Sete piratas informáticos detidos pela PJ, entre eles o fundador do TugaLeaks

B!T

-

Sete pessoas foram detidas esta quinta-feira pela Polícia Judiciária por crimes de sabotagem informática, dano informático, acesso ilegítimo e acesso indevido a diversos sistemas informáticos do Estado e também de empresas do setor privado, revelou a PJ.

A TSF avança que, na sequência da operação da PJ, foi detido Rui Cruz, fundador do site TugaLeaks.

Rui Cruz / Facebook

Rui Cruz, fundador do site TugaLeaks

Rui Cruz, fundador do site TugaLeaks

As detenções ocorreram após a Diretoria de Lisboa da PJ, em articulação com o Gabinete do Cibercrime da Procuradoria-Geral da República (PGR), desenvolver em vários pontos do território nacional, uma vasta operação de combate à criminalidade informática e tecnológica, designadamente à atividade ilícita conhecida como “hacktivismo“.

Na operação “Caretos” participaram 70 funcionários especializados, tendo a mesma visado apurar as responsabilidades criminais de grupos de cidadãos envolvidos, de forma reiterada, em crimes dessa natureza.

Entretanto, a PGR anunciou que a operação envolveu duas dezenas de buscas domiciliárias e uma a um órgão de comunicação social.

Segundo a PJ, a investigação iniciou-se em abril de 2014, tendo-se, agora, após recolha de informação e de material probatório, desenvolvido com a realização de 24 buscas domiciliárias e a detenção de sete presumíveis autores, um deles de sexo feminino.

Os detidos têm entre os 17 e os 40 anos e residem nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto. Serão agora submetidos a primeiro interrogatório judicial, no qual serão sujeitos à aplicação das medidas de coação adequadas.

Além das detenções, foram, ainda, constituídos 14 arguidos, face ao seu envolvimento nos factos delituosos.

A operação permitiu a apreensão de dezenas de sistemas informáticos, que serão objeto de análise forense digital a efetuar pelo departamento especializado da Polícia Judiciária.

“A atividade destes grupos centrava-se no ataque frequente e lesivo a sistemas informáticos institucionais, públicos e privados, sendo que as consequências práticas do cometimento destes tipos de crimes conduzem à inesperada inoperabilidade institucional dos mesmos, com os prejuízos daí resultantes”, refere a PJ

Nos casos de sistemas informáticos privativos do Estado Português, os ataques provocaram, segundo a PJ, uma “clara afetação da sua imagem, quanto a matérias de fiabilidade e segurança”.

“Este tipo de criminalidade tem, ainda, um efeito erosivo sobre a confiança dos cidadãos nas estruturas nacionais da rede internet, prejudicando a sua credibilidade, nível de segurança e funcionamento regular, bem como comprometendo uma maior e mais segura adesão aos serviços nas redes de informação, processamento e comunicação”, conclui aquela polícia.

A PJ revela que prossegue as investigações, para apurar a natureza e a extensão das ligações criminosas destes grupos.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

TAP vai pedir a insolvência da Groundforce

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, disse esta segunda-feira aos representantes dos trabalhadores que a TAP vai avançar com um pedido de insolvência da Groundforce. A TAP anunciou esta segunda-feira que vai avançar, ainda hoje, com …

Ida de Luís Filipe Vieira para o Benfica "foi um pedido de várias instituições financeiras"

Luís Filipe Vieira diz que os bancos quiseram, no início dos anos 2000, que fosse para o SL Benfica devido à sua situação financeira, pois estavam interessados na sua viabilização. Aos deputados, o presidente das …

Alemanha autoriza vacina da Johnson & Johnson a menores de 60 anos

A Alemanha recomenda a vacina da Johnson & Johnson (Janssen) contra o novo coronavírus a partir dos 60 anos, mas permitirá o seu uso em pessoas abaixo desta idade após consulta médica e decisão pessoal. O …

Livatino é o primeiro juiz a ser beatificado. Foi morto pela máfia italiana

A Igreja Católica beatificou este domingo o juiz italiano Rosario Livatino, assassinado em 1990 pela máfia em Agrigento, na Sicília, Itália. Rosario Livatino, que hoje teria 69 anos, foi assassinado em 21 de setembro de 1990 …

Castelo do Drácula oferece vacinas contra a covid-19 aos visitantes

O castelo do Drácula, na Roménia, está a oferecer vacinas contra a covid-19 a todos os que o visitem. Nas ilhas Baleares, os turistas vão poder contar com um seguro de repatriamento. Segundo conta a BBC, …

Trabalho ilegal. Bloco propõe alteração à lei para criminalizar "toda a cadeia"

Catarina Martins anunciou, esta segunda-feira, que o Bloco de Esquerda quer alterar a lei de 2016 para garantir uma melhor fiscalização e condenação dos responsáveis pela exploração de trabalhadores em Portugal. Em Odemira, a coordenadora do …

Laos regista primeira morte por covid-19 desde o início da pandemia

Uma mulher de 53 anos - que tinha diabetes e outros problemas de saúde - foi a primeira vítima mortal por covid-19 em Laos, em mais de um ano de pandemia. Segundo noticiou a agência …

Arábia Saudita vai impor vacinação aos funcionários que queiram voltar ao local de trabalho

A Arábia Saudita quer alcançar a imunidade de grupo o quanto antes. Para aumentar os esforços de vacinação, foram abertos mais de 580 locais de vacinação no país. Além disso, os residentes já podem reservar …

Elon Musk revela que tem síndrome de Asperger

O empresário Elon Musk, de 49 anos, revelou este fim de semana, no Saturday Night Live (SNL), que tem síndrome de Asperger. Musk foi convidado para apresentar o Saturday Night Live - um papel cobiçado que …

Poeta birmanês terá morrido após ser torturado por militares. Aung San Suu Kyi comparece em tribunal

O poeta birmanês Khet Thi, conhecido pelo trabalho que incita à resistência contra a Junta Militar, morreu este fim de semana, enquanto estava detido. O seu corpo foi devolvido com os órgãos removidos. Segundo a esposa …