Soares zangado com Costa na palhaçada das bofetadas vai para Paris descansar

oscepa / Flickr

O ministro da Cultura, João Soares

João Soares, que na sexta-feira se demitiu do cargo de ministro da Cultura por causa da polémica das bofetadas, diz que vai descansar para Paris, depois daquilo que define como “uma palhaçada”, prometendo falar do assunto na próxima semana.

Em nome da sua liberdade de expressão e porque “acredita no projecto de António Costa”, eis como João Soares justifica a sua demissão do cargo de ministro da Cultura, em declarações divulgadas pelo jornal Expresso, na edição impressa deste sábado.

A decisão foi tomada depois da polémica com as “bofetadas” que o ex-ministro prometeu na quinta-feira aos cronistas Augusto M. Seara e Vasco Pulido Valente, de depis de ter recebido esta sexta-feira uma verdadeira bofetada de luva branca de António Costa.

Na altura, o primeiro-ministro “pediu desculpas pelas bofetadas” e lembrou que os ministros devem ser “contidos” na forma como se expressam, “até na mesa do café”.

As palavras do primeiro-ministro não terão agradado a João Soares, conta o jornal Expresso, realçando que o ex-ministro não gostou da forma como Costa o repreendeu publicamente.

Em entrevista conjunta ao Diário de Notícias e à TSF, o primeiro-ministro António Costa considerou, no entanto, que João Soares teria “autoridade” para continuar como ministro, atribuindo-lhe plenamente a decisão de sair do ministério da Cultura.

Mas o jornal Público adianta que “Costa já não andava satisfeito com o desempenho de Soares”, nomeadamente por causa da forma como afastou António Lamas do Centro Cultural de Belém e nomeou o seu adjunto Elísio Summavielle para o lugar.

Sobre a polémica das bofetadas,  declarações ao Expresso, João Soares fala de “uma palhaçada”, enota que nunca deixou de “dizer fosse o que fosse que pensasse”. “Só aceito que me respeitem assim”, sublinha.

“Vou descansar dois ou três dias a Paris”, revela o ex-ministro.

Uma pausa para pensar antes de esclarecer o caso em entrevista a dar na próxima semana, disse na SIC Notícias.

ZAP

PARTILHAR

21 COMENTÁRIOS

  1. Se eu pudesse, de cada vez que existe uma “palhaçada” ( e são muitas) no meu emprego, ir descansar para Paris…. há mas eu não iria para Paris… ficava por cá por terras nortenhas onde o bom vinho verde impera e a boa mesa!

  2. Maior P….ço não há como ele.
    4 meses, foi o tempo necessário para restabelecer os pagamentos anuais para uma certa fundação que tinham sido cortados pelo anterior executivo…

  3. Paris parece ser o refúgio de políticos portugueses falhados, corruptos ou caídos em desgraça. E certamente não será numa pensão. Este caso faz recordar o Sócrates. Eles fazem o que a maioria dos portugueses não consegue fazer, passar uma temporada rodeados de luxo em Paris.

    • estes sabe-se pra onde vão. aonde anda o irrevogavel cuja palhaçada em 2013 ao contrário desta custou milhões aos cofres públicos. o que diriam se um destes ministros fizesse uma porcaria anedótica, patética e nojenta birra de menino mimado como a que fez essa catherine deneuve do parque Eduardo VII.

  4. Ó parolo, vai antes para Cabinda e leva uma pá para cavar uma cova ao lado do Savimbi e deita-te nela. Mas que a tapem com chumbo a verver para nao cheirar mal. Leva o papá contigo seu boy engolidor de palhas!

    • Paris parece ser o refúgio da escumalha do PS.Será que vai para a casa dos Santos Silva, famoso amigo do 44 e onde esteve também o filho do Silva Pereira, outro grande amigo do bandalho do Sócrates.

      Já em tempos idos o papá deste inútil, Mário Soares, esteve no exílio em Paris.Quem me dera que o meu Pai me mandasse para Paris…

      Paris dá sempre outro glamour à esquerda ciosa dos seus pergaminhos.

