Seis luso-venezuelanos detidos e uma centena de comércios saqueados

(dr) AVN / Telám

-

O número de portugueses detidos nos últimos dias em manifestações contra o Presidente da Venezuela, em Los Teques, no Estado de Miranda, a sul de Caracas, subiu para seis e os estabelecimentos saqueados para uma centena.

Fontes diplomáticas e policiais explicaram à agência Lusa que as detenções ocorreram desde a última quarta-feira e que três luso-venezuelanos estão detidos num batalhão da Guarda Nacional Bolivariana (GNB) no Instituto Venezuelano de Investigações Científicas (IVIC), de onde vão ser transportados para prisões da região.

Por outro lado, segundo fontes da comunidade portuguesa local, entre 90 e 100 estabelecimentos comerciais foram saqueados na última semana, entre os quais restaurantes, supermercados, um centro comercial, armazéns, lojas de bebidas alcoólicas e charcutarias, propriedade de empresários luso-venezuelanos.

Os saqueios ocorreram em diferentes dias e horas, alguns deles à noite, aproveitando os protestos.

Em pelo menos três localidades de Miranda, Los Teques, San António, San Pedro de los Altos, os populares mantêm um braço de ferro com as forças de segurança. As autoridades reprimem os manifestantes com recurso a gás lacrimogéneo e tiros de borracha, mas estes regressam após os ataques.

Na tarde de sexta-feira, em Montanha Alta, alegados manifestantes incendiaram um camião da GNB.

A oposição responsabiliza os “coletivos” (motociclistas armados afetos ao regime) pela violência e os saqueios e as forças de segurança de não atuar para deter os criminosos e o Partido Socialista Unido de Venezuela de proteger os irregulares.

Por outro lado, o Governo acusa a oposição de instigar a violência local e adverte que os oposicionistas poderiam estar a perder o controlo.

Na Venezuela, as manifestações a favor e contra o Presidente Nicolás Maduro intensificaram-se desde 1 de abril, depois de o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) divulgar duas sentenças que limitavam a imunidade parlamentar e em que aquele organismo assumia as funções do parlamento.

Entre queixas sobre o aumento da repressão, os opositores manifestam-se ainda contra a convocatória a uma Assembleia Constituinte, feita a 1 de maio último pelo Presidente.

Dados oficiais dão conta de que pelo menos 48 pessoas já morreram desde o início da crise.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Hélder Amaral: "O meu partido de sempre está a morrer"

Em declarações ao semanário Expresso, o antigo deputado do CDS-PP, Hélder Amaral, diz-se desiludido com o seu partido. O ex-deputado centrista Hélder Amaral, que foi também presidente da distrital de Viseu, não está feliz com o …

EDP antecipa pagamento a mais de mil fornecedores em Portugal e Espanha

A EDP vai antecipar o pagamento a mais de mil fornecedores, uma iniciativa que, à semelhança do que já aconteceu no último ano, irá manter-se para todos os pagamentos a fornecedores ao longo do primeiro …

Há centenas de pessoas em busca de tesouros que não existem na Índia (e a culpa é de um boato)

Moradores de pelo menos três vilas no distrito de Rajgarh, no estado indiano de Madhya Pradesh (MP), passaram a última semana à procura de um tesouro antigo que provavemente não existe. Centenas de aldeões estão a …

João Ferreira diz que Marcelo deixou jovens em situação de "vulnerabilidade" (e elogia lay-off a 100%)

João Ferreira criticou este sábado o atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa por deixar os jovens em situação de "vulnerabilidade". O candidato presidencial João Ferreira afirmou, este sábado, que o Presidente da República, Marcelo …

Marisa Matias critica que apenas 1% do orçamentado seja gasto com cuidadores informais

Marisa Matias, candidata presidencial apoiada pelo Bloco de Esquerda, criticou este sábado que apenas tenha sido executado 1% da verba prevista no Orçamento do Estado para 2020 para os projetos-piloto dos cuidadores informais. Os atrasos e …

Ana Gomes considera "elucidativo" que Sócrates a ataque e elogie Marcelo

Ana Gomes, candidata às eleições presidenciais, considerou “elucidativo” que o antigo primeiro-ministro José Sócrates a tenha atacado e elogiado Marcelo Rebelo de Sousa. Questionada pelos jornalistas sobre o artigo de José Sócrates divulgado na sexta-feira, em …

Só pela profissão, professores "não são grupo de risco"

Graça Freitas reconheceu a importância dos professores "para o funcionamento do país", mas rejeitou considerá-los um grupo de risco esta sexta-feira. Os professores não são considerados um grupo de risco que deva ser integrado entre as …

João Leão infetado com covid-19

João Leão, ministro das Finanças, testou positivo à covid-19. O governante encontra-se assintomático e em confinamento domiciliário. O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, testou positivo à covid-19. A informação foi adiantada este sábado …

Ricardo Salgado quer anular multa de 75 mil euros

A defesa de Ricardo Salgado recorreu ao Supremo Tribunal de Justiça para tentar anular uma decisão do Tribunal da Relação de Lisboa que confirmou uma multa de 75 mil do Banco de Portugal por causa …

Portugueses começam a votar nas Presidenciais este domingo. Há 246 mil inscritos

Os portugueses começam a votar já neste domingo, uma semana antes das eleições Presidenciais de 24 de janeiro, no chamado voto antecipado em mobilidade para que se inscreveram mais de 246 mil eleitores. As europeias e …