A SIDA já não é a doença que mais mata em África

Wikimedia

O HIV/SIDA já não é a principal causa de morte nem África, mas isto não são apenas boas notícias. A doença passou apenas para segundo lugar, mantendo-se no topo das principais causas de morte no continente.

A nova estatística de causas de morte em África, elaborada pela organização “Africa Check”, indica que no topo da lista estão as infeções do trato respiratório. As doenças mais comuns nesta categoria são a bronquite e a pneumonia, responsáveis por 16% da mortalidade de crianças abaixo dos cinco anos a nível global.

Em 2015, o vírus HIV/SIDA causou 760 mil mortes, quando em 2010 foram cerca de um milhão. A educação e prevenção da doença foram uma das razões para que esta tenha deixado de ser a principal causa de morte em África.

A terceira principal fonte de mortalidade no continente são as doenças diarreicas causadas por infeções virais, bacterianas e parasitárias. De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças norte-americano, 88% das mortes desta categoria ocorrem por falta de condições sanitárias e por inexistência de água potável.

A quarta causa são os acidentes vasculares cerebrais (AVC). Nos últimos cinco anos os AVC aumentaram no continente africano, de 406.595- (4,4% das mortes totais em África – para 451.000 mortes (4,9%) em 2015, segundo a “Africa Check”.

A mudança de tendência da mortalidade para as causas de morte mais tradicionais, associadas aos países desenvolvidos, deverá manter-se. Esta alteração provém do aumento da urbanização e de um melhor acesso a cuidados de saúde pelas populações.

Relembre-se, porém, que em 2015 na África Ocidental – nomeadamente na Guiné, Libéria, Serra Leoa, Nigéria, Senegal e Mali -, ocorreu um surto do vírus do ébola, causando milhares de mortes.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) caracterizou o surto como uma epidemia e várias organizações não-governamentais, como os Médicos Sem Fronteiras, estiveram no terreno a combater o surto do vírus. Em janeiro de 2016 o surto de ébola foi oficiamente dado como extinto.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

24 horas depois, estátua de manifestante antirracismo em Bristol foi removida

A estátua de uma manifestante do movimento Black Lives Matter, erguida, esta quarta-feira, na cidade de Bristol, no Reino Unido, já foi removida. De acordo com o jornal The Guardian, 24 horas depois de ter sido …

Advogados continuam luta para manter declarações fiscais de Trump em segredo

Depois de o Supremo Tribunal ter determinado que os procuradores nova-iorquinos podem ter acesso às declarações de impostos do Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, os seus advogados informaram na quarta-feira que estavam a considerar …

EUA negam vistos a funcionários da Huawei que apoiem "violadores de direitos humanos"

Esta quarta-feira, o Governo norte-americano que vai impor restrições nos vistos a funcionários da Huawei e a outras empresas que os Estados Unidos vejam como apoiantes de Governos violadores de direitos humanos. Além das restrições, o …

Ventilador produzido em Portugal recebe autorização de utilização do Infarmed

O ventilador Atena, produzido em Portugal, recebeu, na terça-feira, a autorização do Infarmed para o seu uso em contexto hospitalar na luta contra a covid-19. Esta quarta-feira, numa publicação na sua página de Facebook, o CEiiA …

American Airlines avisa 25 mil trabalhadores que podem perder emprego

Os dirigentes da American Airlines escreveram a cerca de 25 mil trabalhadores da transportadora aérea para lhes comunicar que o seu emprego pode desaparecer em outubro. Os dirigentes das Companhias de aviação dos Estados Unidos admitiram …

Trump substitui diretor de campanha a menos de quatro meses das eleições

O Presidente dos Estados Unidos substituiu, esta quarta-feira, o seu diretor de campanha, perante os maus resultados nas sondagens, a menos de quatro meses das eleições. "Tenho o prazer de anunciar que Bill Stepien foi promovido …

Bristol acordou com uma nova estátua. Manifestante antirracismo substitui comerciante de escravos

Bristol acordou com uma nova estátua. Um artista britânico ergueu uma estátua de uma manifestante do movimento ‘Black Lives Matter’ no topo do pedestal na cidade inglesa antes ocupado pela estátua de um comerciante de …

Enfermeira norte-americana matou sete doentes num hospital de veteranos com injeções de insulina

Uma enfermeira num hospital de veteranos norte-americanos matou deliberadamente pelo menos sete doentes com injeções de insulina. A mulher, que admitiu o crime, deverá ser condenada a sete penas de prisão perpétua, mais 20 anos …

PSP pôs fim à festa do título na Avenida dos Aliados. Um polícia ficou ferido

Na parte final dos festejos portistas, já durante a madrugada, nos Aliados, o Corpo de Intervenção da PSP do Porto foi obrigada a intervir contra um grupo de adeptos. Ninguém foi detido, mas um agente …

PJ detém cinco pessoas por esquema fraudulento com tratamentos para a covid-19

Cinco profissionais ligados ao ramo da saúde foram detidos, esta quinta-feira, pela Polícia Judiciária (PJ) numa operação que envolveu buscas a clínicas médicas, residências e empresas e que investiga crimes de corrupção, burla qualificada, falsificação …