/

“Ela fez-nos a vida negra”. Sobrinha de Sócrates exige parte da herança da avó

13

Manuel De Almeida / Lusa

“Vou lutar por aquilo que é da minha filha por direito.” As palavras são da viúva do irmão de José Sócrates, António Pinto de Sousa, que faleceu em 2011 depois de o ex-primeiro-ministro ter assumido, no processo Operação Marquês, que tinha por hábito ir ao cofre da mãe buscar dinheiro.

A sobrinha de Sócrates tem 17 anos, mas “não tem nenhum contacto” com o tio. “Se a vir na rua nem a conhece”, revela ao Correio da Manhã (CM) Tânia Gouveia, a viúva de António Pinto de Sousa.

A cunhada de Sócrates diz que a sua filha é “ignorada pela família paterna” e reclama o dinheiro que a sogra, Maria Adelaide Monteiro, doou ao ex-governante ao longo dos anos.

“Ela fez-nos a vida negra”, desabafa Tânia Gouveia, frisando que “aquilo que foi doado em vida ao outro filho também pertence às herdeiras, que são as netas”.

“Vou lutar por aquilo que é da minha filha por direito”, promete também a viúva, assumindo que é uma batalha “muito difícil”.

O processo Operação Marquês faz referência a imóveis vendidos pela mãe de Sócrates a Carlos Santos Silva, o empresário amigo do antigo primeiro-ministro. Negócios que lhe renderam 775 mil euros, dos quais doou 555 mil euros a Sócrates, como reporta o CM.

Mas o juiz Ivo Rosa considerou “razoável” que Maria Adelaide Monteiro tenha beneficiado José Sócrates por ele ser, na altura, o único filho vivo.

No âmbito do mesmo processo, Sócrates assumiu que a mãe o ajudou financeiramente ao longo dos anos. Chegou a dizer que tinha o hábito de ir buscar dinheiro ao cofre dela para os seus gastos pessoais, nomeadamente para pagar viagens e férias.

Em entrevista recente à TVI, o ex-primeiro-ministro também sublinhou que a sua “mãe era rica” depois de ter recebido “três heranças nos anos 80” de uma tia-avó, do avô e de um tio.

Mãe de Sócrates investigada por furto qualificado

O CM ainda nota que, em 2012, Tânia Gouveia acusou a mãe de Sócrates por furto qualificado depois de ela ter, alegadamente, esvaziado duas contas bancárias partilhadas com o filho falecido, no valor de 117 mil euros.

Além disso, a queixa referia um cofre no BPI que foi “encontrado vazio” e onde António Pinto de Sousa teria uma “avultada quantia”, segundo Tânia Gouveia.

A mãe de Sócrates e o próprio Sócrates teriam chaves de acesso a esse cofre, conforme salienta o mesmo jornal. E “segundo o contrato de aluguer do cofre, José Sócrates estava autorizado a utilizá-lo e não o irmão falecido“, constata também o CM.

Este inquérito está prestes a prescrever, mas “funcionários da Caixa Geral de Depósitos e do BPI afirmaram que, apesar de António ser o segundo titular, era a sua mãe a dona do dinheiro”, destaca o CM.

Maria Adelaide terá ainda sido investigada por, alegadamente, se ter “apoderado de vários objectos”, nomeadamente “relógios, botões de punho de prata e ouro” que estariam na casa de António Pinto de Sousa, ainda segundo o CM que nota que o caso foi
arquivado por falta de provas.

  ZAP //

13 Comments

  1. Mas quem é que faz a vida negra a quem? A sobrinha não tem direito à herança que seria do pai se fosse vivo? Parece que não! E o dr. juiz Ivo Rosa também acha bem este esbrugar. Nem a família escapa!!

    • Fosca-se que a mãe é da mesma laia do filho. É mesmo uma família especialista em ladroagem. É como é que aquele juiz se prestou a ajudar/defender o da cela 44 ?

  2. Isto certamente é algum tipo de patologia mental com origem genética, partilhada por mãe e filho … chama-se “esquizometeaobolso”.

  3. Isto é uma comédia do carvalho! Agora a neta quer uma pretensa herança que nunca existiu! A pedir, então que peça a que o Sócrates disse que a mãe tinha, uns 50 milhões ou qualquer coisa do género.
    LOL

  4. Pensando bem, este gajo gamou tanto, que até eu, e mais 10.000.000, temos direito a um niquinho da herança.

  5. Imagine-se agora , quando for a mulher do amigo Carlos Silva a requerer a meação da fortuna que pelos vistos lhe pertence de direito ….valores , casa de Paris, quadros etc…
    Os bens já não estão arrestados por se desconfiar que pertencia a Sócrates , logo a senhora tem caminho livre para avançar .
    Estou em crer que Sócrates não iria gostar nada …

  6. Ia ao cofre da mãe, depois do banco, do amigo e, finalmente, do Estado. Trata-se de uma filocofrose obsessivo-compulsiva com tendência a prescrever.

  7. O que é que eu tenho a ver com isso? Não sou amiga, da Família ou Herdeira… Não existem notícas mais interessantes por esse mundo fora?

  8. É normal desse corrupto e sua mãe dado que nem a família escapa. DEUS NÃO DORME a justiça de Deus irá em breve julgar esses corruptos e ladrões e outros que já partiram..

  9. Se a al qaeda em vez de dar dinheiro para matarem agentes desse dinheiro para limpar o sebo a este á Mae e ao carlos Silva, havia mais Gente a Participar, alguns até de Borla

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.