Segredo de Justiça no caso Celtejo “é altamente suspeito”

André Kosters / Lusa

O escritor e jornalista Miguel Sousa Tavares

O segredo de justiça aplicado ao caso da Celtejo é “altamente suspeito” e “merece ser investigado”. Miguel Sousa Tavares afirmou esta segunda-feira, no seu comentário habitual na SIC, que o delegado do Ministério Público de Castelo Branco decretou o segredo de justiça apenas para defender  empresa de celulose.

Ao que a SIC apurou, os resultados das análises à mancha de espuma do rio Tejo deverão estar prontos esta terça-feira. No entanto, os mesmos resultados só poderão ser divulgados publicamente quando a investigação estiver terminada.

Neste momento, a investigação encontra-se em segredo de justiça. Na passada sexta-feira, a Inspeção-Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território anunciou que foi notificada pelo Ministério Público (MP) de que está impedida de divulgar informações, elementos de prova ou resultados de análise.

Nunca houve um caso destes.” É com esta frase que Miguel Sousa Tavares inicia o seu habitual comentário de segunda-feira no Jornal da Noite da SIC, sobre a poluição no rio Tejo.

Há três empresas de celulose que depositam os seus resíduos para o rio Tejo. No entanto, duas das empresas foram ilibadas do crime de poluição depois de as análises terem comprovado que estava tudo dentro dos parâmetros permitidos por lei, sem que, porém, o Ministério Público tenha intervido.

Por outro lado, surge a Celtejo – responsável por 80% das descargas -que, segundo Sousa Tavares, reúne em si “três coisas absolutamente estranhas” no que diz respeito à poluição no rio Tejo.

O comentador destaca como primeiro fator estranho a demora na recolha das amostras para a análise, que só se procederam cinco dias após a denúncia. Além disso, Miguel Sousa Tavares destaca o facto de ter sido preciso pedir a intervenção da GNR e a presença, durante 24 horas, de três inspetores que realizaram a recolha das amostras manualmente.

Ao contrário das outras duas empresas, o Ministério Público de Castelo Branco “entra em cena”, decretando o segredo de justiça em relação ao caso. “Estranho” para o comentador é o facto de o Ministério Público ter “entrado autonomamente“, com o objetivo de decretar o segredo de justiça.

A única entidade que beneficia deste segredo de justiça é a Celtejo. Segundo Sousa Tavares, por norma, o MP só interviria caso ficasse provado através das análises que a empresa havia agido de “má fé deliberada” nas descargas efetuadas no rio, o que leva o comentador a considerar que a decisão do MP é “só para proteger a Celtejo“.

A quem pertence a Celtejo?“, questiona Sousa Tavares para, desta maneira, explicar a última razão que o leva a considerar o segredo de justiça aplicado às análises da Celtejo “muito estranho”.

A Celtejo pertence à Cofina, empresa que detém também o Correio da Manhã e a Sábado, que para o comentador “são os grandes violadores do segredo de justiça“.

“Por um lado, temos o Ministério Público que envia todos os dias informações em segredo de justiça para o Correio da Manhã e para a Sábado. Por outro lado, o mesmo Ministério Público que protege a Cofina com segredo de justiça“, realça Miguel Sousa Tavares.

“Eu não estou a fazer uma ligação direta, mas estou a afirmar à Senhora Procuradora-Geral da República, que obviamente não tem nada a ver com isto, que eu acho altamente suspeita esta declaração de segredo de justiça sobre o caso da Celtejo e que merece ser investigada pelo Ministério Público”, conclui.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Éuma vergonha o correio da manhã e a sábado osgrandes violadores do segredo de justiça que costumam fa zer investigação, repetem, repetem até à exaustão e ao exagero, neste caso vergonhoso, criminoso da poluição do Tejo com graves problemas para água que bebemos, a morte de molhões de peixe etc. etc…
    Neste caso mantém-se calados pudera tem que obedecer ao patrão que é a Cofina. Onde pára essa investigação jornalistas do correio da manhã, sábado e cmtv, por aí se vê ao ponto que são isentos esses jornalistas.
    Quanto à justiça vamos ver qual a explicação que nos vai dar a sra. Procuradora geral.

RESPONDER

Encontradas fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico

Investigadores encontraram fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico. As evidências sugerem que lavar as nossas roupas está a contribuir para esta contaminação. Há muito tempo que o Ártico provou ser um barómetro da saúde …

Campus universitários nos Estados Unidos podem tornar-se super-propagadores da covid-19

Os campus universitários podem tornar-se super-propagadores do novo coronavírus, que causa a covid-19, para toda a sua área de abrangência, concluiu uma nova investigação levada a cabo nos Estados Unidos. Analisando os 30 campus universitários …

A "máscara mais inteligente do mundo" é recarregável, tem microfone e dá luz

A Razer afirma ter criado a máscara mais inteligente do mundo. O Projeto Hazel é um design com um revestimento externo feito de plástico reciclado à prova de água e é transparente para permitir a …

Novo tratamento permite que pessoas com lesões na espinal medula voltem a mexer mãos e braços

Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington conseguiu ajudar seis participantes com lesões traumáticas da espinal medual a recuperar alguma mobilidade de mãos e braços. Muitas das pessoas que sofrem lesões traumáticas da espinal medula …

Ventiladores comprados à China custaram 1,3 milhões. Autarquias algarvias vão pedir devolução do dinheiro

Os 30 ventiladores comprados à China seriam usados nos hospitais do Algarve, mas os equipamentos não funcionam. Os autarcas vão agora exigir devolução do dinheiro. De acordo com a edição do jornal Público deste domingo, o …

EUA um passo atrás da China. Pequim leva avanço na Guerra Comercial (e as suas exportações estão em alta)

No ano em que a pandemia se expandiu em todo o mundo, muitos países viram-se em mãos com graves problemas financeiros e económicos. No caso da China, a situação foi mais positiva e o país …

Alexei Navalny detido no regresso à Rússia

O líder da oposição russa, Alexei Navalny, foi detido este domingo no aeroporto em Moscovo quando regressava à Rússia. Os serviços prisionais russos (FSIN) detiveram o opositor russo Alexei Navalny, este domingo, à chegada a Moscovo, acusando-o …

Prazo para trocas ou devoluções suspenso durante confinamento

O prazo para efetuar trocas ou devoluções de bens ficará suspenso durante o atual confinamento e as garantias que terminem neste período ou nos 10 dias seguintes serão prorrogadas por 30 dias, segundo diploma publicado …

Desde 2001 que polícias negros alertam para racismo de agentes do Capitólio

Com a invasão do Capitólio, investiga-se o alegado racismo existente na Polícia do Capitólio. Desde 2001 que agentes negros denunciam casos de discriminação racial no departamento. Desde 2001, centenas de agentes policiais negros processaram o departamento …

Um megatsunami devastou uma vila na Gronelândia. Três anos depois, há quem não possa voltar a casa

Em junho de 2017, Nuugaatsiaq, na Gronelândia, foi devastada por um megatsunami, cujas ondas foram desencadeadas por um enorme deslizamento de quase 30 quilómetros através do fiorde. Embora as ondas se tivessem dissipado quando chegaram a …