Sondagem prevê segunda volta em França só com a direita e vitória de Fillon sobre Le Pen

Ian Langsdon / EPA

François Fillon

François Fillon

François Fillon, eleito este domingo para concorrer pela centro-direita francesa às eleições de 2017, ganharia largamente a corrida contra a candidata de extrema-direita Marine Le Pen.

O antigo primeiro-ministro francês venceu este domingo a segunda volta das primárias da direita, com 67% dos votos, contra 33% de Alain Juppé, e é o candidato para as presidenciais de 2017.

Segundo uma sondagem da Harris Interactive, François Fillon conseguiria 26% dos votos na primeira volta das eleições, contra 24% para a presidente da Frente Nacional, Marine le Pen.

Na segunda volta, Fillon venceria com 67% contra 33% para Le Pen.

O ex-ministro da Economia Emmanuel Macron, que anunciou recentemente a candidatura às presidenciais, ficaria em terceiro lugar, quer seja o actual presidente François Hollande, quer seja o actual primeiro-ministro Manuel Valls a candidatar-se pela esquerda francesa.

A sondagem foi realizada este domingo à noite, após a divulgação dos resultados das primárias da direita francesa, com uma amostra de 6.093 franceses maiores de 18 anos.

ZAP / Sputnik News

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. E as sondagens estão muito fiáveis ultimamente! Isto está a ficar bonito com os extremistas a ganhar eleições democráticas. Veja-se só a ironia.

  2. Vença Fillon, vença Marine, os islâmicos que invadiram a Europa e a França, podem começar a comprar bilhete de regresso. A menos que o Costa os queira receber…

  3. Que a esquerda francesa sofra uma grande derrota nada me admira porque as esquerdas são muito boas para destruir valores culturais e morais e muitíssimo hospitaleiras em relação a todos que venham de não importa onde para ajudarem à festa da degradação desses mesmos valores de um país e disto já os franceses se aperceberam há muito tempo e ultimamente já estão a colher os verdadeiros frutos de tanta incompetência; que Fillon na segunda volta ganhe a Marine Le Pen logo se verá, não me surpreenderá muito pois a comunicação social francesa ajudada pela esquerda e uma parte da direita se encarregarão de transformar Le Pen num papão, só que caso isto venha a acontecer tenho dúvidas se após pouco tempo depois das eleições uma grande parte dos franceses não irão ficar arrependidos do voto dado a Fillon, é que isto de promessas antes dos votos há muitas e cumpri-las poucos o fazem.

  4. A esquerdalhada está feita em cacos. O hollande foi eleito pela comunicação esquerdalha e agora a sua popularidade está de rastos. Foi essa corja que destruíu a Europa e os culpados de toda esta bagunçada.

RESPONDER

Rivalidade entre China e Índia é obstáculo à maior aproximação entre os BRICS, diz especialista

Apesar de os BRICS representarem "o tipo de relações entre países que queremos no século XXI", a rivalidade entre a Índia e a China ainda é um obstáculo a uma maior integração, dizem os especialistas. Na …

Variante sul-africana pode resistir à Pfizer. China pondera misturar vacinas

A variante do coronavírus descoberta na África do Sul pode "romper" a vacina contra a covid-19 da Pfizer/BioNTech até certo ponto, concluiu um estudo em Israel, embora a sua prevalência no país seja baixa e …

Rússia garante que não haverá guerra com Ucrânia. EUA desconfiam e prometem consequências

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, descartou este domingo a possibilidade de uma guerra com a Ucrânia, depois de Kiev ter manifestado preocupação com o reforço de tropas russas nas suas fronteiras. “Ninguém está a embarcar …

Inspetores do SEF rejeitam extinção sem aval do Parlamento (e dizem estar em causa o Espaço Schengen)

O sindicato dos inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) rejeitou este domingo a extinção daquele organismo sem a aprovação formal da Assembleia da República e considerou que está em causa a permanência de …

Testes rápidos registaram maior número de sempre. APED defende venda nos super e hipermercados

O recurso a testes rápidos de antigénio à covid-19 está a aumentar em Portugal, tendo atingido o maior número a 7 de abril, com mais de 34 mil realizados nesse dia, segundo dados do Instituto …

Francisco Rodrigues dos Santos admite que tem sido "difícil" juntar o CDS (mas "não por falta de iniciativa")

Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS-PP, afirmou, numa entrevista ao Jornal de Notícias e TSF que tem sido "difícil" conquistar a coesão do partido. Em entrevista ao Jornal de Notícias e à TSF, o líder …

Isabel dos Santos usou equipa de espiões para provar "conspiração" e "vingança" de João Lourenço

A empresária Isabel dos Santos contratou uma firma de antigos agentes secretos israelitas para provar que foi vítima de um ataque orquestrado pelo governo de João Lourenço. Isabel dos Santos criou uma equipa de espiões para …

"Perdemos o avô da nação". Morte do príncipe Filipe deixou "um grande vazio" na vida de Isabel II

A morte do príncipe Filipe, duque de Edimburgo, na sexta-feira, aos 99 anos, deixou a Rainha Isabel II, sua esposa, com "um grande vazio na sua vida", disse este domingo aos jornalistas o seu filho …

Mapa online interativo ajudou indígenas do Panamá a fazer frente à pandemia

Quando a covid-19 chegou ao Panamá no ano passado, o cartógrafo Carlos Doviaza temeu pelas pessoas indígenas da sua comunidade. Por isso, para as ajudar, dedicou-se a fazer aquilo que faz melhor: mapas. "Pensei: 'Porque não …

"A política ama traição, mas despreza o traidor". Sócrates acusa PS de "ataque injusto" (e diz-se alvo de "vingança" da direita)

"A política ama a traição, mas despreza o traidor". No livro "Só Agora Começou", que será publicado nos próximos dias, José Sócrates acusa a atual direção do PS de traição. De acordo com o Diário de …