Claque “para cima dos jogadores”: SMS compromete Bruno de Carvalho

Miguel A. Lopes / Lusa

André Geraldes à esquerda de Bruno de Carvalho no banco de suplentes do Sporting

Uma mensagem de telemóvel enviada por André Geraldes a Bruno de Carvalho falava na hipótese de mandar a claque “para cima dos jogadores” para mostrar “quem manda”.

André Geraldes, ex-dirigente do Sporting, terá enviado mensagens para o telemóvel de Bruno de Carvalho sugerindo o envio de elementos de uma das claques do clube “para cima dos jogadores”, revelam as mensagens apreendidas pela Polícia Judiciária e divulgadas pelo Correio da Manhã.

O telemóvel apreendido de Geraldes, no âmbito do processo “Cashball”, revela assim comunicações com o ex-presidente do clube de Alvalade nas quais o antigo team Manager sugere a intervenção das claques para assustar os jogadores do Sporting, numa altura em que o clube não estava a atingir bons resultados desportivos.

As mensagens foram trocadas na aplicação WhatsApp ao longo de dois anos e recuperadas pela Polícia Judiciária do Porto. De acordo com o CM, foram analisadas centenas de mensagens escritas.

Numa das mensagens, André Geraldes sugere a Bruno de Carvalho o envio de elementos de uma claque, sem especificar qual, “para cima dos jogadores“. Noutra mensagem, sublinha ainda a necessidade de mostrar aos jogadores “quem manda“.

O jornal destaca que as mensagens em causa não têm interesse para o processo de corrupção “Cashball”, mas, depois de validadas pelo juiz de instrução, no Porto, deverão ser remetidas para o DIAP de Lisboa, onde se investiga o clima de coação sobre os jogadores do Sporting e que culminou com os casos de agressão do plantel.

A investigação à invasão da Academia de Alcochete pretende descobrir quem contribuiu e incentivou o clima de ódio contra os jogadores do Sporting.

É neste sentido que surgem estes dois nomes, dado que na véspera da operação “Cashball” Bruno de Carvalho e André Geraldes tinham marcado uma reunião com todo o plantel na Academia de Alcochete para as 16h00, mas acabaram por não comparecer à hora combinada.

André Geraldes, o braço direito de Bruno de Carvalho na sua última direção, foi detido a 16 de maio por suspeitas de corrupção desportiva.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. E o senhor Bruno de Carvalho continua a andar por aí com toda a liberdade e pelos vistos ainda vai ter a liberdade de se candidatar à presidência do Sporting, onde isto chega!.

  2. O cerco estreita-se sobre o mentecapto e os seus capangas.
    Os detidos ainda hão-de completar a informação acerca dos mandatários da deslocação a Alcochete e da “conversa” que deram a alguns jogadores…

  3. Mas é evidente desde o primeiro momento que, diretamente ou na “fabricação” de um contexto hostil aos jogadores que, desde muito cedo no campeonato, o começaram a sentir na pele, BC é o principal responsável por tudo o que aconteceu e que, na época cujo início se aproxima, irá atirar com o Sporting para o meio da tabela, se não for para lugar mais abaixo.

RESPONDER

Mais acidentes, afogamentos e suicídios num mundo mais quente

As temperaturas mais elevadas vão provocar mais acidentes rodoviários, afogamentos, agressões e suicídios, revelou uma nova investigação. Até ao momento, a grande parte das pesquisas em torno das alterações climáticas centrou-se nas mortes por doenças transmitidas …

Jóias de ouro e prata com plástico. Justiça não vê mal nenhum e iliba marca Tous

O processo de investigação aberto à marca TOUS por alegada fraude com jóias de ouro e plástico contendo plástico no seu interior, foi arquivado. A Justiça espanhola entende que, apesar de as jóias conterem plástico, …

Provas do caso Luanda Leaks podem ser nulas em Portugal

A Constituição da República Portuguesa determina que as provas obtidas mediantes violação de correspondência são consideradas nulas. Desta forma, os documentos conseguidos por Rui Pinto no caso Luanda Leaks podem vir a ser nulas aos …

Rui Pinto "tropeçou" nos Luanda Leaks sem querer

Foi quando estava à procura de "segredos do futebol" no âmbito dos Football Leaks que o hacker Rui Pinto "tropeçou" nos documentos que incriminam Isabel dos Santos nos Luanda Leaks. É o seu advogado, o …

Líder do assalto às armas de Tancos libertado

João Paulino estava preso preventivamente desde 28 de setembro de 2018. Esta segunda-feira foi libertado por excesso de prisão preventiva. O ex-fuzileiro João Paulino foi hoje libertado por excesso de prisão preventiva. A notícia foi confirmada …

Investigadores desenvolvem tecnologia que permite datar as impressões digitais

Encontrar as impressões digitais numa cena de crime nem sempre é suficiente para haver condenação, podendo os suspeitos alegar que as mesmas foram deixadas antes de o crime ocorrer. Essa realidade pode estar prestes a …

Coronavírus abala mercados mundiais. Petróleo derrapa mais de 3%

A preocupação com as consequências económicas da propagação do coronavírus na China está a ter um efeito devastador nos mercados. A derrapagem nos mercados acontece numa altura em que o número de mortos pelo surto de …

Prémio Tyler 2020: Defensores de políticas verdes ganham "Nobel do Meio Ambiente"

O Prémio Tyler 2020, também conhecido como o "Nobel do Meio Ambiente", foi atribuído à bióloga Gretchen Daily e ao economista ambiental Pavan Sukhdev, foi hoje anunciado. A bióloga especialista em conservação e o economista são …

Subsídios estão a ser pagos e aumento de 15% no ordenado "não é realista", diz a Ryanair

A Ryanair está a pagar os subsídios de férias e Natal, afirmou hoje um responsável da companhia, salientando que o sindicato dos tripulantes de cabine tenta “forçar” aumentos salariais de 15%, o que “não é …

Tia de Kim Jong-un faz a primeira aparição pública em mais de seis anos

Kim Kyong-hui, tia paterna do líder norte-coreano Kim Jong-un, reapareceu em público este sábado pela primeira vez em mais de seis anos, escreve a BBC. A emissora britânica, que avança a notícia citando a Agência Central …