Depois de ignorar os primeiros sinais de corrupção, SEF suspende inspetora

A inspetora apanhada em flagrante a receber dinheiro para facilitar vistos a estrangeiros foi suspensa. A coordenadora já tinha sido investigada há um ano e acusada por suspeitas de corrupção. Mas o diretor arquivou o inquérito disciplinar.

A inspetora do SEF que foi suspendida este mês por indícios de corrupção, já tinha sido alvo de um processo disciplinar interno desencadeado pela anterior direção. Contudo, avança o Diário de Notícias, o novo diretor, Carlos Moreira, mandou arquivar esse processo em outubro de 2017.

Desta vez, a funcionário foi apanhada em flagrante a receber dinheiro de um advogado quando estava a ser investigada pelo Ministério Público no âmbito de um inquérito criminal. O advogado, por sua vez, também já tinha sido referenciado no anterior processo.

O procedimento disciplinar interno, conduzido de 2016 a 2017, detetou irregularidades na concessão de vistos e factos que podiam configurar crimes de corrupção. Assim que tomou posse, Carlos Moreia recebeu o inquérito concluído mas mandou-o arquivar, isentando todos os visados de sanções, permitindo que a atividade criminosa continuasse.

Esta decisão, que teve o apoio do ministro da Administração Interna, nunca mereceu uma explicação por parte do SEF.

O SEF alega apenas que o arquivamento “foi fundamentado, atentos os factos apurados à época” e que o processo disciplinar desta inspetora “tinha factualidade diversa daquela que culminou na sua recente constituição como arguida”.

Porém, segundo os factos apurados pelo DN, nessa altura os indícios criminais já eram suficientemente fortes para levarem à abertura de uma investigação criminal ou, pelo menos, o envio desta informação ao Ministério Público.

A inspetora, que foi coordenadora do posto de atendimento de Alverca, concedeu autorizações de residência a estrangeiros que não reuniam os requisitos legais. Na altura, o SEF não cumpriu o proposto pelo coordenador do Gabinete de Inspeção, no que dizia respeito às sanções disciplinares e à extração de certidões sobre os indícios de corrupção detetados e o seu consequente envio ao Ministério Público.

Nessa altura, a coordenadora em questão estava já a ser investigada noutro processo, liderado pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Loures, por factos semelhantes.

No âmbito deste último processo-crime, o SEF anunciou que tinha suspendido de funções a inspetora, no passado dia 15 de maio, “no âmbito de uma investigação criminal em que se investigam indícios da prática dos crimes de corrupção, auxílio à imigração ilegal, abuso de poder e prevaricação”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Descoberta vila da Idade do Bronze submersa num lago suíço

A descoberta de uma vila da Idade do Bronze, submersa num lago suíço, redefine a história da cidade de Lucerna e sugere que a área foi colonizada 2.000 anos antes do que se pensava. O lago …

"Já vimos este filme". Catarina Martins receia austeridade pós-bazuca (e está preocupada com a TAP)

A coordenadora do Bloco de Esquerda disse temer a austeridade que possa surgir após a prometida bazuca de fundos europeus e confessou estar “muito preocupada” com a TAP. Em entrevista à TVI na noite de segunda-feira, …

Portugal continental atinge 4 milhões de doses administradas. Processo está a ser mais rápido do que o previsto

Portugal Continental vai atingir esta terça-feira as quatro milhões de doses de vacinas administradas. Segundo a task force, o processo está a acontecer mais rapidamente do que o previsto. De acordo com um fonte da task …

Descoberta nova espécie de tartaruga que viveu no final do Cretáceo

Em 2015, paleontólogos descobriram em Madagáscar um fóssil excecionalmente bem preservado, que agora se confirma ser de uma nova espécie de tartaruga, que remonta ao final do Cretáceo. A antiga tartaruga era uma espécie de água …

Pelo menos onze mortos na sequência de um tiroteio numa escola da Rússia

Dois indivíduos não identificados efetuaram esta terça-feira disparos numa escola na cidade de Kazan, no centro da Rússia, informaram agências de notícias, que citam fontes oficiais. Pelo menos onze pessoas morreram, avança a AFP, que cita …

Pedido de insolvência da Groundforce não implica despedimentos. Mas salários de maio estão em risco

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (Sitava) recebeu a garantia do Governo de que não vão acontecer despedimentos na Groundforce depois de a TAP ter avançado com um pedido de insolvência da empresa. "Foi-nos …

#Estrumegate. Matos Fernandes admite "linguagem desajustada", mas Galamba continua debaixo de fogo

O ministro do Ambiente admitiu esta segunda-feira que o seu secretário de Estado adjunto e da Energia usou "linguagem desajustada" para criticar um programa de informação, mas considerou que o próprio João Galamba o …

Reforma das Forças Armadas. Cravinho critica “manobras escusas” de “agremiação”

O ministro da Defesa acusou esta segunda-feira ex-chefes militares de “manobras escusas” para “perpetuar a influência” nas Forças Armadas, declarando não se intimidar em relação às reformas legislativas em curso, mantendo a expetativa da aprovação …

Cientistas treinaram abelhas para detetar covid-19 em poucos segundos

Cientistas holandeses têm estado, nos últimos tempos, a treinar abelhas para serem capazes de detetar casos de covid-19. De acordo com o comunicado da Universidade de Wageningen, nos Países Baixos, que trabalhou com a start-up InsectSense, …

EUA autorizam vacina da Pfizer entre 12 e 15 anos. Imunização pode arrancar esta quinta-feira

A Food and Drug Administration (FDA) autorizou a administração da vacina contra a covid-19 da Pfizer a crianças de 12 a 15 anos. A imunização de jovens pode arrancar já esta quinta-feira. Agora que a Food …