Sócrates pedia “fotocópias” a Santos Silva quando queria dinheiro

José Goulão / Wikimedia

O ex-primeiro-ministro José Sócrates

O ex-primeiro-ministro José Sócrates

José Sócrates e o seu amigo Carlos Santos Silva usariam uma linguagem cifrada nos telefonemas entre si, sempre que o assunto era dinheiro, uma informação que a acusação usa como prova de que não estavam em causa meros empréstimos e que a defesa pretende contraditar.

O Diário de Notícias revela, na sua edição desta quarta-feira, que José Sócrates e Carlos Santos Silva se referiam a “fotocópias” sempre que falavam de dinheiro. Uma ideia que constará das escutas telefónicas feitas aos dois arguidos do processo Operação Marquês e que o Procurador do Ministério Público Rosário Teixeira, responsável pelo caso, estará a usar como prova de que as elevadas quantias transferidas pelo empresário para a conta do ex-primeiro-ministro não se referiam a meros empréstimos.

Esta refutação, assente no uso de linguagem cifrada, constará da resposta dada pelo Procurador aos recursos apresentados por José Sócrates e por Carlos Santos Silva contra a medida de coacção de prisão preventiva.

O Diário de Notícias acrescenta que o procurador do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) também terá dado “exemplos de outras expressões” utilizadas para substituir a palavra dinheiro.

E as vigilâncias efectuadas ao motorista de José Sócrates, João Perna, terão igualmente detectado que o dinheiro circulava escondido e não “às claras”, em mais um indício de que não estarão em causa simples empréstimos entre amigos.

Confrontado com estes dados pelo Diário de Notícias, o advogado de José Sócrates, João Araújo, frisa apenas que “tudo o que é alegado pode e deve ser contraditado”, dando a ideia de que será isso mesmo o que fará.

Entretanto, o Movimento Revolução Branca (MRB) anunciou que foi admitido pelo juiz Carlos Alexandre como assistente no processo.

O líder do movimento, Pedro Pereira Pinto, afirmou à agência Lusa que “o MRB tinha apresentado o pedido de constituição de assistente no dia a seguir à detenção de José Sócrates. Neste momento, fomos aceites e vamos aguardar pelo desenrolar do processo para agir”.

O movimnto visa combater a “corrupção” e promover a “moralização do Estado” e “dos serventes do Estado”, e Pedro Pinto declara que “na altura, quando fizemos o pedido, fizemo-lo porque achamos que a Operação Marquês é socialmente grave”.

SV, ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Pois é, fotocópias…já lhe chamaram muita coisa mas essa expressão só é possível de alguém que é um verdadeiro trafulha.E o PS metido nisso e não se desmarca desse artista.
    Será que o velho gágá também falava em fotocópias no caso do fax de Macau? Ou era mais patacas com o seu amigo Melância e outros pulhas desse partido defensor da transparência…
    E o que diz o Sr. Engº Cravinho ? Anda quedo e mudo com isto tudo vá-se lá saber porquê?

  2. Talvez esta coisa das fotocópias tenha sido um habito de estudo que adquiriu quando ia aos domingos para a Faculdade de Engenharia para terminar a sua mais que suada e merecida Licenciatura.
    Penso eu de que…

  3. Se fosse só este caso eramos uns heróis,o problema é que são muitos e ainda não chegou a hora de os prender todos, mas devagarinho chegamos lá , os que riem em ultimo são os que riem melhor

RESPONDER

Deixar de dar aulas com mais de 60 anos só no pré-escolar e 1.º ciclo

A possibilidade de os professores com mais de 60 anos deixarem de dar aulas para "desempenhar outras atividades", prevista no Orçamento do Estado de 2020, será apenas aplicada ao pré-escolar e 1.º ciclo, esclareceu o …

Aumento extra de dez euros pode beneficiar 1,6 milhões de pensionistas

O aumento extra de dez euros nas reformas até 658,2 euros, confirmado esta quinta-feira pelo secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, pode vir a beneficiar cerca de 1,6 milhões de pensionistas. A estimativa é avançada …

Rui Pinto vai a julgamento por 93 crimes

A juíza do Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu que Rui Pinto vai ser julgado por 93 crimes, e não 147 como estava acusado. O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu esta sexta-feira levar …

Um "palhaço" que vai apunhalar os iranianos nas costas. Líder supremo do Irão arrasa Trump

O líder supremo do Irão classificou esta sexta-feira o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como "um palhaço" que finge querer ajudar os iranianos, mas vai atacá-los pelas costas com "um punhal envenenado". As declarações do …

"Lava que se farta". Justiça dá razão a Ana Gomes no processo movido por Isabel dos Santos

A ex-eurodeputada Ana Gomes venceu um dos processos que foi movido contra ela por Isabel dos Santos. Em causa estão publicações no Twitter, onde a diplomata acusava a empresária angolana de estar a usar Portugal …

Secretário da Cultura brasileiro vai ser demitido depois de se inspirar em discurso nazi de Goebbels

Roberto Alvim, secretário da Cultura brasileiro, fez um discurso esta quinta-feira copiando um discurso muito conhecido do ministro da propaganda de Adolf Hitler, Joseph Goebbels. O secretário da Cultura do Brasil, Roberto Alvim, divulgou um vídeo …

Presidente da Guatemala anuncia corte de relações com Venezuela

O novo Presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, anunciou na quinta-feira que ordenou o corte de relações com a Venezuela e o encerramento da embaixada neste país. Alejandro Giammattei, médico e ex-diretor do Sistema Penitenciário da Guatemala, …

Bolsonaro vai manter secretário acusado de irregularidades no Governo

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, defendeu hoje o titular da Secretaria Especial da Comunicação Social (Secom, órgão da Presidência), Fabio Wajngarten, acusado de alegadas irregularidades em contratos, garantindo que o manterá no cargo. “Pelo que eu …

FC Porto empresta Waris ao Estrasburgo com opção de compra obrigatória

O avançado ganês foi emprestado pelo FC Porto ao Estrasburgo até ao final da temporada, num negócio que inclui uma cláusula de opção de compra obrigatória. No final do empréstimo, o Estrasburgo fica obrigado a contratar …

Miguel Guimarães reeleito bastonário da Ordem dos Médicos

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, foi eleito esta quinta-feira para um segundo mandato, com 93% dos votos. De acordo com os resultados provisórios avançados pela Ordem, estando contados 16.723 votos, Miguel Guimarães foi …