Sócrates invoca Magna Carta para processar credores do GES que lhe exigem 29 milhões de euros

José Sena Goulão / Lusa

O antigo primeiro-ministro, José Sócrates

José Sócrates apresentou uma queixa-crime contra os credores do Grupo Espírito Santo (GES) que exigem o pagamento de 73 milhões de euros a 8 acusados da Operação Marquês, entre os quais se encontra. O ex-primeiro-ministro acusa-os de difamação e usa um argumento estipulado “desde a Magna Carta há mais de 800 anos”.

Está em causa um grupo de empresas que moveu uma acção cível contra oito acusados da Operação Marquês, respectivamente José Sócrates, Ricardo Salgado, Carlos Santos Silva, Joaquim Barroca, José Paulo Pinto de Sousa, Hélder Bataglia, Zeinal Bava e Henrique Granadeiro.

Estas empresas terão sido utilizadas como “sacos azuis” do GES para fazer pagamentos ilícitos a alvos de corrupção, conforme alega o Ministério Público (MP). Agora, reclamam a devolução de 73 milhões de euros que terão sido utilizados no esquema.

A Sócrates exigem, especificamente, a devolução de 29 milhões de euros, como avança o Expresso.

A base da acção cível destes credores são as acusações do Ministério Público (MP) na Operação Marquês, onde se imputam 31 crimes a Sócrates. O ex-primeiro-ministro é suspeito de ter recebido 26 milhões de euros do GES para garantir que a OPA do Grupo Sonae à PT não teria sucesso.

Ora, o antigo governante socorre-se da presunção de inocência, realçando que é “a base do direito moderno, desde a Magna Carta há mais de 800 anos”, para sustentar a queixa-crime contra as quatro empresas e duas pessoas que representam os credores do GES, segundo noticia o Expresso.

Sócrates processa estes credores pelos crimes de difamação, calúnia, denegação de justiça e burla processual agravada, alegando que a acção cível que moveram visa apenas “ofender a [sua] honra” e que as argumentações da mesma “são particularmente ignominiosos para quem exerceu funções de primeiro-ministro durante seis anos em Portugal”.

O ex-governante nota ainda, como transcreve o Expresso, que “nada lhes permite presumir ou apresentar” os factos referidos na acusação “como verdadeiros”.

Além disso, Sócrates considera que os credores agiram “conscientemente” e “contra o direito” com o intuito de “divulgar amplamente os insultos que criminosamente proferem nas suas alegações”.

Os visados na queixa-crime de Sócrates são o advogado Alain Rukavina, o auditor Paul Laplume, ambos luxemburgueses, e as empresas Espírito Santo International, declarada insolvente, a ESI que tem sede nas Ilhas Virgens, a Enterprises Management Services e a Pisong.

A Operação Marquês está, por esta altura, em fase de instrução. Só depois disso, o juiz Ivo Rosa vai decidir se o caso vai a julgamento, ou que arguidos serão de facto julgados.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Sporting 2-1 Santa Clara | Super-Coates volta a ser herói

Arrancado a ferros… à campeão? O Sporting esteve a poucos segundos de registar o terceiro empate em casa, perante um Santa Clara que não foi em nada inferior aos “leões” e até conseguiu ser superior em …

Os gatos demonstram ser menos leais do que os cães (mas pode haver uma razão)

Ainda existe um estereótipo sobre a diferença entre cães e gatos. Normalmente as pessoas associam os cães a animais amorosos e leais, enquanto os gatos são tidos como distantes e indiferentes. Um novo estudo pode …

O mistério do "lago dos esqueletos" na Índia intriga cientistas há décadas

O Roopkund, localizado na parte indiana dos Himalaias, é um lago glacial com centenas de ossos humanos. E ninguém sabe como foram lá parar. Em 1942, um guarda florestal revelou ao mundo a existência deste lago …

A fronteira mais importante da China é imaginária: a Linha Hu

A Linha Hu, também conhecida como linha Heihe-Tengchong, é uma linha imaginária que divida a China em duas partes com áreas quase iguais. Estende-se da cidade de Heihe até Tengchong. Desenhada pela primeira vez em 1935, …

Algumas pessoas moram em aeroportos durante meses (ou até mesmo anos)

Aeroportos não servem de casa apenas para os sem-abrigo. Há pessoas que, involuntariamente ou não, ficam lá durante meses e, em alguns casos, até mesmo anos. Em janeiro, as autoridades de Chicago prenderam um homem de …

Senado da Carolina do Sul aprova fuzilamento como método de execução

Com esta decisão, a Carolina do Sul poderá converter-se no quarto estado do país a incorporar este método de execução de pena de morte, depois do Utah, Oklahoma e Mississípi. De acordo com a agência noticiosa …

"Oxigénio tornou-se ouro". Criminosos lucram com a sua escassez no México

A pandemia de covid-19 deixou a Cidade do México a atravessar uma grande escassez de oxigénio médico. Criminosos estão a aproveitar para lucrar com a situação. A capital mexicana registou um pico de infeções e hospitalizações …

Meteorito do tamanho de um damasco caiu em França (e os astrónomos precisam de ajuda para encontrá-lo)

Os entusiastas do Espaço estão a ser instados a procurar um meteorito do tamanho de um damasco que caiu no fim de semana passado no sudoeste de França.  O meteorito, com peso estimado em 150 gramas, …

Professora pediu a alunos para fingir que eram escravos e escreverem carta para África

Uma professora de uma escola secundária no Mississippi, nos Estados Unidos, está a ser alvo de críticas devido a uma fotografia de um trabalho de casa divulgada nas redes sociais. Foi pedido aos alunos do 8.º …

Obra de Churchill que pertencia a Angelina Jolie vendida por valor recorde

O quadro pintado pelo antigo primeiro-ministro britânico foi vendido por 8,3 milhões de libras. A pintura foi um presente de Winston Churchill para o presidente dos Estados Unidos, Franklin D. Roosevelt, e agora foi leiloada …