espaço, ao belo estilo do ser humano”.

RESPONDER

Governo é o "grande vencedor da greve" e Pardal Henriques "o rosto da derrota"

O comentador da SIC e ex-líder do PSD Luís Marques Mendes aproveitou o espaço no seu comentário semanal para elogiar a ação do Governo de António Costa nesta greve: "O grande vencedor é o Governo, …

"Medidas urgentes" para a Saúde. PCP quer medicamentos gratuitos para doentes crónicos

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, anunciou este domingo que o partido vai apresentar "medidas urgentes" na área da saúde, destacando-se a dispensa gratuita de medicamentos para doentes crónicos e a criação do Laboratório …

Dinamarca responde a Trump: A Gronelândia não está à venda

O Presidente dos Estados Unidos quer comprar a Gronelândia "por razões estratégicas". A primeira-ministra dinamarquesa já fez questão de relembrar Donald Trump que o território não está à venda. Segundo o Expresso, as declarações do Presidente …

Bacalhau do Mar do Norte está em risco (e pode deixar de chegar às mesas portuguesas)

O bacalhau do Mar do Norte está a desaparecer e poderá mesmo deixar de chegar aos pratos dos portugueses. O alarme chegou com um relatório publicado em julho pelo Conselho Internacional para a Exploração do …

Estado poderá recorrer a contratos a termo mais longos do que o privado

O Estado vai poder recorrer a contratos a prazo mais longos do que o privado. O diploma, aprovado no mês passado no Parlamento, prevê para o setor privado a redução da duração máxima dos contratos …

Bruno Fernandes critica horário tardio dos jogos do campeonato

No final da partida com o SC Braga, Bruno Fernandes falou aos jornalistas e aproveitou para criticar o horário tardio de alguns jogos do campeonato. A partida começou às 21h. Este domingo, 12 jogos depois, o …

Protesto em Hong Kong juntou mais de 1,7 milhões de manifestantes

Mais de 1,7 milhões de pessoas manifestaram-se no domingo, em Hong Kong, informou o movimento pró-democracia que tem liderado os grandes protestos contra a lei da extradição, desde o início de junho. Em conferência de imprensa, …

Medvedev entra no top 5 mundial do ténis. Pedro Sousa sobe 23 lugares

Medvedev, de 23 anos, que nunca tinha vencido um torneio de categoria Masters 1000, subiu três posições e figura pela primeira vez entre os cinco primeiros da tabela. O russo Daniil Medvedev, vencedor do torneio Masters …

Só 2% das escolas em Portugal têm desfibrilhadores

Apenas 129 dos 5.909 estabelecimentos de ensino em Portugal têm desfibrilhadores automáticos externos (DAE), o que representa 2,1%. Os dados recolhidos pelo Jornal de Notícias são do INEM, que assegura ainda que nas comunidades escolares existem …

Cerca de oito mil pessoas retiradas da Grã Canária devido a incêndio

Cerca de oito mil pessoas foram retiradas das suas casas em várias cidades no norte da Grã Canária na sequência do incêndio florestal que lavra desde sábado naquela ilha espanhola. De acordo com a agência de …