  5. Cuidado com os atentados em Paris! Não vá João Soares estar no local errado, na hora errada e AINDA LEVAR UMAS BOFETADAS DE TERRORISTAS.

  6. Paris está a ser o refúgio dos socialistas portugueses vamos lá a ver se este será mais um que vai aproveitar a tirar um curso e termina na prisão.

  7. Tanta inxuvalhice hipócrita, os senhores são tal como os abutres que quando lhe chaira a morte é logo o fernesim do ataque à vitima. Neste caso alguem cai em desgraça e toca a atacar e a roer até aos ossos. Atacar alguem nas redes sociais ou em outro sitio virtual de opinião é o lugar idial para se ver o que há de mais vil no ser humano. Quem nunca pecou que atire a primaira pedra, quem nuca cometeu erros, mesmo estando a ocupar lugares de estádo ou outros que tais.

  8. Paris foi o local onde se planeou a tomada do poder político em Portugal(à custa dos ingénuos militares)com a maçonaria amiga do Soares por um lado e os interesses marxistas-leninistas por outro.Como nos podemos admirar então do estado a que chegou Portugal nas mãos desta “gente” pseudo-democrática?

RESPONDER

Número de casos baixa nos EUA. Na Bélgica, deixa de ser obrigatório usar máscara na rua

A pandemia tem assolado toda a população mundial, mas há países que têm sofrido mais com o aumento de número de infetados e com mortes. Apesar de serem um dos países mais afetados, os EUA …

Seis enfermeiros infetados e cirurgias canceladas no hospital de Beja

O hospital de Beja detetou esta quinta-feira seis enfermeiros do bloco operatório infetados com Covid-19 e cancelou algumas cirurgias programadas por questões de segurança, disse à agência Lusa a presidente da Unidade Local de Saúde …

Reformas na função pública subiram para 43% (e um quinto são professores)

Mais de 6.500 trabalhadores das administrações públicas aposentaram-se na primeira metade deste ano, o que representa um crescimento de 43% face ao mesmo período de 2019. A maioria das saídas deriva de áreas como a …

“Arma de diagnóstico”. Teste que distingue covid-19 de outras infeções respiratórias chega a Portugal

A Unilabs vai disponibilizar um teste que permite “diferenciar o novo coronavírus de outros tipos de infeções respiratórias sazonais”, auxiliando os clínicos a realizarem diagnósticos mais precisos. “A ideia era tentarmos ter uma ferramenta de diagnóstico …

Jovem de 23 anos morre baleada em ação da PSP. Polícias vão alegar legítima defesa

Uma jovem de 23 anos morreu, na madrugada de quinta-feira, na sequência de ferimentos causados por uma arma de fogo, após uma intervenção policial em São João da Madeira. A mulher, de 23 anos, morreu na …

PS recua nas petições e propõe 7.500 assinaturas para ultrapassar veto de Marcelo

O PS vai avançar com uma proposta de alteração que coloca nos 7.500 o número de assinaturas necessário para que uma petição seja discutida na Assembleia da República.  O objetivo do PS é contornar o veto …

Rui Rangel endividava-se, teve execuções fiscais e contas penhoradas

Rui Rangel teve vários processos de execução fiscal por falta de pagamentos de impostos e até contas penhoradas. Era o seu alegado testa-de-ferro que o ajudava a regularizar os pagamentos. Era comum o ex-juiz Rui Rangel …

Todos os dias, 500 famílias pedem à EDP para pagarem a luz em prestações

Desde o início da pandemia até ao fim de agosto, 500 famílias pediram diariamente ajuda à EDP para pagarem a fatura da luz em prestações. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia …

Nem a DGS nem a Segurança Social sabem o número real de infetados em lares

O Governo tem vindo a dizer que os lares de idosos são uma “prioridade total” em plena pandemia, mas não conhece o problema em detalhe. A DGS conta que sejam mais de 4.700 infetados, mas …

Quatro feridos com arma branca junto à antiga redação do Charlie Hebdo

Quatro pessoas foram esta sexta-feira feridas, duas das quais com gravidade, com armas brancas em Paris, junto ao edifício da antiga redação do jornal satírico Charlie Hebdo, anunciou a polícia da capital de França. Dois dos …