Sonda da NASA captura a primeira fotografia da atmosfera do Sol

Johns Hopkins University Applied Physics Laboratory

Parker Solar Probe

Semanas depois de a sonda solar Parker da NASA ter completado a viagem mais próxima do Sol de toda a história, os dados desse voo começam a chegar à Terra, revelando a primeira fotografia da atmosfera do Sol.

A sonda fez o seu primeiro sobrevoo ao Sol entre 31 de outubro e 11 de novembro, dias em que atravessou a alta velocidade a parte mais externa da atmosfera solar, conhecida como a coroa solar. Através do seu dispositivo WISPR, a sonda Parker fotografou a partir do interior essa camada gasosa carregada de partículas de vento solar.

A agência espacial norte-americana revelou a fotografia no passado dia 12.

A fotografia acima publicada foi captada no passado dia 8 de novembro, e mostra uma espécie de “serpentina”, uma estrutura de material solar que geral cobre as áreas de maior atividade. a sua estrutura aparece claramente, evidenciando de forma clara pelo menos dois raios visíveis. Tal como nota a NASA, estes são dados nunca antes vistos.

Quando registou esta imagem, a Parker estava a aproximadamente 27,2 milhões de quilómetros da superfície do Sol. O objeto brilhante que aparece na parte central é Mercúrio – o planeta mais próximo do Sol. Já os pontos escuros são resultado de uma correção no fundo da fotografia.

A missão desta sonda, que fará a sua segunda passagem à voltado Sol em abril do próximo ano, durará até 2025. Nos próximos anos, a sonda deve completar 24 órbitas em torno do Sol aproximando-se a cerca de 3,8 milhões de quilómetros da sua superfície.

A NASA espera ajudar a resolver alguns mistérios sobre a atmosfera da nossa estrela, como o facto da sua atmosfera externa aquecer cerca de 300 vezes mais do que a sua superfície e o vento solar atingir velocidades tão elevadas.

A sonda da missão Parker Solar Probe foi o primeiro engenho feito pelo Homem a entrar na atmosfera do Sol, atingindo o recorde da maior aproximação ao astro. A Parker foi lançada no dia 13 de agosto a partir de Cabo Canaveral, no estado norte-americano Flórida.

ZAP // RT / Sputnik News

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Tudo uma grande farça da NASA… nunca foram à Lua muito menos chegaria perto dela… Com o Sol ñ é diferente… jamais chegaria perto dele.

Responder a ZAP Cancelar resposta

Governo de Hong Kong pede desculpas após polícia pulverizar mesquita

O Governo de Hong Kong pediu esta segunda-feira desculpas a líderes muçulmanos, depois da polícia antimotim ter pulverizado um portão da mesquita e algumas pessoas com um canhão de água, quando as autoridades tentavam dispersar …

Telemóveis e computadores podem acelerar o envelhecimento

Uma nova investigação, levada a cabo por cientistas da Oregon State University, nos Estados Unidos, concluiu que a exposição diária à luz azul, como aquela que é emitida por telemóveis e computadores, pode afetar a …

Quatro espeleólogos portugueses desaparecem em gruta espanhola

Uma equipa de resgate foi acionada para localizar quatro espeleólogos portugueses que estão desde sábado na gruta de Cueto-Coventosa, em Espanha, com os trabalhos de socorro a serem dificultados pelo aumento do nível da água Quatro …

Afinal, Vénus pode não ser tão semelhante à Terra como pensávamos

Uma nova investigação questiona a habitabilidade de Vénus, planeta que os cientistas consideram há pouco tempo numa outra investigação poder ter um clima habitável semelhante ao da Terra. De acordo com a nova investigação, cujos …

Há gelo no polo sul da Lua e pode ter muitas fontes

Um novo estudo sugere que o gelo encontrado na superfície lunar pode ter milhares de milhões de anos, além de ter surgido de diferentes fontes. O estudo, publicado recentemente na Icarus, sugere que a maioria do …

A Evolução mostra que podemos ser a única forma de vida inteligente no Universo

As reduzidas probabilidades que acompanham a nossa evolução ao longo da história podem ser uma pista que talvez sejamos a única forma de vida inteligente no Universo. Será que estamos sozinhos no Universo? Tudo se resume …

A China está a usar a educação como arma para controlar o Tibete

A China quer obrigar crianças tibetanas a abandonarem as escolas da região e mudarem-se para escolas chinesas. O objetivo, segundo uma especialista, é "tirar o tibetano da criança". A batalha geopolítica entre a China e o …

Revelada explosão violenta no coração de um sistema que alberga um buraco negro

Uma equipa de astrónomos, liderada pela Universidade de Southampton, usou câmaras de última geração para criar um filme com alta taxa de quadros de um sistema com um buraco negro em crescimento e a um …

"É altura de dizer basta". Sporting corta com as claques

O Sporting rescindiu “com efeitos imediatos” os protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, anunciou hoje o clube, devido à “escalada de …

Poluição atmosférica associada a abortos espontâneos

Elevados níveis de poluição atmosférica foram associados a abortos espontâneos num estudo feito com mulheres grávidas a viver e trabalhar em Beijing, na China. A China é um dos países que mais sofre com a poluição …