Skinheads com t-shirts contra refugiados agrediram 4 pessoas em Lisboa

Um grupo de indivíduos identificados como skinheads e que usariam camisolas com a inscrição “Refugiados não são bem-vindos” agrediu várias pessoas em Lisboa, na zona do Rossio. O acto de violência ocorreu no mesmo dia em que houve uma manifestação contra o acolhimento de migrantes.

O Jornal de Notícias refere que foram agredidas “pelo menos quatro pessoas”, por volta das 18h30 horas, pouco tempo depois do fim do comício da CDU no Coliseu dos Recreios, em Lisboa.

A publicação cita testemunhas para notar que um dos feridos deste incidente foi um elemento do Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa que, de acordo com o diário, “sofreu fracturas e hemorragias internas”.

Segundo o relato de uma pessoa que assistiu ao incidente, que ocorreu na Rua das Portas de Santo Antão, na área entre a “Ginjinha sem Rival” e o Teatro Nacional D.Maria II, os agressores eram “sete ou oito cabeças-rapadas “muito robustos” e vestidos com t-shirts que diziam “Refugees not welcome”” (“Os refugiados não são bem-vindos”).

O grupo terá passado no local “aos gritos e ameaças”, até que alguém os terá acusado de serem “fascistas”.

Foi então que as agressões começaram, com os supostos skinheads a voltarem para trás e a agredirem um homem.

Após a intervenção de várias pessoas, com o intuito de travar as agressões, “pelo menos dois outros homens foram espancados“, nota o JN que o grupo ainda atacou “um idoso que exibia um autocolante da CDU”, enquanto fugia do local.

A polícia não procedeu a qualquer detenção, mas terá identificado algumas pessoas envolvidas no incidente.

O Jornal de Notícias aponta ainda que um dos alegados agressores voltou para trás para buscar a carteira que tinha caído ao chão e onde se encontraria “uma identificação de um guarda prisional“.

Este acto de violência aconteceu no mesmo dia em que Lisboa acolheu uma manifestação, convocada por via do Facebook, contra a vinda de refugiados para Portugal.

O protesto convocado por um auto-denominado “Movimento Apartidário Portugal Unido” juntou cerca de 50 pessoas em frente à Assembleia da República e havia patentes alguns símbolos associados aos grupos neonazis e aos skinheads.

ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Um rebotalho da sociedade à solta, com complacência de quem deve manter a verdadeira ordem, assente numa liberdade civilizada.Lixo e mais lixo.

  2. Claro que não houve detenções…
    Se fosse um bando de “pretos” eram todos para a prisão, mas como foram os skins, que são amiguinhos da policia, claro que ninguém foi dentro, alguns skins até são filhos de policias.
    Já passei por isso, e falo de experiência própria, em que um bando desses meninos da mamã bateu em todos dentro de um bar e a policia que foi chamada, não fez nada, mesmo depois de queixas formais feitas.
    Este País não avança por estas e outras coisas bem graves

  3. Vêem porque é que eu tenho azar?!?
    Nunca me tocam destes heróis pela frente, porque senão tinha de os correr ao tiro!!!!!!!
    Que pena!!!

  4. Tenho pena destes moços pois não sabem que lhes lavam a cabeça com falácias sem sentido. Os verdadeiros Arianos têm origem por volta do império Khazariano e nem sequer são brancos. O conceito ariano dito “branco” veio quando as realezas Khazarianas invadiram através dos Hunos a europa e se situaram na suiça dando origem á federação helvética e se imiscuiram com as familias locais para se dissimularem. Perguntem ao hitler ele foi financiado pela suiça e endoctrinado pelos jeusítas na propaganda ariana quando frequentou as escolas jesuitas eheheheh

RESPONDER

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …

O robô Atlas, da Boston Dynamics, faz parkour (e até dá um mortal para trás)

O Atlas é, sobretudo, um projeto de investigação: um robô que ajuda os engenheiros da Boston Dynamics a trabalhar em melhores sistemas de controlo e perceção. O parkour é um verdadeiro desafio para os seres humanos, …

Na Tailândia, um "cemitério" de táxis foi transformado numa horta sobre rodas

Desde pimentos a pepinos, beringelas e até mangericão. Num parque de estacionamento ao ar livre em Banguecoque, os táxis abandonados transformam-se em hortas para alimentar os trabalhadores. A pandemia de covid-19 obrigou os táxis de Banguecoque …

Morreu o "último nazi" canadiano, aos 97 anos

Um ucraniano que serviu como tradutor no regime nazi morreu na quinta-feira na sua casa, em Ontário, no Canadá, encerrando uma luta de décadas para deportá-lo e acusá-lo de cúmplice no assassinato de dezenas de …

No Sri Lanka, elefantes traficados foram resgatados. Mas voltaram às pessoas que os compraram ilegalmente

Um tribunal do Sri Lanka devolveu elefantes resgatados a pessoas influentes que foram acusadas de os terem comprado ilegalmente. Durante alguns anos, elefantes selvagens permaneceram na corda bamba de uma intensa batalha de custódia judicial entre …

Sporting 1-0 Marítimo | Porro volta a decidir de penálti

Que sofrimento! É normal ver os “grandes” dominarem por completo os seus adversários, mas nesta partida entre Sporting e Marítimo, em Alvalade, praticamente só houve uma equipa a atacar e a procurar o golo. Ainda assim, …

A falhar pagamentos e com 260 mil milhões de dívida - como é que a Evergrande chegou até aqui?

A situação da imobiliária chinesa Evergrande, que tem uma dívida maior do que a economia portuguesa, está a deixar o mundo ansioso sobre uma eventual repetição da história da crise de 2008, que começou com …