Sócrates pedia “fotocópias” a Santos Silva quando queria dinheiro

José Goulão / Wikimedia

O ex-primeiro-ministro José Sócrates

O ex-primeiro-ministro José Sócrates

José Sócrates e o seu amigo Carlos Santos Silva usariam uma linguagem cifrada nos telefonemas entre si, sempre que o assunto era dinheiro, uma informação que a acusação usa como prova de que não estavam em causa meros empréstimos e que a defesa pretende contraditar.

O Diário de Notícias revela, na sua edição desta quarta-feira, que José Sócrates e Carlos Santos Silva se referiam a “fotocópias” sempre que falavam de dinheiro. Uma ideia que constará das escutas telefónicas feitas aos dois arguidos do processo Operação Marquês e que o Procurador do Ministério Público Rosário Teixeira, responsável pelo caso, estará a usar como prova de que as elevadas quantias transferidas pelo empresário para a conta do ex-primeiro-ministro não se referiam a meros empréstimos.

Esta refutação, assente no uso de linguagem cifrada, constará da resposta dada pelo Procurador aos recursos apresentados por José Sócrates e por Carlos Santos Silva contra a medida de coacção de prisão preventiva.

O Diário de Notícias acrescenta que o procurador do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) também terá dado “exemplos de outras expressões” utilizadas para substituir a palavra dinheiro.

E as vigilâncias efectuadas ao motorista de José Sócrates, João Perna, terão igualmente detectado que o dinheiro circulava escondido e não “às claras”, em mais um indício de que não estarão em causa simples empréstimos entre amigos.

Confrontado com estes dados pelo Diário de Notícias, o advogado de José Sócrates, João Araújo, frisa apenas que “tudo o que é alegado pode e deve ser contraditado”, dando a ideia de que será isso mesmo o que fará.

Entretanto, o Movimento Revolução Branca (MRB) anunciou que foi admitido pelo juiz Carlos Alexandre como assistente no processo.

O líder do movimento, Pedro Pereira Pinto, afirmou à agência Lusa que “o MRB tinha apresentado o pedido de constituição de assistente no dia a seguir à detenção de José Sócrates. Neste momento, fomos aceites e vamos aguardar pelo desenrolar do processo para agir”.

O movimnto visa combater a “corrupção” e promover a “moralização do Estado” e “dos serventes do Estado”, e Pedro Pinto declara que “na altura, quando fizemos o pedido, fizemo-lo porque achamos que a Operação Marquês é socialmente grave”.

SV, ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Pois é, fotocópias…já lhe chamaram muita coisa mas essa expressão só é possível de alguém que é um verdadeiro trafulha.E o PS metido nisso e não se desmarca desse artista.
    Será que o velho gágá também falava em fotocópias no caso do fax de Macau? Ou era mais patacas com o seu amigo Melância e outros pulhas desse partido defensor da transparência…
    E o que diz o Sr. Engº Cravinho ? Anda quedo e mudo com isto tudo vá-se lá saber porquê?

  2. Talvez esta coisa das fotocópias tenha sido um habito de estudo que adquiriu quando ia aos domingos para a Faculdade de Engenharia para terminar a sua mais que suada e merecida Licenciatura.
    Penso eu de que…

  3. Se fosse só este caso eramos uns heróis,o problema é que são muitos e ainda não chegou a hora de os prender todos, mas devagarinho chegamos lá , os que riem em ultimo são os que riem melhor

RESPONDER

Procura-se candidato para dormir. Site oferece 1650 euros e uma noite num resort

Este pode ser, literalmente, um emprego de sonho: fazer dinheiro enquanto se dorme, incluindo uma noite num resort de 5 estrelas. O site Sleep Standards, que se dedica a dar informação sobre pesquisas e produtos relacionados …

Toronto apresenta providência cautelar contra projeto que constrói "casas" para os sem-abrigo

Um carpinteiro canadiano decidiu construir abrigos para as pessoas que vivem nas ruas de Toronto. A autarquia considerou que são perigosos e apresentou uma providência cautelar. De acordo com a empresa de media Vice, Khaleel Seivwright, carpinteiro …

Trinta anos depois, MI6 pede desculpa por ter banido espiões gays

Richard Moore pediu desculpa " pela forma como colegas e concidadãos LGBT+ foram tratados", tendo-lhes sido negada a oportunidade de servir o país no MI6. O chefe do MI6, o serviço secreto de inteligência do Reino …

Já foram administradas 837.887 vacinas em Portugal

Um total de 837.887 vacinas contra a covid-19 foram administradas em Portugal desde 27 de dezembro, quando foi dada a primeira dose, indicou o Ministério da Saúde este sábado. Num comunicado de balanço do processo de …

Pintura de Van Gogh de Paris nunca antes vista exibida pela primeira vez

Uma pintura de Vincent Van Gogh de uma rua de Paris foi exposta pela primeira vez depois de passar mais de 100 anos "escondida" pelos seus proprietários. Uma cena de rua em Montmartre, em Paris, pertenceu …

Rúben Dias estreia-se a marcar pelo City no triunfo sobre o West Ham

O internacional português estreou-se a marcar pelo Manchester City, na vitória por 2-1, da equipa que lidera confortavelmente a liga inglesa de futebol frente ao West Ham, na 26.ª jornada da prova. No estádio Etihad, em …

Imagens mostram construção de instalação nuclear secreta em Israel

Está a ser construída uma instalação nuclear secreta em Israel, diz a Associated Press depois de analisar imagens de satélite. Os trabalhos estão a decorrer a poucos metros do antigo reator do Centro de Pesquisa …

Supremo confirma prisão efetiva de cinco anos e oito meses de João Rendeiro

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou a nulidade do acórdão que proferiu em janeiro e confirmou, assim, a condenação do antigo presidente do BPP. Num acórdão datado da passada quarta-feira, e a que a agência …

Portugal regista mais 33 mortes e 1071 novos casos de covid-19

Portugal registou, este sábado, mais 33 mortes e 1071 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 1071 novos …

Ana Gomes revela que Europol está pronta para investigar o Chega

A Europol está disponível para "ajudar as autoridades portuguesas" a investigar eventuais ligações do Chega de André Ventura a "actividades criminais internacionais". É Ana Gomes quem o revela depois de ter enviado uma participação ao …